Escolas municipais são contempladas com recurso do Programa Escola Acessível

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) aprovou o plano de atendimento do “Programa Escola Acessível” de seis unidades escolares da rede municipal de ensino de Cabo Frio. Os valores variam de entre R$ 8 mil e R$ 15 mil para serem aplicados em projetos estruturais, tecnologia, mobiliário entre outros, já que o objetivo do programa é promover condições de acessibilidade ao ambiente físico, aos recursos didáticos e pedagógicos e à comunicação e informação nas escolas públicas de ensino regular.


SAIBA MAIS

Cabo Frio conta com o programa federal “Novo Mais Educação”

Palestra sobre BNCC reúne representantes de 11 municípios

Assistentes de alfabetização classificados devem comprovar habilitação


A verba deverá ser utilizada tendo como direcionador os planejamentos aprovados. Foram contempladas as escolas Araçá (R$ 8.300,00), Francisco Franco (R$ 8.300,00), Maestro Rui Capdeville (R$ 12.500,00), Marli Capp (R$ 15.000,00), Pedro Jotha (R$ 8.300,00) e Zélio Jotha (R$ 10.000,00). Para receber o benefício do “Escola Acessível”, disponibilizado por meio do “Programa Dinheiro Direto na Escola” (PDDE), as escolas realizaram um cadastro no Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação, onde inseriram o plano de atendimento com o planejamento de utilização dos recursos.

Dentre as ações financiadas pelo programa estão a adequação arquitetônica (rampa, sanitários, vias de acesso, instalação de corrimão e de sinalização visual, tátil e sonora), aquisição de cadeiras de rodas, recursos de tecnologia assistiva, bebedouros e mobiliários acessíveis.


DestaqueNotícias

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: