Fiscalização ambiental orienta restaurantes sobre esgotamento sanitário

Fiscais da coordenadoria de Meio Ambiente, acompanhados de funcionários do Departamento de Saneamento da secretaria de Obras, visitaram, no último fim de semana, três restaurantes no bairro da Passagem, após denúncias feitas por moradores de descarte irregular de esgotamento sanitário.

Os fiscais constataram precariedade na rede de esgoto que serve o bairro, uma vez que sua ocupação era meramente residencial, não havendo capacidade na rede instalada para receber o descarte dos bares e restaurantes que se instalaram na região com o passar dos anos.  A fiscalização vai continuar no decorrer desta semana para que seja feito um levantamento de toda a área do bairro e das necessidades de adequação da rede de esgotamento sanitário para que sejam evitados vazamentos ou escoamento a céu aberto.

Já na Praia das Conchas, os fiscais notificaram o restaurante Cabana do Pescador, por reincidência em descarte irregular de esgoto. Segundo o coordenador do Meio Ambiente, Mario Flavio Moreira, são situações diferentes, mas que requerem a mesma atenção.

“No caso da Passagem, acreditamos que a rede de esgoto não tenha sido projetada para receber o descarte constante e mais pesado que vem dos restaurantes, já que até pouco tempo eram poucos os estabelecimento no local.  Vamos precisar elaborar um projeto e, dentro das possibilidades, realizar sua implantação para evitar o agravamento do problema. Já no Cabana do pescador, há uma certa resistência dos proprietários em entender que o descarte irregular que está sendo feito pode ter consequências nocivas tanto ao meio ambiente quanto ao turismo.  Caso haja insistência no descumprimento das determinações, teremos que tomar medidas mais duras para evitar que um mal maior aconteça”.

Mario Flavio lembrou, ainda, que a Praia do Peró, que acaba de receber a aprovação no Programa Bandeira Azul, fica bem ao lado e que essa situação pode significar um risco para a conquista da certificação.

DestaqueNotícias

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: