Categorias
Destaque Mobilidade Urbana Notícias

Canal Itajuru recebe a primeira “varanda urbana”, em Cabo Frio

Desde outubro, empresários podem implantar a iniciativa em frente aos seus empreendimentos comerciais

Um restaurante na orla do Canal Itajuru instalou a primeira “varanda urbana” em Cabo Frio. Sem ônus algum ao município, a implementação da “mini praça” foi possível por conta do Decreto nº 6.676, assinado pelo prefeito José Bonifácio no mês de outubro, que regulamentou a instalação e o uso da extensão temporária de passeio público na cidade.

Criadas originalmente com o nome de “parklets”, as varandas urbanas ocupam o lugar de uma ou duas vagas de estacionamento em vias públicas. Elas são uma extensão da calçada e funcionam como um espaço público de lazer, aberto à utilização de qualquer pessoa, não podendo ser usado com exclusividade pelo seu mantenedor.

O projeto busca contribuir com o paisagismo e a mobilidade urbana do município, estimulando que a iniciativa privada implante e faça a manutenção de um equipamento em frente aos seus estabelecimentos comerciais. Elas podem possuir bancos, mesas, palcos, floreiras, lixeiras, paraciclos, entre outros elementos de conforto e lazer.

INSTALAÇÃO DAS VARANDAS URBANAS

O projeto para a instalação da varanda urbana deverá atender as normas técnicas de acessibilidade (NBR 9050/2020), as diretrizes estabelecidas pelo Plano Municipal de Mobilidade Urbana (Lei nº 3.034, de 2019), o Plano Diretor e suas leis complementares, aos requisitos dispostos no Decreto, além das normas estabelecidas nas demais legislações vigentes.

O requerimento de instalação e manutenção da varanda urbana deverá ser formulado através de um processo administrativo, que precisa estar acompanhado do projeto de instalação a ser executado pelo interessado. Para isso deve conter planta de localização, além de fotografias que mostrem o lugar da instalação; memorial descritivo e disposição dos equipamentos que serão alocados; descrição do atendimento aos critérios técnicos de instalação, manutenção e remoção da varanda urbana, conforme disposto no decreto e nas demais normas aplicáveis.

Cumpridos todos os requisitos e verificada a conveniência e oportunidade da instalação, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana convocará o interessado para assinar um Termo de Compromisso. A varanda ficará instalada por três anos no local, podendo ter sua permanência prorrogada por iguais e sucessivos períodos enquanto permanecerem presentes o interesse público e a conveniência da cooperação.

Não há um projeto padrão e único para as varandas urbanas. Cada projeto pode e deve apresentar características próprias que permitam uma melhor adequação ao local de instalação, valorizando usos existentes e propondo novos.

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Charitas recebe atividades gratuitas durante todo o mês de dezembro

A programação inclui apresentações e exibições literárias, artesanato, gastronomia, entre outras ações

A Casa de Cultura José de Dome (Charitas) está com a agenda recheada de atividades para o mês de dezembro. A programação inclui exibição de documentário, roda de samba e jongo, artesanato, gastronomia, lançamento de livros, música, mostra de fotografia, entre outras atividades. Todos os eventos são gratuitos, respeitando os protocolos sanitários da pandemia da Covid-19.

Nesta quinta-feira (02), a partir das 19h, será realizada uma homenagem aos 160 anos do falecimento de Teixeira e Sousa, patrono da Academia Cabo-friense de Letras. Na ocasião, será promovida a publicação do romance “Antologia Digital 2021”, além do lançamento do romance “A Providência”. Também será realizada a apresentação do livro infantil “Teixeira e Sousa para Crianças”, da acadêmica Rosana Andréia.

Já na sexta-feira (03), o corredor da Casa de Cultura recebe muito artesanato local e gastronomia a partir das 15h. Ainda na sexta, terá a exibição do documentário “O que te move?”, por Ana Carolina da Silva, além de roda de jongo e samba. As ações fazem parte do Edital “Dona Uia”, que faz parte de uma das exigências da Lei Aldir Blanc de auxílio emergencial ao setor cultural.

No domingo (05), o Charitas vai receber o lançamento do romance “Laços de Alma”, primeiro livro físico da escritora cabo-friense Ludmila Lopes. A noite de autógrafos começa às 19h. Além do lançamento, o espaço também estará aberto para quem quiser cantar e declamar poesias. No final da atividade também será oferecido um coquetel ao público presente.

O “Culturas e Curas”, que leva para a população atividades voltadas ao bem-estar, acontece todas às segundas-feiras, com aula de yoga às 8h15; doação de deeksha às 9h, e cristaloterapia a partir das 10h. Na parte da tarde, depois das 15h, tem uma roda de conversa sobre temas como terapia alternativa e filosofia do sagrado feminino, pouco antes de mais aula de yoga, às 16h. Não há necessidade de fazer inscrição, basta chegar no horário indicado.

Terça-feira (07), o Coletivo 3Dumar se apresenta na escadaria do Charitas a partir das 16h. No dia 9, quinta-feira, a partir das 15h, tem artesanato local e gastronomia. Às 17h será realizada a Oficina do Gira Vinil. Depois das 19h acontece o lançamento literário do “Flow por Grafia”, da escritora Taz Mureb.

Confira a programação completa com datas e horários:

Dia 02/12 – 19h – Homenagem aos 160 anos do falecimento de Teixeira e Sousa, patrono da Academia Cabo-friense de Letras com as publicações:
-“Antologia Digital 2021” – Pelos Membros da ACL
-“A Providência” – Romance de Teixeira e Sousa – Por Rose Fernandes
-“Teixeira e Sousa para crianças” – Livro de Rosana Andréa

Dia 03/12 – Artesanato e Gastronomia: a partir das 15h – Corredor das Artes
17h às 20h: Exibição do Documentário “O que te move?” – Por Ana Carolina da Silva

Roda de Samba

Roda de Jongo
(Contrapartida do Edital Municipal Dona Uia)

Dia 05/12 – 19h: Lançamento Literário “Laços de Alma” – Escritora Ludmila Lopes

Dia 06/12 – Culturas e Curas

8h15 – Aula de Yoga

9h – Doação de Deeksha

10h – Cristaloterapia

15h – Roda de Conversa

16h – Aula de Yoga

Dia 07/12 – Coletivo 3Dumar – Apresentações:
16h – Escadaria do Charitas
18h30 – Transmissão de Live (Salão Principal)
(Contrapartida da Lei Aldir Blanc)

Dia 09/12 – Artesanato e Gastronomia”- a partir das 15h: Corredor das Artes

Lançamento Literário “Flow por Grafia” – Escritora Taz Mureb
-17h – Oficina Gira Vinil
-19h – Leitura do Livro e Autógrafos

Dias 10 e 11/12 – a partir das 15h: Mostra de Fotografias de Skate – Corredor das Artes – Gastronomia – Dj’s

Dia 12/12 – 15h às 18h: Oficina “O Caminho da Casa”

19h – Cia Vapor 2ª Edição

20h às 21h – Apresentação “Fluxo: Cantigas e Poemas Encantados “ (Contrapartida da Lei Aldir Blanc)

Dia 13/12 – Culturas e Curas

8h15 – Aula de Yoga

9h – Doação de Deeksha

10h – Cristaloterapia

15h – Roda de Conversa

16h – Aula de Yoga

Dias 16 e 17/12 – Corredor das Artes Especial de Natal

Dia 20/12 – 8h às 16h: Culturas e Curas Especial de Fim de Ano

8h15 – Aula de Yoga

9h – Doação de Deeksha

10h – Cristaloterapia

15h – Roda de Conversa

16h – Aula de Yoga
A partir das 18h – Apresentação Musical Coletivo Rodrigo e Lia Dupla (Contrapartida da LAB)

De 22/12 até 17/01 – 19h – Exposição de aquarelas “Retratos do Mundo Flutuante” – por Helmo SantosAbertura com a Cia Vapor de Teatro e Dj Mizuh

Categorias
Boletim COVID-19 Destaque Notícias Saúde

BOLETIM COVID-19 [02/12/2021]

A Prefeitura de Cabo Frio divulga, nesta quinta-feira (02), os dados da Covid-19 no município.

  • Óbitos em 24h: 0
  • Óbitos nos últimos 30 dias: 9
  • Total de Óbitos: 902
  • Internação
  • UPG/UTI
    Público: 1
    Privado: 0
  • Enfermaria
    Público: 0
    Privado: 1

O governo municipal informa que os dados epidemiológicos estão sujeitos à revisão, e disponibiliza seção exclusiva com o conteúdo oficial referente a boletins, notícias, comunicados, notas e informativos sobre a situação do coronavírus no município por meio do link www.saude.cabofrio.rj.gov.br.

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Prefeitura de Cabo Frio reabre parcialmente o Teatro Municipal para ensaios, reuniões e oficinas

Prédio ainda segue em obras, mas já tem condições de receber pequenos eventos previamente agendados

A Prefeitura de Cabo Frio reabriu, nesta semana, o Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb, no Algodoal. Depois de mais de três anos fechado, o espaço voltou a funcionar, de forma parcial, para a realização de ensaios, reuniões e oficinas, de segunda a sexta-feira. Os artistas que quiserem utilizar o teatro para esses tipos de eventos, podem procurar a secretaria para fazer a reserva, no horário comercial, das 8h às 17 horas.

De acordo com a diretora do Teatro Municipal, Rafaela Solano, apesar do prédio ainda estar passando por reformas e precisar de outras intervenções, já é possível reabrir as portas para que pequenos eventos sejam realizados.

“A reforma do teatro continua e estamos atentos a todos os detalhes, cobrando da empreiteira o cumprimento do que está estabelecido no contrato. Essa obra foi iniciada em 2019 e era para ser executada em 120 dias, mas se arrasta até hoje. Além disso, o prédio ficou por muito tempo sem manutenção, o que agravou o estado de algumas áreas. Mas estamos trabalhando para acertar todas as pendências. A energia elétrica foi religada e com isso foi possível a reabertura do teatro para receber pequenos eventos como reuniões, oficinas e ensaios”, explica Rafaela Solano.

REUNIÕES DO FALA CULTURA

As reuniões das câmaras setoriais do Conselho Municipal de Cultura já estão sendo realizadas no Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb. O objetivo do projeto, intitulado “Fala Cultura” é fomentar a atividade dos segmentos artísticos, tirar dúvidas sobre o cadastramento dos artistas e sobre os editais, além de ouvir as demandas e sugestões de cada grupo.

O primeiro encontro foi o do segmento do Carnaval, realizado no dia 29 de novembro, em que estiveram presentes representantes de Blocos e Escolas de Samba da cidade. Na ocasião, foi debatida a necessidade da realização da reunião de eleição do representante suplente da Setorial.

Nesta quarta-feira (1º) foi a vez do Segmento de Cultura Afro se reunir com a Secretaria Municipal de Cultura. Estiveram presentes representantes do setor e foi debatida a grande importância da participação da sociedade civil no Conselho de Cultura.

“Ainda não temos uma projeção de quando reabriremos o teatro para os grandes espetáculos. Estamos trabalhando sem descansar nesse objetivo, mas por hora, podemos aos poucos retomar as atividades, dando vida e movimentação a este espaço tão importante para a cultura da cidade”, finaliza Rafaela Solano.

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Festival Cultura Viva deste sábado (4) tem feira e oficinas de artesanato na Passagem, em Cabo Frio

Evento será realizado no Largo de São Benedito, das 14h às 22h

A Prefeitura de Cabo Frio realiza, neste sábado (4), mais uma edição do Festival Cultura Viva. O evento será realizado das 14h às 22h, no Largo de São Benedito, na Passagem. Esta é mais uma ação de continuidade às ações previstas na Lei Emergencial de auxílio ao setor cultural, conhecida como Lei Aldir Blanc.

No local haverá feira de artesanato, oficinas, contação de história e apresentação de Street Dance, sendo um programa familiar para todas as idades. As atividades são gratuitas.

O Festival Cultura Viva é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura e conecta as ações previstas na Lei Aldir Blanc, fazendo intervenções em praças públicas, escolas da rede municipal de ensino e espaços culturais da cidade. A programação, que segue até o final do ano.

Neste sábado, o Largo São Benedito terá muito artesanato com a Feira Arte na Praia e as oficinas, que vão começar às 15h. A primeira será a de “Chaveiros em Maxi Croxê”, com a artesã Mirian dos Santos. Às 15h30 acontecerá a oficina “Arte em Feltro”, com Tatiana Santos, do Ateliê Rosinhas Arteiras. Às 16h, será a vez da técnica do Letterring, com Karine Lopes. Já às 17h, será realizada a oficina de Percussão, com o Bloco Praibola. Às 18h, haverá a contação de histórias, com Rosana Andreia, e às 18h30, será a apresentação o de Street Dance com o grupo Bacsoflow.

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Escritora cabo-friense lança livro de romance no Charitas

“Laços de Alma”, da escritora Ludmila Lopes, será lançado em evento no domingo (5)

A Casa de Cultura José de Dome (Charitas), vai receber o lançamento do romance “Laços de Alma”, primeiro livro físico da escritora cabo-friense Ludmila Lopes. A noite de autógrafos acontece no próximo domingo (5), às 19h. Além do lançamento, o espaço também estará aberto para quem quiser cantar e declamar poesias.

O romance retrata a vida de uma mulher chamada Madu, moradora da Região dos Lagos, que está superando um relacionamento abusivo. Na obra, a personagem é agredida em frente à filha pequena, Linda, e acaba sendo resgatada pelo ex-cunhado, Anderson, por quem se apaixona. Depois de dois anos, ela decide levar a pequena para visitar o pai na cadeia, só não contava com um acontecimento que mudaria todo o curso da história.

Discussões importantes são trazidas à tona, como aceitação corporal e a vida de mães solo, além de agressão à mulher. Da mesma forma que a obra é leve em vários aspectos, a acidez de assuntos polêmicos possibilita reflexões aos interessados. Segundo a autora, o tema é pouco abordado, e deve ser levado mais a sério por todos.

“Esse tipo de relação nos marca para sempre, e é necessário ser discutido, pois só assim podemos enxergar a situação, mesmo antes de acontecer. Meu intuito é encantar e fazer com que as mulheres se identifiquem com a Madu. Não estamos falando de um conto de fadas, e sim de algo real, por mais que tenha sido inspirado em uma novela mexicana. Com o livro pretendo alcançar o leitor da melhor forma possível”, explica Ludmila.

Além do lançamento, o evento vai reunir escritores locais para uma roda de conversa, onde serão discutidas as dificuldades do mundo literário e como se tornou necessária a publicação dos livros em plataformas digitais. No local também será oferecido um coquetel ao público que comparecer ao evento literário.