Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Saúde Coletiva tranquiliza moradores de Cabo Frio sobre febre amarela

Por em 26/01/2017
A superintendente municipal de Vigilância em Saúde de Cabo Frio, Lucy Pires, tranquiliza os moradores da cidade sobre a febre amarela. Embora alguns estados estejam registrando aumento de casos da doença, no estado do Rio a situação está sob controle. O município está com estoque adequado da vacina e realiza a imunização nos casos previstos pelo Ministério da Saúde.

“No estado do Rio de Janeiro não há casos da doença, por isso, não é recomendado fazer uso da vacina a qualquer momento. A vacina só é indicada para quem está viajando para alguma área de risco”, afirma Lucy.

Moradores de Cabo Frio que precisem viajar para locais de risco devem solicitar o agendamento nos postos de saúde, com documento que comprove a viagem. A vacinação é gratuita, tem duração de 10 anos e deve ser realizada até 10 dias antes da viagem. As vacinas são encontradas nos seguintes postos de saúde do bairro Praia do Siqueira, do Parque Burle e do Braga.

A vacina geralmente produz alguns efeitos colaterais como febre, dor de cabeça e dor muscular e, em algumas situações, pode vir a causar febre amarela em pessoas que não têm indicação de vacinação, como por exemplo, pessoas com imunossupressão (imunidade baixa). A vacina também é proibida para pessoas com HIV/AIDS, gestante e mulheres em período de amamentação. Pessoas com doenças e todos acima de 60 anos necessitam de prescrição médica.

Uma preocupação dos moradores de Cabo Frio está relacionada à chegada de turistas provenientes de Minas Gerais, um dos estados que vem registrando aumento de casos de febre amarela. Segundo Lucy Pires, as unidades de saúde da cidade estão preparadas para possíveis casos, e não há motivo para que a população se preocupe.

“Os munícipes devem ficar despreocupados, já que a Secretaria de Saúde reestruturou as Vigilâncias Epidemiológica, Sanitária e Ambiental para otimizar as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti e detecção de possíveis casos suspeitos de febre amarela e demais arboviroses como dengue, chikungunya e zika”, reafirmou Lucy.

febre amarela é uma doença infecciosa causada por vírus e é transmitido pelo mosquito Haemagogus nas áreas silvestres e pelo Aedes nas áreas urbanaa.. Os sintomas são: calafrios, dor de cabeça, febre alta, cansaço, dor muscular, náuseas e vômitos. Quem estiver com esses sintomas precisa procurar um médico com urgência.

Inscreva-se em nossa Newsletter: