Guarda Marítima e Ambiental faz reunião com pescadores do canto do Forte


Objetivo foi esclarecer ordenamento para retirada das embarcações

O comandante da Guarda Marítima e Ambiental, Paulo Fernando Pinto Dias, esteve reunido na manhã desta sexta-feira (15), com pescadores e proprietários das “bateiras” (barcos de pesca artesanais), que ficam atracados no Canto do Forte, e que foram notificados a retirarem as embarcações do local devido à ação de ordenamento iniciada pela Prefeitura. Estiveram presentes 15 pescadores, além do presidente da Colônia de Pesca Z4, Alexandre Marques.

Na reunião ficou decidido que as duas partes, pescadores e Prefeitura, apresentarão projetos para a definição da área para onde os barcos serão deslocados e se haverá ou não a continuidade da comercialização de pescado no local.

“A reunião foi importante para que os pescadores compreendessem que não é retaliação, nem uma ação que surgiu do nada. Estamos fazendo o ordenamento da orla e aquele local faz parte do projeto. A presença do presidente da Colônia de Pesca Z4 foi de suma importância.  Agendamos uma nova reunião para a apresentação dos projetos e para o cadastramento de todos os pescadores que utilizam o local e estão com seus registros ativos”, afirmou o comandante da Guarda Marítima e Ambiental, Paulo Fernando Pinto Dias.

 

DestaqueNotíciasOrdem Pública

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: