Capacitação sobre o turismo reúne cerca de 50 servidores de Cabo Frio


Os servidores das Centrais de Atendimento ao Turista (CAT) e das guardas municipal e marítima de Cabo Frio receberam capacitação sobre turismo histórico, hospitalidade e qualidade no atendimento ao turista. A capacitação gratuita, oferecida pela Secretaria de Turismo em parceria com o Sindicato dos Guias de Turismo do Rio de Janeiro (Sindegtur/RJ), aconteceu na quarta (22) e quinta-feira (23), das 18 às 22 horas, na sala de treinamentos do Turismo e reuniu um total de cerca de 50 servidores.

Além dos temas propostos pelo sindicato, a capacitação também contou com a participação da Superintendência de Turismo Histórico e Cultural, que mostrou os pontos importantes sobre patrimônios da cidade. “Os CATs já se destacam pelo atendimento de excelência. Mas, com esse treinamento, pudemos proporcionar mais conhecimentos importantes sobre o nosso patrimônio. Queremos materializar as centrais como referências no atendimento histórico, patrimonial e cultural da nossa cidade”, disse o superintendente, Paulo Cotias.

Atualmente a Secretaria de Turismo possui dois CATs, um na rodoviária e outro no Terminal de Barcos de Passeio, no Boulevard Canal. Em breve outros três serão abertos: um no Peró, um no Terminal de Transatlânticos, e outro na Praia do Forte, anexo ao Expo Lendas do Surf (“Museu do Surf”).

A capacitação dos servidores municipais é uma contrapartida da parceria firmada entre a Secretaria e o Sindegtur, que vai oferecer também um curso de qualificação voltado para guias de turismo de Cabo Frio. O curso segue com inscrições abertas exclusivamente pela internet, através do link http://bit.ly/2Or0yMT. As aulas acontecerão nos dias 24, 25 e 26 de setembro. O custo será de R$ 35 com limite de 30 vagas.

Para o secretário de Turismo, Radamés Muniz, a capacitação dos profissionais envolvidos com o setor é uma das metas da nova gestão. “Quando a gente fala em turismo, a maioria das pessoas pensa logo em praia, em prédios históricos, em gastronomia, mas o bom turismo também se faz com a excelência no atendimento a quem nos visita. Se um turista chega num CAT e não é bem recebido, não consegue as informações básicas que todo visitante busca quando chega numa cidade, ele não retorna mais, e ainda incentiva que os parentes e amigos também não venham, e isso é péssimo. Da mesma forma, os guardas municipais e guardas marítimos precisam estar preparados porque, assim com os funcionários dos CATs, também são as primeiras pessoas a serem procuradas pelos turistas que precisam de informações sobre a cidade. Por isso fizemos essa parceria com o Sindegtur, para capacitar os servidores municipais que têm acesso direto aos nossos turistas”, explicou Radamés.

DestaqueNotíciasTurismo

Cabo frioCentral de Atendimento ao Turistacurso de capacitaçãoGuarda MarítimaGuarda Municipal

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: