Assistência Social avalia projeto de internet nas praças

Nesta quinta-feira (17) é celebrado o Dia Mundial da Internet e com intuito de democratizar o acesso em Cabo Frio, a Secretaria de Assistência Social (Semas) em parceria com a Coordenadoria-Geral de Ciência, Tecnologia e Inovação, estuda o projeto “Praça Digital”. O objetivo é oferecer internet gratuita nas praças dos bairros que possuam Cras. Pela proposta, os primeiros a receberem os dispositivos de rede local sem fio baseados na tecnologia wi-fi serão os Cras Central e do Manoel Corrêa, nas respectivas praças, que funcionarão como projeto-piloto.

SAIBA
MAIS:

Cras
Central realiza quase 800 atendimentos em mutirão

Cogecria
promove atividade de conscientização contra exploração sexual infantil

Assistência
Social promove ações de combate à exploração e ao abuso sexual infantil


“O projeto pretende democratizar o acesso à internet, facilitando a utilização dos serviços on-line para o cidadão e, consequentemente, elevar Cabo Frio ao patamar de cidade digital. A ferramenta vai propiciar à comunidade uma fonte de pesquisa, favorecer a divulgação de conhecimentos e da cultura local, além de possibilitar o alcance de resultados, o fortalecimento da economia entre outros benefícios diretos e indiretos à população de Cabo Frio”, afirmou o secretário Rômulo Vidal.


A proposta considera ainda que o sinal seja estendido para as demais praças de Cabo Frio que possuam equipamentos da Assistência, após o período de teste do projeto-piloto. O prazo de teste ainda será definido. A Prefeitura também avalia se a implantação será em forma de parceria com a iniciativa privada, sem custo para o governo, ou com custo mínimo.


No âmbito dos vínculos sociais e familiares, que são objetivos da Assistência Social, a proposta busca promover o contato mais próximo entre as pessoas para, a partir dele, criar uma rede de interação social que promova o contato digital entre os grupos, a quebra de barreiras tecnológicas entre o homem e a máquina, além de possibilitar o uso da informação para melhorar a qualidade de vida e caminhar para a inclusão social.


Vida digital: wi-fi lidera como meio de acesso


O brasileiro usa muito a internet e pesquisa de uma empresa do ramo de segurança e ameaças online revela o quanto: mais da metade de nós, 53%, passa mais de 6 horas por dia conectados. Os meios são variados, mas o estudo indicou que o sistema Wi-Fi privado ainda é líder, com 57% dos acessos. Já 26,6% navegam por meio de banda larga fixa e os 9,4% restantes usam os pacotes de dados móveis.


Cerca de um terço (30%) das pessoas acessam a internet usando celulares, mas 68% navega por meio dos computadores dos locais onde trabalham e o mesmo índice de pessoas se repete entre aqueles que preferem usar a internet através de um PC. O acesso via smartphone, considerado como meio favorito, é de 26,6%, e a minoria, pouco mais de 7%, divide-se entre o uso da TV e do vídeo-game.


Destaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: