Centenas de assistidos pelos oito Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e seus familiares tiveram um dia diferente nesta sexta-feira (30), quando foi realizada a 9ª edição do Balanço Social, promovido pelo Departamento de Proteção Social Básica (Deprosb), da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). O tema deste ano foi “Cabo Frio em Movimento – Um Novo Caminho”.

Durante o evento, realizado na Associação Atlética Cabofriense, no Centro, o público assistiu a apresentações a partir do trabalho desenvolvido ao longo de todo o ano nas oficinas dos centros do Jacaré, Jardim Esperança, Praia do Siqueira, Manoel Corrêa, Monte Alegre, Botafogo, Tamoios e Central e pelas equipes volantes Rosa Brandão, que atua no residencial Monte Carlo do programa Minha Casa, Minha Vida e de Maria Joaquina. Trabalhos de artesanato feitos pelos assistidos também foram expostos no salão de festas do clube.

Do balé clássico ao hip hop, passando pela capoeira e pela música, todas as atividades foram saudadas com entusiasmo. Todas as apresentações foram recebidas com aplausos e gritos. Os figurinos e a estrutura montada (palco, som e luz) aumentavam ainda mais o brilho no olhar dos participantes. Ana Bueno, de 67 anos, que faz aula de alongamento no Cras do Monte Alegre, era só alegria pouco antes de entrar em ação.

“Vai ser lindo, estamos todos muito animados. O Cras é uma coisa muito boa para nós. Comecei a fazer e não parei mais, nem vou parar. Vou viver 100 anos fazendo exercício”, disse, cheia de disposição.

Enquanto aguardava a pequena Raissa, de 4 anos, se apresentar, Mônica Ferreira comentou da importância do trabalho realizado no Cras do Jardim Esperança, onde a menina dança balé há dois meses.

“Gosto muito do Cras, porque o sonho dela era fazer balé e a gente não tinha como pagar. Consegui coloca-la e em tão pouco tempo ela vai participar dessa apresentação. Estou muito feliz com isso”, comemorou.

A secretária de Assistência Social, Marta Maria da Silva Bastos, ressalta as dificuldades de realizar um evento desse porte em tão pouco tempo de gestão, mas disse que contou com parcerias para oferecer, por exemplo, pipoca, algodão doce e atividades recreativas, como pula-pula, para as crianças.

“É uma honra poder mostrar, mesmo que uma pequena parcela, do que foi realizado durante o ano. Apesar de termos assumido há pouco mais de quatro meses e enfrentado diversas dificuldades por ser um evento muito grande, que envolve muita gente, graças a Deus, a gente conseguiu”, celebrou a secretária.

Para o prefeito Dr. Adriano Moreno, o evento reforça a importância de ampliar uma visão social para todos os bairros da cidade.

“Vivo um momento de felicidade. É um dia muito importante porque estamos quebrando tabus nessa cidade, que por muitos anos, ficou dividida entre primeiro e segundo distrito. Sempre disse que todos somos cabo-frienses e merecemos ter as mesmas oportunidades. Hoje, estamos dando oportunidade aos menos favorecidos para que eles se sintam incluídos na sociedade como um todo. Cabo Frio não é só de quem mora perto da praia, é de todo cabo-friense e de quem escolheu a cidade para morar”, declarou o prefeito, elogiando o trabalho da equipe da secretaria.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assistência SocialDestaqueNotícias

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: