Alunos de escola estadual participam do Cine Charitas

Por em 14/07/2017
Alunos do Instituto de Educação Professora Ismar Gomes de Azevedo participaram da 6ª edição do Cinema no Charitas na quinta-feira (13). A sessão que começou por volta das 19h exibiu um documentário sobre o assassinato e a história de Sebastião Lan, precursor dos direitos do trabalhador rural em Cabo Frio, do cineasta Milton Alencar.

O documentário conta o histórico da ocupação em Tamoios, a evolução da especulação da terra em detrimento dos posseiros e o enfrentamento do Sindicato dos Trabalhadores. Após a sessão os estudantes participaram de um debate sobre o documentário. 

Sebastião Lan chegou a Cabo Frio em 1968 e iniciou a luta pela regularização fundiária no bairro Campos Novos, local que passava por sérios conflitos entre grileiros e lavradores. Ele organizou a reabertura do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, que havia sido fechado pelos militares, onde foi presidente. Quatro meses depois de ter assumido a presidência do sindicato, no dia 6 de junho de 1988, véspera de sua ida e Brasília, onde entregaria importante relatório ao Ministro da Reforma Agrária, Sebastião Lan sofreu um atentado na Rodovia Amaral Peixoto, levando seis tiros. Faleceu cinco dias depois, aos 46 anos de idade. Atualmente dá nome ao mercado que abriga a feira do bairro Jardim Caiçara.

O Cinema no Charitas exibe filmes gratuitamente às quintas-feiras em formato de documentários com discussões ao término das sessões. Semana que vem terá exibição de dois filmes: “Carlos Mendonça - O Pintor de Cabo Frio" de Liana Turrini e Luiz Simpson, e “Pau Brasil Semente da História" (filme tema do debate), de Milton Alencar. As sessões são gratuitas e abertas ao público.

A Casa de Cultura José de Dome - Charitas está localizada na Avenida Nossa Senhora da Assunção, no Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e das 14h às 20h aos sábados, domingos e feriados. O Charitas conta com exposições artísticas temporárias e permanentes.