Cabo Frio vai sediar Estadual de Pesca Submarina


Neste sábado (1) e domingo (2) Cabo Frio vai sediar mais uma competição esportiva. Desta vez será o Estadual de Pesca Submarina de 2018, realizado pela Federação de Caça Submarina do Estado do Rio de Janeiro (FCSERJ) e pela Confederação Brasileira de Caça Submarina (CBCS), com apoio do Clube Náutico de Cabo Frio (CNCF), Associação de Pesca Subaquática de Cabo Frio (APSCF) e da Prefeitura de Cabo Frio, através da Secretaria de Turismo e patrocínio da Divecom, uma das maiores empresas de equipamentos para prática da pesca submarina no Brasil.

As inscrições continuam abertas até o meio-dia desta sexta-feira (dia 30) e custam R$ 100. A competição é aberta a atletas federados e não federados que estejam em dia com a licença de pesca e aptos à prática do esporte através de apresentação de atestado médico, que deve ser enviado junto com a ficha de inscrição para o email fcserj@fcserj.com.br, com cópia para o email esodado@gmail.com com o título: “Inscrição no Campeonato Estadual 2018”. Quem perder o prazo, ficará fora da competição, que tem expectativa de participação de cerca de 30 competidores de Cabo Frio, Rio de Janeiro, Angra dos Reis, São Paulo e Espírito Santo, divididos nas categorias Sênior e Júnior, individual.

Segundo Jairton Gonçalves, diretor técnico da Federação e vice-presidente da Associação de Pesca Subaquática de Cabo Frio, vários nomes de peso no esporte participarão do Estadual, entre eles o capixaba Paulo Sérgio Pacheco, Gabriel Barra (várias vezes campeão paulista), Rodrigo Fahan (atual campeão brasileiro), Paulo de Sá Junior e Macaco entre outros.

De acordo com o regulamento, as provas serão individuais e terão duração de 5 horas, com início previsto para às 9h30, e acontecerão na Ilha do Breu, Ilha dos Pargos, Ilha dos Capões, Ilha Comprida e Ilha dos Dois Irmãos.

“Todas estas áreas já estão interditadas, e o local exato da prova será definido somente na véspera da competição”, explicou Jairton, lembrando que para efeito de pontuação serão válidos os seguintes peixes (obedecendo o critério de peso definido em regulamento): Agulhão, Agulhão-Bandeira, Atuns, Badejo Branco, Badejo Saltão, Badejo Serigado, Bagre Bandeira, Barracuda, Bicuda, Bijupirá, Bonitos, Canhanha, Cavalas, Cernambiguara, Cocoroca Branca, Corvina, Dourado, Enchova, Enxada, Espada, Galo, Garoupa Mármore, Garoupa Pintada, Garoupa Catuá, Graçainha, Guaiúba, Guarajuba, Linguado, Marimbá, Marlim Branco, Namorado, Olhete, Olho-de-boi, Pampo, Pampo Galhudo, Pampo Malhado, Pargo Rosa, Pargo Pena, Peixe-Rei, Pescada Amarela, Pirangica, Prejereba, Remeiro, Rêmora, Rêmora Piolho, Robalo, Sargo de Beiço, Sargo Amarelo, Sargo de Dentes, Sororoca, Tainha, Ubarana, Vermelho Caranho, Vermelho Cioba, Vermelho Henrique, Wahoo, Xaréus e Xereletes. As pesagens serão feitas no Clube Náutico de Cabo Frio (CNCF) com início às 15h30h.

O campeonato existe desde 1975 e já teve Cabo Frio como sede várias vezes, a última em 2016, com Alex Macieira, do Clube Náutico da cidade, sagrando-se campeão. As provas terão 6 horas de duração e largada às 9h. Todos os peixes serão doados a instituições de caridade de Cabo Frio.

 

DestaqueNotíciasTurismo

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: