I Mostra de Música Alternativa Gigantesco homenageia Mateus Pagalidis


Evento acontecerá no Corredor Cultural do Charitas neste sábado

 

Acontece neste sábado (19) às 16h, a I Mostra de Música Alternativa Gigantesco em homenagem ao músico e produtor Mateus Pagalidis, figura jovem e importante para a cena alternativa em Cabo Frio, que faleceu há um ano. O evento contará com shows, feira de produtos e a entrada será gratuita contando apenas com doações de roupas e brinquedos para a Comunidade dos Sinos de Monte Alegre, como Mateus costumava fazer em seus eventos culturais. O evento tem o apoio da Secretaria de Cultura que disponibilizou o espaço, os banheiros químicos e, em parceria com a Comsercaf, pintou o espaço que não recebia nenhum evento musical há aproximadamente um ano.

Mãe do produtor e organizadora do evento, Inês Marques conta que a ideia de fazer o evento partiu tanto da saudade do filho quanto da necessidade de ver a cidade viver um evento como os que Mateus produzia. “Ele foi uma figura simbólica na cidade e muito importante na cena alternativa. No início, os shows que ele produzia eram na nossa casa, mais precisamente no quarto dele. Lá recebemos bandas nacionais e internacionais com sons incomparáveis. Conforme ele foi aprendendo e crescendo na cena cultural, seus eventos começaram a ficar mais famosos e queridos pelo público jovem e mais velho também. Como mãe de Mateus não tenho como ver a cidade sem nada parecido com o que ele fazia quieta. Desejo que esse seja apenas o primeiro de muitos outros”.

A Mostra contará com os shows das bandas e músicos: MOS com  Post Rock dos costões Buzianos; Gerbert De Oliveira Périssé com a guitarra que chora; Indic Blue com rock nostálgico; Hooligans dc com Indie Rock furioso; Lincoln Samarina com seus instrumentos criados por ele mesmo; Fataar com Rock político e Filipe Cordeiro discotecando.

Além das apresentações, artistas alternativos locais estarão expondo seus trabalhos, como: Lojinha da Azulamarelo; Moiseis Oliveira expondo suas pinturas tradicionais em aquarela; Zines Subverso; Veganada Naymastê com culinária vegana e barraquinha de bebidas para refrescar a tarde de sábado.

Ajudando na produção do evento, o tatuador Moisés Oliveira comenta que outra intenção do evento é reunir artistas e amigos que vivenciaram o singular movimento cultural que Mateus Pagalidis promoveu na cidade. “Acreditamos que a maioria dos amigos que conviveram com ele desde a adolescência estarão aqui, além das pessoas que admiravam seu trabalho. Será um sábado memorável”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

CulturaDestaqueNotícias

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: