Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Prefeitura define estratégia para garantir certificação "Bandeira Azul" para a Praia do Peró

Por em 24/03/2017
Uma reunião entre representantes de diversos setores da Prefeitura e da sociedade civil definiu a estratégia de atuação para garantir a certificação do Programa Bandeira Azul para a Praia do Peró. No encontro, realizado na quinta-feira (23), no Hotel La Plage, a tarefa foi dividida em quatro grupos: Educação e Informação Ambiental, Qualidade da Água, Gestão Ambiental e Segurança e Serviços.

“As decisões e ações definidas demonstram o desejo de todos em planejar e oferecer turismo de qualidade com preservação ambiental, além de desenvolvimento econômico e social. Nossa missão é atender às exigências do selo para conquistar a certificação”, explicou o coordenador de Meio Ambiente Eduardo Pimenta.

Segundo ele, é necessário promover iniciativas como educação ambiental na Praia do Peró, segurança, saúde aos usuários, minimizar os impactos ambientais negativos, incentivar ações integradas. Os quatro grupos fazem parte da lista de exigências do programa, composta por 34 itens e, de acordo com Pimenta, a previsão é de que uma comissão venha à cidade em dezembro para avaliar as ações. Ele afirmou ainda que a conquista da certificação faz parte da proposta do plano ambiental do governo de Marquinho Mendes.

Desde que o movimento foi iniciado, esta é a primeira reunião que envolve todos os setores afins para tratar da conquista do selo. Participaram da reunião representantes das Coordenadorias de Meio Ambiente, Planejamento e Postura, órgãos ligados às Secretarias de Desenvolvimento da Cidade e de Mobilidade Urbana, respectivamente.

Estiveram presentes ainda a Guarda Municipal, vereadores da Câmara Municipal, liderados pelo presidente da instituição, Aquiles Barreto; Sindicato dos Hotéis de Cabo Frio; Convention&Visitors Bureau; Associação Comercial, Industrial e Turística (Acia); Conselho Gestor do Projeto Piloto e empresários do trade.

Requisitos para certificação Bandeira Azul

O projeto é considerado uma importante ferramenta de trabalho para o planejamento e ordenamento da nossa região. Os esforços pela obtenção do selo “Bandeira Azul” representam uma forma de promover a cidade, colocando-a na rota internacional do turismo, sobretudo o europeu, onde a certificação é bastante conhecida e conceituada. A qualificação é usada por estes turistas como referência na hora de escolher o destino.

O principal objetivo do programa é elevar o grau de participação e, consequentemente, de conscientização da sociedade e dos gestores públicos quanto à necessidade de proteção dos ambientes marinho, costeiro e lacustre. A proposta é incentivar a realização de ações que conduzam à resolução dos problemas existentes na busca da qualidade e da proteção ambiental. Os critérios de avaliação para que uma praia ou marina seja certificada como Bandeira Azul são divididos em quatro grupos:

1) Educação e Informação Ambiental: o local deve conter sinalização ambiental, informações sobre as atividades de educação ambiental e as normas de conduta na praia ou marina;

2) Qualidade da água: uma praia com Bandeira Azul significa que a água de banho é monitorada em relação a diversos parâmetros (bactérias, coliformes fecais, acidez, óleos e graxas, resíduos sólidos flutuantes, transparência, cor), ou seja, deve ser balneável, além de ter plano de emergência em caso de acidentes;

3) Gestão ambiental: os usuários da praia incluindo gestores públicos, associações de moradores, de comerciantes, de pescadores e qualquer grupo que participe ativamente da praia devem fazer parte do Comitê Gestor da praia. Questões como ordenamento, preservação de ecossistemas sensíveis, gestão do lixo e saneamento, acessos à praia, estacionamento, sanitários públicos, entre outros devem ser abordados pelo Comitê Gestor;

4) Segurança e serviços: trata da infraestrutura e serviços que a praia deve oferecer, como chuveiros, banheiros, guarda-vidas, equipamentos de salvamento e primeiros socorros, plano de emergência contra riscos externos, gestão de conflitos, normas de conduta de utilização da praia, entre outros.

Programa Bandeira Azul – O Programa Bandeira Azul foi criado pela Foundation for Environmental Education (FEE - www.fee.global), uma instituição internacional com integrantes de diversos países. No Brasil, o operador nacional do programa é o Instituto Ambientes em Rede (IAR - www.iarbrasil.org.br). No processo de implantação do programa, a Prefeitura é o agente local guardião da certificação.