Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Cabo Frio recebe 67 municípios no Fórum Estadual de Conselheiros Tutelares

Por em 09/10/2017

Pelo menos 250 pessoas de 67 municípios do Estado do Rio de Janeiro participaram, neste fim de semana, da 68ª edição do Fórum Estadual de Conselheiros Tutelares, que aconteceu no Centro Evangelístico Internacional – CEI, em São Cristóvão. A abertura oficial aconteceu na sexta-feira (6), e a programação aconteceu até domingo (8). Logo na primeira palestra, o novo Secretário de Educação de Cabo Frio, Alessandro Teixeira, abordou o tema “Políticas e práticas para enfrentar a violência que atravessa os muros da escola”, com a mediação de Luiz Felipe Marinho. Em seguida, palestrou a economista Teresa Constantino, sobre “O Conselho Tutelar e o Orçamento Público”. Ainda no primeiro dia o evento teve a presença de Edson Seda, relator do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e autor de outros livros renomados, palestrando sobre o tema “Políticas Públicas para a construção de uma cultura de paz”.

 

Crianças e adolescentes de vários projetos sociais de Cabo Frio também participaram da abertura do evento. O hasteamento das bandeiras para execução do Hino Nacional, por exemplo, ficou por conta dos participantes do Projeto Futuro Guardião Mirim, da Associação dos Veteranos Militares (AGIA GTMA). O hino da cidade de Cabo Frio foi executado por participantes das oficinas de canto coral e percussão do Cras Central. Aconteceu ainda a apresentação do coral do Centro de Atenção ao Jovem Espaço Feliz (CAJEF) e um dueto de dança da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

 

Na composição da mesa de abertura, a vice-prefeita Ruth Schuindt representou o Prefeito Marquinhos Mendes, e Luzier Barbosa, Superintendente da Gestão do SUAS, representou Rômulo Vidal dos Anjos, Secretário da Assistência Social (SEMAS). Também integraram a mesa na solenidade de abertura a Dra. Luciana Nascimento Pereira, Promotora de Justiça da Vara de Infância e Juventude de Cabo Frio; Juarez Marçal da Silva Filho, Presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Rio de Janeiro (ACTERJ); José Antonio Odilon, Coordenador-Geral da Criança e do Adolescente (COGECRIA); Alessandro Teixeira, Secretário de Educação de Cabo Frio; Rosane Carvalho de Almeida, Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA); Douglas Felizardo, Presidente do Conselho Tutelar do Primeiro Distrito de Cabo Frio, e Grazielle Pereira, Presidente do Conselho Tutelar do Segundo Distrito de Cabo Frio. Durante discurso de abertura, todos foram unânimes em ressaltar a importância das parcerias para garantir os direitos das crianças e adolescentes, e a relevância do Fórum para a troca de experiências e capacitação constante dos Conselheiros.

 

No sábado (7) a programação foi aberta com a palestra “O Ato Infracional na Sociedade Contemporânea e o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) como possibilidade para a construção de projetos de vida”, com Murilo Digiácomo, Procurador de Justiça no Estado do Paraná. Também foram abordados os “Índices de homicídio na adolescência e ações para uma nova cartografia de vida”, com o palestrante Doriam Borges, doutor em Sociologia e Coordenador do relatório Homicídio na Adolescência no Brasil, e “A violência cultural que oprime, discrimina e exclui crianças e adolescentes”, com o palestrante Sidney Aguilar Filho, doutor em Filosofia e História da Educação. No domingo (8) o evento foi encerrado com uma Roda de Conversa e Assembleia da Associação dos Conselheiros Tutelares do Estado do Rio de Janeiro (Acterj).

 

Para José Antonio Odilon, Coordenador-Geral da Criança e do Adolescente de Cabo Frio, “o nível do evento foi muito bom, merecendo elogios unânimes quanto ao excelente nível dos palestrantes que abordaram os temas com muita propriedade. Além de ter sido muito enriquecedor para os participantes, o Fórum também movimentou pousadas e restaurantes da cidade, gerando mais recursos para a cidade”, revelou.

Inscreva-se em nossa Newsletter: