Prefeitura trabalha no acolhimento à população em situação de rua no inverno


Com a chegada do inverno, a Prefeitura de Cabo Frio colocou em prática o Plano de Contingência para Situações de Baixa Temperatura. O atendimento à população em situação de rua na cidade foi intensificado. Duas equipes formadas por  psicólogos, assistentes e orientadores sociais percorrem locais estratégicos do município com abordagens em dois horários: das 14h às 17h e das 18h às 20h.

O plano é coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e da Mulher, por meio da Superintendência de Proteção Social Especial e terá vigência até o mês de setembro. Durante todo o período, as equipes atuarão em estado de observação e entrarão em ação nos dias em que a temperatura ou sensação térmica atingirem 19°.

O objetivo das abordagens é oferecer os serviços da Casa de Passagem, que aumentou provisoriamente o número de acolhidos. No local, são oferecidos alimentação, higienização e pernoite. As pessoas que não desejam o acolhimento são orientadas de como prevenir hipotermia e como obter agasalhos no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). Para triagem, as pessoas em situação de rua podem se dirigir  à sede do Creas, entre 8h e 17h, localizado na Rua Alemanha, 132, Jardim Caiçara. Em seguida, elas serão encaminhadas à Casa de Passagem. Para ser acolhida, é necessário preencher um cadastro e passar pelo atendimento com a equipe técnica de psicólogos e assistentes sociais.

“Temos capacidade para acolher 20 pessoas e um núcleo familiar, mas garantimos que durante o período de frio, de baixas temperaturas, não deixaremos de atender quem precisar de acolhimento e orientação” Kathleen Teixeira, superintendente de Proteção Social Especial. 

Na próxima quarta-feira (17), os órgãos envolvidos vão se reunir com representantes de igrejas e organizações sociais para traçar estratégias conjuntas de atuação. A reunião acontece na Casa da Passagem, que fica na Rua Curitiba, nº 4, Jardim Olinda, às 9h, e é aberta para instituições interessadas em colaborar.

A população poderá ajudar a mapear pessoas em situação de rua, enviando um e-mail para creascabofrio@gmail.com. É importante que a mensagem contenha endereço com ponto de referência, se a pessoa está fixada no local ou em movimento.

 

Assistência SocialDestaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE