Cerca de 400 animais foram resgatados pelo Canil Municipal desde fevereiro

Por em 04/07/2017

Eles são peludos e carinhosos, além de oferecerem amor e fidelidade de forma única. No entanto, não é difícil encontrar casos de abandono e maus tratos em que muitos cachorros e gatos vivem na atualidade. Por conta dessa situação, o Canil Municipal de Cabo Frio, através da Superintendência de Proteção aos Animais, já realizou cerca de 400 resgates desde fevereiro, quando o local foi reestruturado.


De acordo com a diretora de departamento da Superintendência, Fernanda Reitenbach, em média cinco animais são abandonados no canil e 15 resgates são realizados semanalmente. Nesses resgates são priorizados os casos emergenciais, como atropelamentos, sarnas em estado avançado, cães com tumores, filhotes e fêmeas prenhas.

Todos os animais debilitados passam por tratamento veterinário e castração para serem disponibilizados para adoção responsável. Atualmente, o canil abriga 130 animais entre cães e gatos. “A população tem atuado bastante fazendo denúncias, mas temos uma fila de espera e só podemos oferecer as vagas na medida em que ocorrem as adoções responsáveis”, explicou Fernanda.

E para atender todas as solicitações, a Superintendência conta com parceiros para ceder lares temporários para os animais até que as vagas sejam cedidas no canil.

“Estamos trabalhando para combater os maus tratos aos animais que vivem em abandono na nossa cidade e dar a eles um tratamento veterinário adequado e, assim, encaminhá-los a um novo lar que ofereça amor e estrutura necessária. Precisamos da ajuda da população para que esses problemas diminuam e que a adoção de animais seja vista como um ato solidário e de responsabilidade social”, afirmou a superintendente de Proteção aos Animais, Caroline Midori.

Denúncias
De acordo com o Artigo 32 da Lei Federal nº. 9.605 de 1998 (Lei Ambiental), o abandono e maus tratos aos animais é crime.  A lei se aplica a quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. A pena pode ser de detenção de três meses a um ano e multa. Em Cabo Frio, as denúncias são atendidas pela superintendência, que avalia os casos e procede com os trâmites legais. O contato pode ser feito através do telefone (22) 9.9237-6507.

“Em caso de verificação denúncia, fazemos o máximo para o tutor ficar com o animal, orientando a melhor maneira de tratamento, manuseio, alimentação entre outras coisas. Existem casos que realmente é só falta de conhecimento. Mas quando vemos que não vai acontecer do animal ser melhor tratado, fazemos a retirada do bichinho junto a Policia Militar Ambiental  e o tutor é encaminhado para a delegacia para o registro da ocorrência”, informou Fernanda.

Adoção responsável
A Superintendência de Proteção aos Animais realiza feiras de adoções responsáveis periodicamente na cidade. Ao todo, 146 bichinhos já ganharam um novo lar, sendo 72 animais adotados em feiras e 50 adotados diretamente no canil. Atualmente, 50 animais estão disponíveis para adoção.

Todos os animais disponibilizados estão vermifugados, castrados e em boas condições de saúde. Para adotar um animal de estimação é preciso ter mais de 18 anos e apresentar os documentos identidade, CPF e comprovante de residência.

Reestruturação
O Canil Municipal foi encontrado pela atual gestão totalmente abandonado, sem estrutura para abrigar os animais. O local teve o fornecimento de ração, água e material de limpeza normalizado pela Prefeitura, além dos serviços veterinários restabelecidos. Estão previstas obras nas instalações para construção de novas baias com o objetivo de oferecer mais conforto para os animais. Assim que o local estiver totalmente organizado, as consultas serão abertas ao público. O Canil Municipal está localizado na Fazenda Campos Novos, na Rodovia Amaral Peixoto, Km 124, em Tamoios.