Paróquia Nossa Senhora da Assunção, em Cabo Frio, é uma das igrejas mais antigas do Brasil

Por em 11/08/2017

A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção, localizada no coração da cidade, na Praça Porto Rocha, é uma das construções mais antigas e importantes do município. Suas histórias remontam ao século XVII, época do início da construção da Igreja Matriz. Para se ter uma ideia, em termos de comparação, a construção é dezenas de anos mais antiga que as famosas igrejas mineiras.

Em arquitetura típica do estilo jesuítico, com altares barrocos, a igreja conta histórias que se confundem com as páginas que testemunham os quase 402 anos da cidade. Construída inicialmente em devoção à Santa Helena, primeiro nome do então povoado, durante a obra ela foi redimensionada e o templo foi erguido em homenagem à Nossa Senhora da Assunção.

Por abrigar pérolas da arte sacra, a Igreja foi assaltada em 1984 e duas de suas valiosas imagens foram levadas pelos ladrões. A de Nossa Senhora da Aparecida - a segunda de três que vieram de Portugal no século XVII, e a imagem de Nossa Senhora da Conceição, da mesma época, encontrada por um pescador numa gruta de pedras, num lugar conhecido como “Tabuleiro”, em Arraial do Cabo, em 1721. A imagem era feita de madeira nogueira, considerada uma das nobres mais valiosas. Ambas foram levadas em 23 de setembro de 1984. Além das imagens, segundo texto da educadora Elzinha Santa Rosa, “foram roubadas a coroa da padroeira e dois anjos que adornavam a imagem no altar principal, a coroa e o punhal de prata de Nossa Senhora das Dores, a coroa de prata do Senhor dos Passos, três cálices com patenas, dois ostensórios de grande valor histórico, um crucifixo, também do século XVIII, e vários adornos e objetos sacros”.

Uma das curiosidades sobre a estimada imagem de Nossa Senhora da Conceição é que quando foi encontrada pelo pescador, ele a levou para casa e, somente depois de ser aconselhado com o vigário, que a imagem foi transladada com toda a pompa, em cerimônia realizada em 2 de outubro do mesmo ano. Relatos históricos contam que no dia seguinte, a Câmara enviou ao rei D. João V o pedido para construção de um templo também para homenagear Nossa Senhora da Conceição, mas o nobre negou e determinou “que se levantasse capela dentro da Igreja Matriz não despendendo com as obras mais que um conto de réis”. Hoje a Matriz tem uma réplica da mesma.

Ainda segundo o texto de Elzinha Santa Rosa, a Matriz possui algumas “peças de rara beleza onde se destacam a Pia Batismal, a Urna do Santíssimo e as telas dos Quatro Evangelistas. Algumas imagens do século XVII merecem destaque especial: São Francisco de Assis e Santo Antônio de Pádua, em dois nichos na lateral do altar Mor; São José de Botas e Nossa Senhora do Rosário, na capela lateral esquerda; São Joaquim e o Arcanjo Gabriel, na capela da Virgem Aparecida; Sant’Ana, na lateral direita da nave principal, perto da porta de entrada. Nossa Senhora das Dores, o Senhor dos Passos e o Senhor Morto ficam guardados na Capela do Santíssimo e apenas na Semana Santa são colocados em exposição”.

"A celebração da Virgem Maria, com o titulo de Nossa Senhora de Assunção, tem um enorme valor para Cabo Frio porque a historia da cidade e a historia da paróquia não se dissociam, é praticamente a mesma historia. Era a pratica dos portugueses ao fundar uma cidade ali também estabeleciam a vida religiosa daquela cidade. Então é por isso que contamos todos os anos da nossa cidade com todos os anos da nossa paróquia. Durante a semana realizamos a novena sempre às 19h, na Matriz Histórica. E sábado e domingo, na Matriz Auxiliar, às 20h", declarou o padre Marcelo Chelles.

A Padroeira Nossa Senhora da Assunção

Nossa Senhora da Assunção é assim chamada em alusão ao dia em que a Virgem Maria ascendeu ao céu, no dia 15 de agosto. Ela também é conhecida como Nossa Senhora da Glória ou da Guia. A comemoração é originária de Trás os Montes, em Portugal, onde é feriado nacional. Assim como Cabo Frio, diversas cidades no Brasil a têm como padroeira e decretam feriado municipal em devoção à santa.

Programação da Festa

A tradicional festa da padroeira de Cabo Frio, Nossa Senhora da Assunção, será comemorada com uma vasta programação de atividades religiosas, esportivas e de apresentações musicais. A celebração religiosa começou no último fim de semana.

Os shows começam no dia 11 e seguem até o dia 15 na Praça Porto Rocha. A festa é promovida pela Paróquia Nossa Senhora da Assunção com apoio da Prefeitura.

A programação de missas e novenas segue até o dia 15 em horários e dias alternados. Na terça (15) a solenidade será presidida por Dom Alano Maria Pena, Arcebispo Emérito de Niterói.

Na sexta-feira (11) com apresentação da cantora Juliana Feliciano com o Tributo a Rita Lee, e fechando a noite, Jero e Jamantha. No sábado (12) a noite será com Juliana Gorito e convidados do The Voice Kids, logo após a animação fica por conta da Banda NoHall.

No domingo (13), as atividades acontecem durante a tarde com almoço na praça, encenação teatral e show de Oswaldo Guimarães & Trio New Bossa. Na segunda-feira (14) a festa continua com a banda Paixão Nacional. Na terça (15), dia da padroeira, a banda católica Som do Céu anima a noite com muito louvor.

 

Fotos: Pastoral da Comunicação e Cogecom