Prefeitura interdita loteamentos em Tamoios

Por em 10/11/2017

Agentes das Coordenadorias de Assuntos Fundiários e Meio Ambiente, da Secretaria de Desenvolvimento da Cidade, voltaram a realizar nova operação de fiscalização para coibir parcelamento irregular do solo e ocupação ilegal de áreas públicas e de proteção ambiental. As ações, motivadas por denúncia, aconteceram nesta quinta-feira (9) no Araçá, Botafogo e Maria Joaquina, em Tamoios, e terminaram com dois loteamentos interditados.


SAIBA MAIS:


Fiscalização coíbe construções e ocupações irregulares em áreas de Tamoios

Meio Ambiente substitui vegetação invasora por espécies nativas no Morro do Telégrafo

Domingo tem Feira de Produtos Orgânicos no Horto Municipal


 

O primeiro flagrante foi feito às margens da rodovia Amaral Peixoto, no bairro Botafogo, em Tamoios, onde agentes flagraram a instalação de meios-fios em um loteamento que já havia sido embargado e multado pela Prefeitura por falta de licenças. Os equipamentos de fabricação para as guias de calçada foram apreendidos, o responsável pelo loteamento foi novamente multado e o local foi definitivamente interditado.

 

Em seguida os agentes seguiram para a estrada do Araçá, onde casas estavam sendo erguidas em outro loteamento ilegal. Os responsáveis foram intimados a paralisar a construção e apresentar as devidas licenças. Como não havia documentação e foi constatada a reincidência, os responsáveis também foram multados, e a área interditada.

 

Já em Maria Joaquina, os agentes flagraram o início de loteamento irregular em área de proteção ambiental. As cercas foram removidas, e os mourões e outros materiais doados ao canil municipal, para que sejam utilizados na construção de abrigos para os animais.

 

O secretário de Desenvolvimento da Cidade, Cláudio Bastos, foi novamente enfático ao apoiar as operações. “Nossos agentes estarão percorrendo diariamente as áreas que, sabemos, são mais visadas pelos grileiros de terras, e não economizaremos esforços para coibir, autuar e promover as demolições. Nossa meta é chegar antes mesmo que as casas sejam erguidas para evitar que pessoas incautas sejam enganadas por esses criminosos, que teimam em invadir áreas públicas e de proteção ambiental, tomando-as como suas, promovendo loteamentos irregulares, e lesando não só o município como pessoas que adquirem esses lotes com boa-fé”, salientou.

 

A ação aconteceu um dia após outra operação, também em Tamoios, que flagrou construções e ocupações irregulares no loteamento Verão Vermelho, na Praia de Unamar e nas localidades do Chavão e Parque Veneza.