Categorias
Destaque Notícias Serviços Públicos

Operação tapa-buraco utiliza 250 toneladas de massa asfáltica nesta terça (4)

Produto será aplicado nos bairros Parque Burle, Jardim São Francisco, Boca do Mato, Peró e no distrito de Tamoios

A Prefeitura de Cabo Frio realiza nesta terça (4) a operação tapa-buracos, que prevê a utilização de cerca de 250 toneladas de massa asfáltica. A ação hoje é dividida em três partes: nos bairros Parque Burle, sendo Rua Roberto Silveira e adjacentes; Boca do Mato e Estradinha; na Avenida dos Pescadores, no Peró; além da Rua das Capivaras em Tamoios.

As equipes realizaram ainda troca de manilha da Avenida Teixeira e Souza e na Rua Angustura, no bairro Célula Mater; colocação de duas grelhas de ralo na Rua da Integração em frente a entrada do bairro Colinas do Peró; levantamento do tampão na Avenida Ézio Cardoso da Fonseca, em frente a casa de doce, e instalação de um novo em frente a banca de jornal, além de preparação para colocação de asfalto na Rua Rosalina Cardoso da Fonseca, na Boca do Mato. Os agentes também atuaram na Avenida dos Pescadores, no Peró.

Desde novembro do ano passado, diversos pontos em Cabo Frio vêm recebendo a ação. Bairros como Braga, Parque Burle, São Cristóvão, Recanto das Dunas, Manoel Corrêa, bem como trechos da Estrada do Guriri e de Búzios, no Jardim Esperança, a partir do trevo da Ogiva até o Instituto Federal Fluminense (IFF) nos dois sentidos; e na Estrada de Búzios, do Trevo do balneário até a Boca do Mato, em ambos sentidos.

A equipe também atuou na Rua do Valão do Centro até a altura do condomínio Minha Casa, Minha vida, ida e volta; Rua Milton Peçanha; Rua Paraná até a Estrada de Búzios; Rua Ismael Siqueira; Rua D. Paulo da Silva; Rua Américo Cardoso da Fonseca; Rua Manoel Gomes dos Santos; parte da Rua Ézio Cardoso Fonseca, bem como as ruas asfaltadas do Minha Casa, Minha Vida.

Os agentes da Secretaria de Obras e Serviços Públicos também percorreram locais como Itajuru, Vila Nova, Portinho, Jardim Caiçara, Rua Geraldo Abreu, Rua Itajuru, Rua Júlia Kubitschek até o largo Santo Antônio, Rua Major Belegard até a Colônia dos Pescadores, Rua Henrique Terra até a Avenida Excelsior, Rua Francisco Paranhos e Rua João Pessoa até os quiosques novos da orla da Praia do Forte.

Categorias
Destaque Mobilidade Urbana Notícias

“Cabo Frio Rotativo” registra quase 60 mil veículos no primeiro mês de funcionamento

A forma de pagamento mais utilizada foi o parquímetro

Em um mês de funcionamento do novo sistema de estacionamento “Cabo Frio Rotativo”, o município já percebe uma melhoria significativa na organização dos veículos nas áreas abrangidas. Entre os dias 1º e 30 de janeiro, o serviço foi utilizado 59.669 vezes.

A forma de pagamento mais utilizada foi por meio dos parquímetros eletrônicos, que somam 70%, seguido dos pontos de vendas com 20%, e 10% pelo aplicativo DigiPare.

O “Cabo Frio Rotativo” foi implementado em 1 de janeiro de 2020, trazendo uma tecnologia inovadora para o município, que auxilia na gestão e na organização das vagas de estacionamento. Uma das novidades é que as taxas podem ser pagas pelo aplicativo “DigiPare”, que pelo smartphone é possível preencher com os dados da placa e o tempo que deseja permanecer nas vagas. Outra facilidade, que permite ao condutor realizar o pagamento de forma prática, são os parquímetros, que estão distribuídos em 43 unidades pela cidade, e possuem um sistema para inserir moedas e fazer pagamentos por débito e/ou crédito, sem que precise ir até um agente de cobrança.

Considerando a Lei nº 2.811 de 12 de fevereiro de 2016, é regulamentado que os veículos emplacados em Cabo Frio estão isentos de taxas referentes aos estacionamentos rotativos no município. Os demais veículos, que não são emplacados na cidade, pagam as taxas normalmente, no valor de R$2,00 por hora. Neste primeiro mês, foram 4644 veículos notificados. Vale advertir que, o condutor do veículo notificado terá que regularizar até as 23h59min do mesmo dia da notificação, com o valor de R$2,00 a cada hora excedida. Após este horário, o aviso de regularização será de R$32,00 até o término do próximo dia útil. Em caso de não efetuar o pagamento, o condutor estará sujeito à multa, conforme o artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro.

“Cada vez mais as pessoas estão entendendo a importância e a funcionalidade desse novo sistema, e isso tem trazido benefícios para os condutores, como ganho de tempo e organização nos estacionamentos rotativos da cidade”, afirmou Everaldo Loback, secretário de Mobilidade Urbana.

Para tirar dúvidas, é possível entrar em contato com a Central de Atendimento pelo número de telefone (22) 2040-1349, que funciona das 8h às 19h, todos os dias.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Prefeitura de Cabo Frio realiza primeiro LIRAa de 2020

Previsão é de que o resultado seja divulgado na segunda quinzena de fevereiro

A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Coordenadoria de Vigilância em Saúde Ambiental da Secretaria de Saúde do município, realizou o primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2020, que norteará as ações de combate ao mosquito. A previsão é de que o resultado seja divulgado na segunda quinzena de fevereiro.

De acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde, a recomendação é de que o município realize quatro LIRAa’s anuais, que analisa, por meio de estudos estatísticos e probabilidade, a possibilidade de proliferação do mosquito e, consequentemente, de uma epidemia, e orienta nas medidas de prevenção e combate ao vetor.

Pelas normas do MS o ideal é que o índice de infestação predial do mosquito esteja abaixo de 1% para ser considerado satisfatório. Se a taxa estiver entre 1% e 3,9% é considerado estado de alerta e percentual acima de 3,9% o órgão federal classifica como risco de surto das doenças transmitidas pelo mosquito: dengue, zika e chikungunya.

“O período chuvoso que predomina nos meses iniciais do ano são favoráveis para reprodução e proliferação do mosquito. Por isso, é fundamental que cada pessoa faça sua parte e não deixe acumular água em nenhum tipo de recipiente, seja tampa de refrigerante, prato de planta, garrafas, pneus, piscinas ou caixas d’água descobertas, casca de ovo, enfim, qualquer pequeno acúmulo de água é suficiente para que o mosquito deposite os ovos”, orientou Andreia Nogueira, coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental, acrescentando que o LIRAa indica ainda em quais bairros predominam os focos do mosquito.

Segundo ela, os principais pontos propícios ao vetor são o lixo residencial dispensado de forma não apropriada e em locais inadequados, fossas mal cuidadas, entre outros, e que “o lixo que produzimos todos os dias em nossas casas, é bem heterogêneo, formado por papel, metais, plásticos, vidros e restos de alimentos (matéria orgânica)” requer atenção de cada cidadão na hora do descarte.

Categorias
Administração Destaque Notícias

Cabo Frio adere ao Programa Municipal de Incentivo às Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos

Objetivo é promover a descentralização de atividades e serviços desempenhados por órgãos ou entidades públicas municipais

A Prefeitura de Cabo Frio aderiu ao Programa Municipal de Incentivo às Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos. A Lei nº 3.148 foi sancionada pelo prefeito Dr. Adriano Moreno e divulgada no jornal de publicações oficiais do governo nesta segunda-feira (3). O Programa será coordenado pela Secretaria Municipal de Gestão Institucional (Segins) e tem por objetivo descentralizar atividades e serviços prestados por órgãos ou entidades públicas municipais, mediante a participação de entidades qualificadas como OS. Acesse a lei na íntegra aqui.

“A proposta da lei é incentivar a criação de instituições sem fins lucrativos, que formam o terceiro setor da economia, e fomentar a atuação do setor privado em conjunto com estas ong e, desta forma, colaborarem com o governo na prestação de serviços de caráter público no âmbito da esfera social”, explicou Eduardo Kauê Vatimo Salgado.

A lei dispõe sobre a qualificação de entidades sem fins lucrativos, como Organizações Sociais (OS) e Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), que pleiteiem a celebração de contrato de gestão com órgãos da administração pública municipal. A escolha para celebração do contrato será realizada por meio de publicação de edital de chamamento público, que detalhará os requisitos para participação e os critérios para seleção dos projetos.

Nesta qualificação poderão participar entidades de ensino; pesquisa científica, desenvolvimento tecnológico e institucional; proteção e preservação do meio ambiente; saúde; valorização do trabalho e promoção da integração ao mercado de trabalho; à assistência social; à atenção à criança, ao adolescente e ao idoso; ao incentivo, valorização e difusão da cultura, do desporto e do turismo; ao fomento da produção agropecuária.

Além da descentralização dos serviços, a proposta é estabelecer vínculo de cooperação entre o poder público e as entidades qualificadas como Oscip. Poderão ser qualificadas as pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, que tenham sido constituídas e se encontrem em funcionamento regular há, no mínimo, 1 (um) ano, desde que os respectivos objetivos sociais e normas estatutárias atendam aos requisitos instituídos por esta lei.

A pessoa jurídica interessada deverá formular requerimento, por meio de processo administrativo, dirigido à Secretaria Municipal de Gestão Institucional, instruído com cópias dos seguintes documentos: estatuto registrado em cartório; ata de eleição de sua atual diretoria; balanço patrimonial e demonstração do resultado do exercício; declaração de isenção do imposto de renda; inscrição no Cadastro Geral de Contribuintes; inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas; declaração de estar em regular funcionamento há, no mínimo, 1 (um) ano, de acordo com as finalidades estatutárias.

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Forró na Praça vai arrecadar doações para Minas Gerais

As aulas colaborativas acontecem toda terça-feira na Praça da Cidadania

O Projeto Forró na Praça, que ocorre todas as terças-feiras na Praça da Cidadania no formato de aulas colaborativas, terá motivação especial na edição do dia 4. Com viés solidário, a equipe do evento vai coletar mantimentos e roupas para as vítimas das enchentes que atingiram o Estado de Minas Gerais na última semana. Todo o material arrecadado será entregue ao 18º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), posto de arrecadação oficial no município.

As doações poderão ser entregues também na quarta-feira (5) durante o baile Forró do Forte, que acontece a partir das 20h30, uma extensão do projeto das terças-feiras em que os participantes praticam o que foi aprendido no dia anterior. Ambos os encontros acontecem na área ao lado do Museu do Surf.

“O objetivo é atrair o público que frequenta a praça para arrastar o pé com o ritmo que vem ganhado cada vez mais força na região”, reforça Marina Malta, produtora do evento.

Segundo o professor João Luiz Antunes, a ideia é que o espírito colaborativo das aulas se estenda além das fronteiras entre cidades.

“Muitas pessoas perderam tudo e isso nos sensibilizou. Buscamos pontos de coleta em Cabo Frio e descobrimos que o Corpo de Bombeiros está recebendo as doações. O que pedimos não é apenas mantimentos, mas também roupas de adultos e crianças, roupas de cama e o que mais puderem doar”, explicou o professor.

A Praça da Cidadania fica localizada na Rua Aníbal Amador do Vale, no bairro Algodoal.

Categorias
Destaque Notícias Obras Serviços Públicos

Prefeitura de Cabo Frio retoma as obras na via de acesso ao bairro Peró

Por medida de segurança, os serviços foram paralisados durante a alta temporada, período de grande fluxo de veículos na localidade. Todo acesso ao Peró está fechado pela avenida principal

A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos em parceria com a Guarda Civil Municipal, retomou nesta segunda-feira (03), as obras de recapeamento nas vias de acesso ao bairro Peró. As atividades foram iniciadas em dezembro, no entanto, por medida de segurança, durante a alta temporada os serviços foram suspensos devido ao grande tráfego de veículos na localidade.

O recapeamento será de cerca de 12 quilômetros até a Praia do Peró. O trabalho tem início na Praia das Conchas e vai até a rua das Arraias, nesta segunda-feira (3).

Motoristas e pedestres devem ficar atentos, já que a entrada para a Praia das Conchas até a Praia do Peró, na altura da Bandeira Azul, ficará em meia pista para o trânsito e a outra metade para a execução dos trabalhos. Todo acesso ao Peró está fechado pela avenida principal. Por isso, o trânsito de veículos sentido Peró-Centro deverá ser feito pelo trevo de Cajueiro/Búzios e prosseguir o itinerário normal.

A primeira etapa da obra aconteceu na via de acesso ao bairro Peró, que vai desde a Praça da Gamboa, na altura do posto de gasolina, até a orla da praia.

A estimativa é de que a operação seja concluída até a próxima sexta-feira (7), caso não chova.

Categorias
Destaque Esportes Notícias

Cabofriense enfrenta Macaé buscando sequência de vitórias

Vitória pode fazer o time subir na tabela de classificação

A Cabofriense enfrenta logo mais, às 16h, o Macaé, pela 5ª rodada do Campeonato Carioca, no estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo. Embalado pela vitória contra o Vasco por 1 a 0 na última rodada, o tricolor praiano vê a partida como fundamental para sua reabilitação na disputa.

Com três pontos em quatros jogos, uma vitória fará o time subir na tabela de classificação. “Esse jogo contra o Macaé é de fundamental importância para nossa recuperação no campeonato. Sabemos que eles tem um bom time, por isso temos que ter bastante atenção. A vitória contra o Vasco deu um ânimo a mais e espero que possamos conquistar outra vitória”, disse o goleiro George.

A Cabofriense encerra a participação na Taça Guanabara no próximo domingo (9), às 16h, no Correão. Será a segunda partida do tricolor praiano no estádio Municipal.

Categorias
Destaque Governo Notícias

Homenagem a Yemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes na Praia do Forte

Ato religioso ocorreu no domingo (2) no Canto do Forte

Cerca de 150 pessoas participaram, neste domingo (2), da homenagem à Yemanjá e Nossa Senhora dos Navegantes, organizada pelas Comunidades Tradicionais de Matriz Africana Ilê Ase Parque São Jorge, Ilê Ase Olufon Deiy e Tenda Umbanda Caboclo Sultão das Matas, da Umbanda e da Igreja Católica Brasileira de São Jorge no Canto do Forte. A comemoração completou 15 anos.

O ato religioso teve início com uma carreata que partiu do Ilê Ase Parque São Jorge contando com 17 carros. No local, os devotos fizeram oferendas durante a cerimônia religiosa com toque de Umbanda em louvor a Iemanjá. Os fiéis da Igreja Católica Brasileira celebraram Nossa senhora dos Navegantes com Missa. Às 17h30, o Sire de Candomblé encerrou as homenagens, com a saída do presente para ser entregue ao mar.

“O evento foi extremamente organizado, leve e muito religioso. Abraçamos todas as pessoas, independente do credo. Levamos nossa homenagem ao ponto turístico mais famoso da cidade a comemoração dos 15 anos da nossa festa a Iemanjá. Agradecemos a Prefeitura, a Coordenadoria, e empresas parceiras pela magnífica estrutura que nos proporcionaram”, comentou André Luís Matias um dos organizadores do evento e Otun Ase do Ilê Ase Parque São Jorge.

Durante o evento, o público presente pode conhecer mais sobre o aspecto cultural e histórico que envolvem a tradição religiosa. Entre as atividades afoxé, samba de roda, jongo, apresentação de ritmos e danças do candomblé.

“As manifestações religiosas são parte da tradição cultural e religiosa do município. Esse ano a Prefeitura apoiou institucionalmente o evento através da Coordenadoria-Geral de Promoção da Igualdade Racial (Cogepir). O governo do prefeito Adriano Moreno se orgulha de trabalhar para que esses direitos sejam respeitados e valorizados”, comentou o secretário de Governo, Miguel Alencar.

Categorias
Cultura Destaque Governo Notícias Sem classificação

Yemanjá é homenageada em Praia de Aquarius, no distrito de Tamoios

Ilê Omo Oyá realiza ato religioso com apoio da Prefeitura de Cabo Frio

Com muita vibração positiva e axé, o Ilê Asè Omò Oyá realizou na tarde deste domingo (2) a entrega do presente à Yemanjá. Dezenas devotos da Rainha do Mar estiveram presentes tanto no ato religioso como na brincadeira de jongo, samba de raiz que é desenvolvido na casa de candomblé, dentro do projeto social Omo Oyá. A Prefeitura de Cabo Frio, pela Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial (Cogepir) ofereceu apoio logístico e de segurança. O evento foi realizado na Praia de Aquarius, em frente ao Ginásio Poliesportivo.

“Pretendemos buscar a união e respeito a nossa cultura. Com o apoio da Cogepir conseguimos fazer a celebração na praia. Além do presente à Yemanjá, houve apresentação de samba de roda e jongo”, detalhou a yalorixá Cleide Padilha Fuly.

A coordenadora-geral da Cogepir, Rafaela Oliveira acompanhou ainda a homenagem realizada pela manhã na Praia do Forte.

“Neste ano mais uma vez temos apoiado o presente para Yemanjá. É importante porque a Cogepir é responsável pela valorização e respeito às tradições de matriz africana, dos povos tradicionais. É nossa obrigação zelar por essa tradição, pelas comunidades. O prefeito Dr. Adriano se empenha pessoalmente em cumprir e incentivar a manutenção viva das tradições de nossas raízes, da nossa cultura”.


Na oportunidade Rafaela Oliveira lembrou que no dia 21 de março, declarado Dia Mundial contra o Racismo, com ação itinerante na Praça Porto Rocha e Tamoios. Na oportunidade haverá debates, palestras que abordem o preconceito racial e social. Em fevereiro a Cogepir em parceria com a Cruz Vermelha realizará ação nas comunidades quilombolas da cidade. E em 25 de julho haverá o prêmio Luiz Marin na cidade de Cabo Frio.


Projeto Omozinho


A professora de capoeira e de cultura brasileira, Claudia Krastrup promoveu logo após ao presente, uma roda de jongo e de samba de roda. Ela ministra aulas de dança e capoeira dentro do projeto social Omozinho, que a casa de candomblé mantém atendendo crianças e adultos.

“A ideia é levar a cultura brasileira tradicional para dentro do ilè, com o jongo, o samba de roda, o maculelê e a capoeira”. Cláudia ainda é uma das organizadoras do Reconcalagos, um grupo de dança que tem como princípio o estudo e divulgação das danças de roda na região.

Categorias
Destaque Educação Sem classificação

CANCELADO – Processo Seletivo Simplificado

A Secretaria Municipal de Educação informa o cancelamento dos editais n.º 001/2020 e n.º 002/2020 referentes ao Processo Seletivo Simplificado, publicados no dia 31 de janeiro de 2020.