Portal da Prefeitura de Cabo Frio

Trilha aberta ao público atrai frequentadores da Ilha do Japonês

Por em 06/02/2017

A Prefeitura, por meio da Coordenadoria de Meio Ambiente, promoveu no domingo (05), a Trilha do Farol da Lajinha, na Boca da Barra, na Ilha do Japonês. A iniciativa, que faz parte do projeto “Educação Ambiental e Uso Sustentável da Unidade de Conservação da Ilha do Japonês”, atraiu cerca de 20 participantes entre jovens e adultos. Esta foi a primeira trilha do projeto, que tem parceria com a Universidade Veiga de Almeida.

 

De acordo com Antônio Ângelo Marques, um dos responsáveis pelo projeto, a caminhada agradou aos participantes, que foram conduzidos por dois guias. A trilha foi de nível leve e teve duração de cerca de 1h30. Segundo ele, o objetivo da proposta é estimular nas pessoas o interesse pela prática de atividades ao ar livre sem deixar de lado a proteção ambiental.

 

“Os depoimentos dos participantes foram os melhores possíveis e isso é o que nos incentiva à continuidade do projeto. Precisamos tornar pública a importância dessa unidade de conservação, incentivar o uso sustentável e conscientizar os cidadãos para sua preservação. Esse é o objetivo do projeto.  Afinal  ninguém  protege  o que  não  conhece”, avaliou Antônio Ângelo. 


No final da caminhada foram sorteados brindes entre os participantes oferecidos pelo projeto Albatroz, que tem patrocínio da Petrobrás. Segundo Antônio, as próximas etapas do circuito de trilhas da Boca da Barra são o reconhecimento e preparo das trilhas da Praia do Chapéu e Brava com canalização e calendário para visitação guiada. A estimativa é de que em março seja definido todo o restante do projeto, inclusive o calendário com as datas de saída.

 

SOBRE O PROJETO


O projeto “Educação Ambiental e Uso Sustentável da Unidade de Conservação da Ilha do Japonês” foi criado para desenvolver na população uma cultura de utilização dos espaços de preservação de forma consciente e sustentável.

 

Para isso, junto com as trilhas e ações de educação ambiental, o projeto também realiza mais duas iniciativas: entrega de selo adesivo de apoio ao uso e preservação ambiental, além de pesquisa sobre o perfil dos frequentadores da ilha.

 

A partir dos dados colhidos, a ideia é elaborar propostas com atividades e programa de conscientização conforme as características dos usuários do local. O selo é uma parceria da Prefeitura com a Prolagos, concessionária de água e esgoto da região.  

Inscreva-se em nossa Newsletter: