Vigilância Ambiental reforça o combate ao Aedes aegypti

13/03/2018

As equipes da Vigilância em Saúde Ambiental de Cabo Frio seguem trabalhando no combate ao mosquito Aedes aegypti em toda a cidade. Para reforçar a ação, esta semana as equipes se dividiram em atuação nos dois distritos, com dois carros e seis motofogs. Uma parte dos agentes iniciou a visitação em Santo Antônio, no distrito de Tamoios, com aplicação de larvicidas nos charcos alagados às margens da Rodovia Amaral Peixoto.


SAIBA MAIS

Cabo Frio continua vacinando contra a febre amarela

Cabo Frio intensifica campanha contra dengue, zika e chikungunya


Além disso, os agentes também atuam no saneamento ambiental. Na ação são utilizados carros e motofogs que pulverizam repelente natural de citronela, uma planta que possui propriedades insetífugas, mantendo todos os tipos de mosquitos afastados.

A médica Andreia Nogueira, coordenadora da Vigilância em Saúde Ambiental no município, explica o funcionamento do serviço. “Seguimos protocolos e notas técnicas emitidas pelo Ministério da Saúde, onde se preconiza o não uso de inseticidas piretroides, que foram as primeiras armas usadas no combate do mosquito Aedes aegypti. O uso indiscriminado destes produtos fez com que o mosquito criasse resistência a vários inseticidas. Além disso, o veneno mata os mosquitos, mas também abate seus predadores. Então, nos dias atuais, a orientação do Ministério da Saúde é para a utilização deste tipo de inseticida só nos casos de epidemias. Por isso, estamos utilizando este repelente natural à base de essência de óleo de citronela”.

Depois de uma interrupção, o combate foi retomado na sexta-feira (2), no Guarani. Na semana passada, uma equipe atuava em Tamoios, enquanto outra equipe visitava bairros da cidade. Desde terça-feira (6), a programação incluiu Jardim Esperança, Vila do Ar, Porto do Carro, Fazenda Jardim Peró, Reserva do Peró, Caminho de Búzios e Tangará. Nas próximas semanas os demais bairros dos dois distritos da cidade também serão atendidos.

Andreia Nogueira reforçou que toda a população deve continuar também fazendo sua parte no combate ao Aedes aegypti. “Preconizamos mais o trabalho de conscientização e informação da população para que todos participem da prevenção e combate a possíveis focos do mosquito. As recomendações sobre como evitar deixar água parada, tampar ralos e caixas d’água são importantes”, explicou.

ESCALA DO FUMACÊ DE CITRONELA DESTA SEMANA

Terça - 13/03
Palmeiras
Praia do Siqueira/Sal Cisne
Ilha da Conceição
Jardim Olinda
Parque Burle
Jardim Caiçara


Quarta - 14/03
Portinho
Novo Portinho
Jardim Excelsior
Ville Blanche
Jardim Flamboyant
Itajuru

Quinta - 15/03
Braga
Vila Nova
Algodoal
Centro
Passagem