Guarda Marítima e Upam apreendem 60 metros de rede para pesca de camarão

Por em 10/08/2017
A Guarda Marítima Ambiental de Cabo Frio e a Unidade de Polícia Ambiental (Upam) realizaram mais uma operação para coibir a pesca predatória durante o Defeso Total da Lagoa de Araruama, que começou no dia 1º de agosto e segue até 31 de outubro. Na tarde desta quarta-feira (09), os agentes flagraram uma rede de 8 milímetros, com extensão de 35 metros e uma outra de 30 milímetros de 25 metros. O material foi levado para ser periciado na 126ª DP (Cabo Frio), onde a ocorrência foi registrada.

A rede, para pesca de camarão, é colocada de um dia para o outro nos ganchos e no momento de operação nenhum pescador foi encontrado no local para que pudesse ser responsabilizado pela infração.

O Defeso Total da Lagoa foi instituído por três meses para a preservação das espécies em período de reprodução. Durante este período qualquer tipo de pesca, inclusive esportiva, está proibida.

Este é o terceiro flagrante que as equipes responsáveis pela fiscalização fazem no mesmo local: atrás da refinaria Sal Cisne, na localidade conhecida como Mossoró. Vale ressaltar que quem for pego pescando na Lagoa de Araruama durante o período do defeso, além de ter o material apreendido, pode ser detido.