Espetáculo do Quarteto colombiano Ad Libitum reuniu dezenas de crianças e adolescentes de Tamoios


Crianças e adolescentes de Tamoios tiveram uma manhã especial com a apresentação de um concerto de melodias eruditas e folclóricas nesta quinta-feira (16). O encontro reuniu dezenas de alunos da Rede Municipal de Ensino do segundo distrito, para a apresentação do Quarteto colombiano Ad Libitum, da Colômbia, no Espaço Cultural e Ambiental Érico Veríssimo. O evento integra a 24ª edição do Rio Ciello, festival de música erudita e moderna que acontece nos municípios de Cabo Frio, Rio de Janeiro, Volta Redonda e Florianópolis entre 7 e 20 de agosto.

No repertório, interpretações de clássicos da música erudita, incluindo obras dos compositores austríacos Joseph Haydn e Franz Schubert, e canções folclóricas dos povos colombianos.

No Espaço, o clima era de alegria e afinidade entre alunos e músicos, que puderam compartilhar experiências em uma sintonia que surpreendeu a todos. “Foi um público muito especial, estamos felizes demais. Desde o primeiro momento estavam atentos. É um estímulo para nós, artistas, quando temos um público assim. Naturalmente, a música nos conecta com todas as energias, ambientes, bons propósitos e sentimentos. Nós queríamos transmitir alegria aos alunos, e eles corresponderam muito bem. Ficamos completamente entrelaçados e formamos um só grupo agora”, comentou Carlos René Ordóñez, professor, compositor e regente do Ad Libitum.

A aluna do 5° ano da EM Profª Amélia Ferreira, Raissa Silva, 10 anos, contou que ficou muito feliz e inspirada com o encontro. “Eu sinto a música. Eu fecho os olhos e a vejo na minha frente. Cada um tem seu estilo e pode escolher um instrumento diferente. A gente pode até montar uma orquestra. Geralmente as crianças daqui não têm oportunidade de ver estes eventos, gostaria que todas tivessem essa chance e que o quarteto voltasse de novo”, revelou a menina que quer estudar teclado, violoncelo e violino.

Já o aluno do 9° ano da EM Profª Wanda Pereira Roque, Lucas Rodrigues, 14 anos, fez uma observação sobre a repercussão social de iniciativas como o concerto. “Eu nunca tinha visto isso por aqui, é a primeira vez que eu vou em um concerto de música clássica. Também conheci um instrumento que eu nunca tinha visto antes. Eventos como esse são muitos bons e contribuem para a diminuição da violência”, observou Lucas.

O fundador do Espaço Cultural e organizador do encontro desta quinta-feira, Ernesto Galiotto, salienta a importância da Educação na transformação do mundo e comemora a vibração dos alunos em uníssono com a música. “Isso que aconteceu aqui se espalha… Eles já estão perguntando quando vai ter de novo. Vale insistir para que a educação musical chegue a todos. Parabenizo a Secretaria de Educação, alunos, professores e diretores por hoje estarem aqui”, finalizou o empresário.

DestaqueEducaçãoNotícias

Cabo frioEspaço Cultural e Ambiental Érico VeríssimoMúsica ClássicaSecretaria de EducaçãoTamoios

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: