Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Prefeitura realiza operação ambiental nas praias durante o Carnaval

Por da Redação em 23/02/2017
As Coordenadorias de Meio Ambiente e Assuntos Fundiários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento da Cidade e a Guarda Marítima Ambiental estarão de plantão durante o período de Carnaval coibindo e fiscalizando ações que sejam consideradas nocivas ao meio ambiente em Cabo Frio. 

As ações vão se concentrar na Ilha do Japonês, Praias do Peró, das Conchas, do Forte e no cais do bairro da Passagem. No acesso à Ilha do Japonês e à Praia das Conchas, haverá fiscalização acerca do estacionamento, sendo respeitado o limite de 300 veículos na Ilha do Japonês e 500 veículos para a Praia do Peró.  Em caso de lotação dos estacionamentos, será disponibilizado um espaço alternativo, que não coloca em risco a cobertura vegetal nativa, além de um ônibus tipo “jardineira”, que fará o deslocamento desse local até a Praia do Peró.

O coordenador de Meio Ambiente, Eduardo Pimenta, salienta que as principais ameaças ao meio ambiente durante o período de superlotação do município são os automóveis e o lixo. “A melhor opção para quem quiser frequentar a Ilha do Japonês e a Praia do Peró é utilizar as embarcações que fazem o transporte a esses locais a partir do cais do bairro da Passagem. Haverá agentes fiscalizando essas embarcações e apenas as devidamente credenciadas e com o equipamento completo de salvatagem estarão liberadas pela Guarda Marítima Ambiental para fazer o transporte de banhistas. Pedimos que tanto os turistas quanto a população em geral estejam atentos para colaborar com a limpeza e a tranqüilidade da nossa cidade. Nossa economia sempre foi ligada ao meio ambiente e, efetivamente, temos que cuidar do nosso principal patrimônio” – afirmou.

Sonorização
Haverá, também, ampla fiscalização quanto à utilização de equipamentos sonoros em bares, restaurantes, automóveis e pontos turísticos, com a presença de fiscais equipados com medidores de decibéis. De acordo com a Coordenadoria de Meio Ambiente, em um primeiro momento a ação será de orientação, mas havendo desobediência ou reincidência, os agentes poderão apreender, lacrar ou, até mesmo, suspender o alvará de funcionamento, em caso de estabelecimentos comerciais.

Outros pontos turísticos de Cabo Frio também estarão sob intensa fiscalização, com ações pontuais das equipes dos órgãos envolvidos, e sempre que acionadas por denúncias.

Inscreva-se em nossa Newsletter: