Cabo Frio finaliza campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres




Cabo Frio encerrou nesta segunda-feira (10) a participação na edição de 2018 da campanha mundial dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. As atividades aconteceram durante todo o dia na Praça de Tamoios, no Segundo Distrito, em frente ao Ginásio Poliesportivo.

O dia foi marcado por apresentações de dança de salão, ballet e  exposição de artesanato de fibras naturais do Cras Tamoios, teatro com a Cia Karygma, coral de mulheres, dança inclusiva com Allan Lobato e Nilzete de Oliveira e roda de conversa sobre violência de gênero. Também foram oferecidos os serviços de aferição de pressão arterial, atendimentos do sub-registro, CadÚnico e da Unidade Móvel do Governo do Estado do Rio de Janeiro com psicóloga, advogada e assistente social.

A programação de Cabo Frio para a mobilização mundial foi organizada pela Coordenadoria-Geral dos Direitos da Mulher (Cogedim), vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). “A resposta da população agradou muito à organização da campanha em nosso município. Desde o primeiro dia, quando reunimos trabalhadores da Assistência Social na sede da pasta, até o último dia em Tamoios, tivemos uma grande participação. Principalmente quando convocamos para uma reflexão e ação sobre um tema tão relevante”, avaliou Nilma Carneiro, responsável pela Cogedim.

A campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres acontece em cerca de 160 países, com ações voltadas para o fim da violência de gênero. A mobilização mundial começou em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres, iniciaram a campanha com o objetivo de promover debates e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo.

No Brasil, a campanha é realizada desde 2003 e é chamada 16+5 Dias de Ativismo, pois incorporou o Dia da Consciência Negra. A mobilização termina em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Assistência Social

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: