Cabo Frio sedia última reunião do ano do Comitê de Bacia Hidrográfica Lagos São João


 

A Prefeitura de Cabo Frio sediou, na manhã desta quarta-feira (5), a última reunião deliberativa do ano do Comitê de Bacia Hidrográfica do Consórcio Intermunicipal Lagos São João. Participaram do encontro representantes de várias prefeituras e também do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da sociedade civil, entre eles, universidades, organizações não-governamentais e associações de pescadores.

Além de uma prestação de contas, na reunião, foram tomadas decisões que terão impacto direto na área ambiental de Cabo Frio e das cidades vizinhas. Uma das resoluções foi a  destinação de R$ 26 mil em recursos do consórcio para a implantação de um projeto de Educação Ambiental para as comunidades que vivem às margens dos rios Una e São João, em Tamoios, no Segundo Distrito.

O colegiado também definiu pela liberação de verbas para construção e manutenção de duas embarcações que serão usadas para reforçar a fiscalização em toda a região, especialmente em períodos como o defeso da Lagoa de Araruama. Também foram liberados recursos para a realização de estudos sobre a segurança da barragem da Lagoa de Juturnaíba que é a responsável pelo abastecimento de água não apenas de Cabo Frio, mas de todos os municípios da região.

Sobre a Lagoa de Araruama, em especial, o problema de poluição na região da Praia do Siqueira, a representante da Prolagos, a concessionária de abastecimento de água e tratamento de esgoto, informou que haverá uma reunião no próximo dia 13, quando serão apresentados os estudos para a melhoria da estação de tratamento e o desassoreamento, que é a retirada do lodo do fundo da laguna, no trecho que inclui o Canal do Itajuru, o Canal Palmer e a Praia do Siqueira.

 

O coordenador geral de Meio Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento da Cidade, Mario Flavio Moreira, aprovou o resultado da reunião. Ele disse que o pedido para o município sediar o encontrou foi da Secretaria-Executiva do consórcio.

“É importante essa reunião para que o pessoal de Cabo Frio participe.Hoje, o comitê tem uma representatividade grande de vários segmentos. Participam do comitê faculdades, ONGs, pescadores da região de Araruama a Cabo Frio e do Rio São João. A Prefeitura está com um engajamento maior nesse processo”, comentou  Mario Flavio.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

DestaqueMeio Ambiente

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: