Assistência Social faz campanha para atualização do CadÚnico

Por em 30/10/2017
A Secretaria de Assistência Social está promovendo uma campanha para alertar todos os idosos que recebem o Benefício de Prestação Continuada e que ainda não estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) para os Programas Sociais do Governo Federal, para realizarem o seu cadastramento. Eles têm até 31 de dezembro para regularizar a situação; após esta data, quem não estiver cadastrado, ou que tenha se cadastrado há mais de dois anos e não fez a atualização terá os benefícios suspensos.

Atualmente, mais de três mil idosos têm cadastro ativo, mas cerca de 70% desses beneficiários ainda têm pendências no CadÚnico e por esse motivo correm o risco de perder os benefícios.

Para atender aqueles que não têm condições de locomoção para regularizar a situação cadastral, uma equipe itinerante do Departamento de Proteção Social Básica (Deprosb) foi disponibilizada para visitar sedes de entidades que abrigam idosos, como o Lar da Cidinha, onde são abrigados os idosos atendidos pelo Departamento de Proteção Social Especial (Depse), onde o cadastramento já foi realizado.
“Visando mais comodidade e evitando a necessidade de deslocamento dos beneficiários, nossa equipe realizou a visita para atendimento do grupo que reside no Lar. Caso outras entidades que abriguem idosos se interessem por esse atendimento, estaremos aguardando o contato e verificaremos a viabilidade de nossa equipe visitar o local para a regularização dos cadastros”, comunicou Rosana Moreira, diretora do Deprosb, ao qual o Programa de Bolsa Família e Cras estão vinculados.