Mutirão do BPC realiza mais de 500 atendimentos em Cabo Frio

20/06/2018

O mutirão de cadastramento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) realizou 517 atendimentos em Cabo Frio. Ao todo foram 91 registros para primeiro cadastro, 176 atualizações cadastrais, 234 consultas ao CadÚnico e 16 transferências de município.


SAIBA MAIS

Assistência Social convoca para assembleia ordinária do Comud-PCD

Prefeitura convoca beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida para assinatura de contrato

Assistência Social promove IV Encontro dos Trabalhadores Suas


A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) por meio do Programa Bolsa Família para atualização de registros dos usuários no CadÚnico - Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal. Quem não compareceu aos polos deve fazer o cadastro para não perder benefício, que poderá ser cancelado a partir de 31 de dezembro de 2018.


Apesar dos números alcançados ainda há muitos usuários com risco de terem seus benefícios cancelados por falta de atualização. A manutenção de informações atuais no banco de dados é uma obrigatoriedade imposta pelo governo federal. Atualmente, Cabo Frio tem mais de cinco mil favorecidos, entre idosos e pessoas com deficiência, mas apenas 10% compareceram aos polos de atendimento.

“Do total de beneficiários, cerca de 1.500 pessoas correm o risco de terem seus benefícios suspensos. Para evitar o cancelamento, o beneficiário não cadastrado deve procurar as equipes do Bolsa Família que seguirão atendendo nos Cras do município e também na sede do programa na Secretaria de Assistência Social, no Braga”, alerta Rachel Maia de Azevedo, coordenadora do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família.

Quem não compareceu em um dos três polos de cadastramento durante o mutirão deve se apresentar em um dos nove Cras de Cabo Frio (Manoel Corrêa, Jardim Esperança, Tamoios, Central, Botafogo, Praia do Siqueira, Monte Carlo, Monte Alegre e Jacaré) para atualizar os dados e evitar a perda do benefício. Para isso é necessário apresentar originais e cópias dos seguintes documentos de todos que moram na casa do beneficiário: RG, CPF (obrigatório para todos os moradores, independentemente da idade), título de eleitor, carteira de trabalho, comprovante de residência, certidão de nascimento (ou RG para menores de 17 anos) e declaração escolar (para alunos de 6 a 17 anos). O responsável pelo cadastro pode ser qualquer morador do domicílio maior de 16 anos.