Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Superintendência da Juventude promove “Grito das Tribos” na sexta (24)

Por em 23/02/2017
Neste fim de semana, os apaixonados por rock terão a oportunidade de participar de um grande reencontro. Trata-se do “Grito das Tribos”, que acontece na Praça de São Cristóvão, na próxima sexta-feira (24), a partir das 19h. O projeto é idealizado pela Superintendência da Juventude, órgão ligado à Secretaria de Turismo, e realizado em parceria com o movimento Juventude Rock. O evento tem por objetivo a união dos grupos urbanos durante o Carnaval e reafirma o caráter pluralista da maior festa popular brasileira.

“No início do rock autoral em Cabo Frio, nos anos 80, os shows eram em São Cristóvão. A última apresentação ali foi em 1992, ou seja, há 25 anos. Vai ser um evento memorável, de retorno e, ao mesmo tempo, revelação de talentos novos da nossa cidade tanto do rock quanto do rap”, contou Jesiel Mesquita, um dos organizadores do evento.

Ao todo serão cinco horas de música e seis bandas para garantir a folia das tribos urbanas: City N,’ Nite (Indie), Clube das Ovelhas Negras (Rock N’ Roll), Eliá (Rap), Goops (Hardcore), Massacria (Rap) e The House of Wolves (Metalcore). A superintendente da Juventude, Daphne Libardi, destacou a parceria com produtores locais e bandas que disponibilizarão equipamentos próprios no espaço liberado pela Prefeitura para as apresentações, sem ônus para os cofres públicos. 

“Esperamos criar um marco, pois fazer um evento com uma pegada mais alternativa em meio à maior festa popular é um grande desafio. A Juventude precisa ter garantidos os espaços públicos da cidade e toda manifestação cultural tem que ser apoiada pelo poder público. Afinal uma cidade boa é uma cidade que abraça a todos”, afirmou Daphne Libardi.

A ampla divulgação da atuação das tribos a outros espaços é o grande destaque deste tipo de iniciativa, na opinião de Wellington Manfredini, um dos organizadores do evento e vocalista da banda Goops.

“Acredito que já era hora da galera do rock e do rap conseguir levar seu trabalho a espaços mais abrangentes de público. Cabo Frio sempre foi berço de várias e ótimas bandas, e muitas delas, infelizmente, não deram continuidade aos seus trabalhos justamente por falta desse tipo de chance. Hoje, depois de muito esforço, felizmente, estão olhando a nossa música com bons olhos e cedendo oportunidades, como essa para que possamos nos divertir e ouvir o que gostamos”, opinou Wellington.


Superintendência cria “Rede Jovem”


Produtores e jovens artistas da cidade terão mais um canal para desenvolver suas atividades: o projeto “Rede Jovem”. A iniciativa consiste no cadastramento de todas as entidades e pessoas que promovem ações voltadas para a faixa etária de 15 a 29 anos.

“Nossa expectativa é fomentar, promover essas ações dentro do que for possível para a Prefeitura. Queremos ser parceiros como acontece com este evento de sexta”, explicou Daphne.

Inscreva-se em nossa Newsletter: