Espaço Cultural Torres do Cabo recebe exposição “Chico Dias: bico de pena cabo-friense”


A Secretaria de Cultura de Cabo Frio inaugura nesta sexta-feira (11), às 20h30, a exposição “Chico Dias: bico de pena cabo-friense”. A mostra acontece no Espaço Cultural Torres do Cabo até o dia 9 de fevereiro, sempre das 19h às 22h, de quarta a sábado.

Chico Dias é um dos maiores desenhistas do país. Nascido em Cabo Frio, já expôs em países como Portugal, Espanha e Estados Unidos, além de diversas cidades do Brasil. Ainda jovem, mudou-se para o Rio de Janeiro e completou os estudos especializando-se em paisagismo, urbanismo e arquitetura, onde teve a oportunidade de mostrar todo o potencial criativo e profissional. Iniciou o trabalho artístico em Bico de Pena e Serigrafias nos anos 70, sendo na época considerado pelo conceituado crítico de arte Walmir Ayala um artista de grande sensibilidade e valor.

“Chico Dias, além disso, é um grande cabo-friense, através de sua arte realiza um belo resgate dos patrimônios históricos e pontos turísticos da cidade. Os desenhos da Fonte do Itajuru, do Convento, dos poéticos barcos de antigamente e do casario histórico revelam um olhar único. Por isso tudo o reconhecimento nacional e internacional aconteceu e ele escreveu no currículo várias exposições importantes. Aqui no Espaço Cultural será uma honra ter essa exposição, e pela democratização do espaço queremos resgatar os grandes nomes das artes plásticas de Cabo Frio”, disse o curador e coordenador do espaço, Ricardo do Carmo.

As canetas bico de pena são uma variedade de canetas tinteiro que se utilizam de uma ponta capaz de imitar o efeito da escrita por meio do antigo bico de pena, utilizando-se para tanto de uma ponteira chamada de pena.

“No desenho você tem muitos recursos, e se você domina bem essa caneta pode usar várias técnicas para dar leveza à obra. Os traços paralelos com a pena muito fina fazendo volume, entre outras. Enquanto estiver vivo sigo desenhando”, disse Chico Dias.

O Espaço Cultural Torres do Cabo fica na Avenida Treze de Novembro, 520, na Praia do Forte.

 

CulturaDestaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: