Cabo Frio institui o dia 9 de julho para homenagear Sebastião Lan

O prefeito em exercício, Aquiles Barreto, recebeu em seu gabinete representantes do sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais de Cabo Frio para discutir a instituição de uma data para homenagear Sebastião Lan, precursor dos direitos do trabalhador rural em Cabo Frio. Foi definido que o dia para fazer o reconhecimento a esse grande nome da história cabo-friense será o dia 9 de julho. Para marcar a implantação da data, o sindicato está elaborando uma programação recheada de atividades que serão realizadas ao longo daquele dia. A programação será divulgada assim que for definida.


SAIBA MAIS

Assistência Social promove IV Encontro dos Trabalhadores Suas

Mutirão do Cras Rosa Brandão bate recorde de atendimentos

“Temos que valorizar a nossa história, que é muito rica. Sebastião Lan foi um grande ícone da nossa cidade no século passado e merece essa homenagem. Nada mais justo criar um dia para celebrar a sua história, o seu legado”, frisou ele, acrescentando que em junho completou 30 anos da morte de Sebastião Lan.

História

Sebastião Lan nasceu em 1942, no Espírito Santo. Chegou a Cabo Frio em 1968 e instalou-se no bairro Campos Novos, local que passava por sérios conflitos entre grileiros e lavradores. Nessas terras, escreveu sua história de luta pela regularização fundiária. Organizou a reabertura do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que havia sido fechado pelos militares. Foi eleito presidente do sindicato e quatro meses depois de ter assumido, no dia 06 de junho de 1988, véspera de sua ida à Brasília, onde entregaria importante relatório ao Ministro da Reforma Agrária, Sebastião Lan sofreu um atentado na Rodovia Amaral Peixoto, levando seis tiros. Morreu cinco dias depois, aos 46 anos de idade.*

Sebastião Lan é lembrado por toda a sua história de luta em defesa dos trabalhadores rurais. Ele contribuiu de forma exemplar para o desenvolvimento trabalhista e social da cidade de Cabo Frio, bem como pelos direitos dos trabalhadores rurais. Atualmente dá nome ao mercado que abriga a feira do bairro Jardim Caiçara.


*Fonte: Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj)


Destaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: