Prefeito Dr. Adriano Moreno não permite interdição do Hospital da Mulher


Carta de intenções foi assinada para cumprir determinações feitas pelo órgão em 2015

 

O prefeito de Cabo Frio, Dr. Adriano Moreno, foi pessoalmente ao Hospital da Mulher para impedir que o mesmo fosse interditado por representantes do Cremerj. Recebido pela população, que em coro gritava “não fecha, não fecha”, o prefeito negociou com representantes do órgão a manutenção das atividades do Hospital.

“Essa interdição foi por conta de uma vistoria realizada em 2015 e por determinações que estão sendo cumpridas. A lista contém 19 determinações e nós, em um ano, cumprimos sete. Não podemos permitir que uma unidade tão importante seja impedida de funcionar”, disse o prefeito.

Uma carta de intenções foi assinada pelo prefeito, pelo secretário de Saúde, Márcio Mureb, pela direção do Hospital e pelo representante do Conselho Municipal de Saúde, Gelcimar Almeida.  O documento será apresentado nesta noite, na sessão do Cremerj, na cidade do Rio de Janeiro.

Aclamado pela população presente, o prefeito Dr. Adriano informou que, apesar de todos os problemas, os cidadãos reconhecem a  importância da saúde municipal.

“O povo se revoltou porque sabe que, mesmo com todas as lutas, o Hospital da Mulher é fundamental não só para Cabo Frio, como para toda a Região dos Lagos. Eu não podia permitir que ele tivesse as atividades interrompidas”, concluiu o prefeito.

O Hospital da Mulher continua funcionando normalmente.

 

DestaqueNotíciasSaúde

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: