Fiscalização ambiental e fundiária flagra desmatamento ilegal em Maria Joaquina


Após denúncia anônima, fiscais das coordenadorias de meio Ambiente e Assuntos Fundiários da Secretaria de Desenvolvimento flagraram, no fim da tarde desta segunda-feira (11), um início de desmatamento que estava destruindo uma área de restinga, na Estrada da Rasa, no bairro de Maria Joaquina, no Segundo Distrito de Cabo Frio.

Os agentes conseguiram deter o operador da máquina roçadeira, que foi encaminhado para a 126ª DP, onde foi ouvido e liberado em seguida.

Em depoimento, o detido não revelou o nome da pessoa que teria pago pelo serviço.

“O grande problema desses crimes ambientais é esse.  Os verdadeiros responsáveis utilizam-se de pessoas sem instrução ou apenas trabalhadores, para fazer o que podemos chamar de “serviço sujo”, deixando essas pessoas em situação delicada perante a Justiça.  Por sua vez, essas pessoas têm medo de revelar o nome dos mandantes.  Quanto mais rápida for a denúncia, mais rápido poderemos chegar ao local e menores serão os danos ao meio ambiente”, ressaltou o coordenador de Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira.

Para o coordenador de Assuntos Fundiários da secretaria de Desenvolvimento, Ricardo Sampaio, a ação conseguiu impedir que mais uma área de proteção ambiental fosse utilizada para parcelamento irregular.

“Geralmente esse é assim que as atividades de ocupação irregular do solo iniciam.  Felizmente, houve a denúncia e nossos agentes conseguiram chegar a tempo de impedir um mal ainda maior”, finalizou.

A população pode – e deve – denunciar invasões ilegais e crimes ambientais pelos e-mails cogemacabofrio@gmail.com (Meio Ambiente) e cogeafcabofrio@gmail.com (Assuntos Fundiários).

Desenvolvimento da CidadeDestaqueNotícias

desmatamento ilegalfiscalizaçãoMaria Joaquina

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: