Categorias
1 ano de Governo Destaque IBASCAF Notícias

Em apenas um ano, Ibascaf, em Cabo Frio, tem maior volume de concessões de benefícios

Redução nos prazos de concessão, recadastramento do Pasmed e pagamento de dívidas anteriores são alguns dos avanços em um ano de governo

O empenho da Prefeitura de Cabo Frio em recuperar a cidade, tanto para a população como também para os servidores, já colhe os frutos da gestão no Instituto de Benefícios e Assistência aos Servidores Municipais de Cabo Frio (Ibascaf). Com apenas um ano de governo, foram 227 processos de benefícios concedidos pela autarquia, sendo 174 aposentadorias e 53 pensões.

O número é mais do que o dobro do que foi concedido em 2020, que somou 109 benefícios liberados; e quase o dobro de 2019, que teve 116 aposentadorias e pensões aprovadas.

Além disso, a liberação de processos de gestões anteriores, referentes aos anos de 2013 a 2019, também é destaque. Dos 89 processos que estavam parados no instituto, 65 foram deferidos, sete indeferidos e o restante segue sob análise da procuradoria do Ibascaf.

“Iniciamos no Ibascaf buscando a humanização do atendimento na autarquia porque nossa meta é o resgate da dignidade do servidor. Os números alcançados pelo instituto são a expressão real do comprometimento de toda a equipe em fazer o melhor para os beneficiários da autarquia”, afirma Carlos Alberto Cardozo, presidente do Ibascaf.

Segundo ele, a redução de todos os prazos de concessão também foi outra conquista da diretriz administrativa implementada pela autarquia. Atualmente, as aposentadorias são concedidas em 60 dias, e as pensões em 20 dias. Antes os prazos eram de 90 e 60 dias, respectivamente.

As mudanças realizadas na perícia médica também colheram resultados, já que a renovação do Termo de Cooperação Técnica, em junho deste ano, entre o Ibascaf e a Prefeitura, resultou na agilidade dos trâmites administrativos dos processos para a concessão dos benefícios.

Outra grande conquista deste primeiro ano de gestão do Ibascaf se refere ao saldo do Fundo Previdenciário de Contribuição (FPC), que saltou para R$ 26 milhões em apenas 10 meses. A nova diretoria encontrou o fundo com apenas R$ 11 milhões acumulados em 12 anos.

RECADASTRAMENTO DO PASMED

Uma das ações mais aguardadas deste ano foi a abertura do Programa de Assistência Médica aos Servidores Municipais (Pasmed), uma das promessas de campanha do prefeito José Bonifácio. Para isso, o Ibascaf iniciou em novembro o recadastramento dos servidores municipais que constavam no cadastro entre janeiro e março de 2020.

Desde o início do ano, o instituto também está renegociando as dívidas de gestões anteriores com os prestadores de serviço médico junto ao programa e também abriu o credenciamento para eles. O objetivo é propiciar uma ampla rede conveniada para os usuários do Pasmed.

Ainda nos primeiros meses da gestão, foi realizado o inventário de todos os materiais encontrados na sede do programa, que está interditada pela Defesa Civil e pelo Corpo de Bombeiros, e também foi feita a doação de insumos do Pasmed para a Secretaria de Saúde.

PAGAMENTO DE DÍVIDAS E ANTECIPAÇÃO SALARIAL

A regularização de pagamentos atrasados para aposentados e pensionistas do Ibascaf começou logo no segundo mês de governo. Em fevereiro houve o fim de uma dívida histórica, com o acerto do 13º de 2016 para 1.140 beneficiários e também o pagamento do 13º de 2020.

Em junho iniciou o pagamento do salário de dezembro de 2020 para aposentados e pensionistas que recebem até dois salários mínimos. Em julho foi a vez dos beneficiários que recebem entre R$ 2.200,01 e R$ 3.300,00 e em novembro, o pagamento para quem recebe de R$ 3.300,01 até R$ 4.400,00. Até o momento, 73% da folha de dezembro de 2020 do Ibascaf já foi quitada pelo governo municipal.

Em relação ao salário corrente, o governo tem feito o pagamento de forma antecipada para aposentados, pensionistas e todo o funcionalismo municipal, ou seja, dentro do mês vigente. Por lei, a gestão teria que efetuar o pagamento até o 5º dia útil do mês subsequente ao vencido, como determina o estatuto do servidor de Cabo Frio.

O 13º salário de 2021 também foi pago antecipadamente no dia 13 de novembro, dia do aniversário da cidade, para todos os aposentados, pensionistas e o funcionalismo municipal.

COMPENSAÇÃO PREVIDENCIÁRIA

No primeiro ano de governo também foi iniciado o levantamento dos processos da Compensação Previdenciária, que são devidos ao Ibascaf. O Comprev poderá restituir ao Ibascaf cerca de R$ 7 milhões referentes a aproximadamente 300 processos de aposentadorias do período de 2012 a 2014.

Além destes, cerca de 500 processos, referentes aos anos de 2015 a 2020, estão em fase de apuração do direito de compensação.

A compensação previdenciária é a contribuição descontada do trabalhador para o INSS e que passa a ser do regime próprio a partir do momento em que o indivíduo ingressa no serviço público. Os recursos oriundos do Comprev só podem ser utilizados para custear pagamentos de aposentados e pensionistas.

Categorias
1 ano de Governo Destaque Notícias PROCON

Procon de Cabo Frio reforça atendimentos e operações no primeiro ano da gestão

Ações de fiscalização foram efetuadas em Cabo Frio e no distrito de Tamoios, além de conciliações e mutirões de parcelamento

Orientar os clientes cabo-frienses, preservar os direitos previstos em lei e fiscalizar comércios da cidade. Esses foram as principais ações da Secretaria Adjunta de Defesa ao Consumidor em Cabo Frio durante o primeiro ano da atual gestão.

Ao longo do ano passado, essas ações garantiram o cumprimento da legislação de proteção ao consumidor, seja com a promoção de conciliações, ações educativas ou medidas punitivas. O atendimento ao público também foi ampliado, tanto na sede no Braga como no polo avançado em Tamoios.

“A Secretaria Adjunta de Defesa do Consumidor finalizou o seu primeiro ano de gestão de forma muito positiva. Realizamos diversas operações de fiscalização para defender os direitos dos consumidores. É muito importante salientar que a sensação de dever cumprido quando conseguimos atender as necessidades dos consumidores não tem preço. Para 2022 temos muitos projetos. Com certeza será um ano de muitas realizações em benefício ao consumidor do nosso município”, destaca Cláudia Tavares, secretária adjunta de Defesa do Consumidor.

FISCALIZAÇÃO NO COMÉRCIO

Entre as atividades do Procon de Cabo Frio, as operações em ambos os distritos foram destaque. Equipes da Secretaria Adjunta de Proteção ao Consumidor estabeleceram uma rotina de fiscalização, além de atender denúncias e reclamações oriundas dos cabo-frienses.

Entre os destaques estiveram ações nos shoppings, agências dos Correios, universidades, agências bancárias, açougues e supermercados da cidade. As iniciativas verificaram itens comercializados, respectivas validades e condições de armazenamentos, períodos de espera em filas e atendimento prestado. Algumas atividades contaram com a participação da Vigilância Sanitária Municipal.

Outros segmentos que receberam a visita de fiscais do Procon foram os postos de combustíveis e as farmácias. No primeiro grupo, foram verificadas a variação de preço, para averiguação da legalidade no valor na bomba, e a qualidade dos combustíveis repassados aos consumidores, em parceria com o Procon estadual.

Já nas farmácias foram vistoriados a validade e o descarte correto dos medicamentos e outros itens, licença sanitária, e o cumprimento da exigência de um profissional farmacêutico em cada unidade. Em incursões periódicas, mais de 110 visitas foram realizadas em conjunto com o Conselho Regional de Farmácia (CRF).

Em datas de grande fluxo e alta movimentação comercial, o Procon de Cabo Frio também intensificou o trabalho. Agentes estiveram nas ruas em datas como períodos de volta às aulas, Páscoa, Semana Santa, férias escolares, black friday, Natal e Ano Novo, entre outras.

A equipe trabalhou ainda atuando para o cumprimento de medidas de combate ao contágio e disseminação da covid-19, verificando o uso obrigatório de máscara nos interiores comerciais e a disposição adequada de álcool gel.

NEGOCIAÇÃO DE DÉBITOS

Durante 2021, a atuação do Procon em Cabo Frio foi muito além da prestação de orientação aos consumidores. Buscando uma resolução que fosse positiva para os clientes, a equipe da Secretaria Adjunta de Defesa ao Consumidor promoveu mutirões de negociação de débitos, em busca de conciliações e parcelamentos que fossem acessíveis para os cabo-frienses. As ações, que aconteceram em Tamoios e na sede no Braga, foram realizadas junto às concessionárias Enel e Prolagos.

Somente em uma edição de mutirão com a concessionária de energia elétrica Enel, 120 acordos de parcelamentos foram selados. Consumidores que estavam com atrasos superiores a 90 dias puderam negociar seus débitos em até 24 parcelas, sem entrada, sem juros e multas, e tiveram o fornecimento de energia elétrica restabelecido. O público beneficiado foi composto por clientes de pessoa física, em áreas urbanas ou rurais de Cabo Frio.

PROCON ITINERANTE

Com o objetivo de descentralizar os atendimentos ao consumidor, o Procon levou a prestação de serviços a diversos bairros, além do expediente padrão nas sedes do Braga e do distrito de Tamoios. O projeto Procon Itinerante passou por bairros como Maria Joaquina, Manoel Corrêa, Jacaré e Centro.

TAC PROMOVEU MELHORIAS EM TAMOIOS

Um dos destaques foi a construção de quatro abrigos de pontos de ônibus em Tamoios. A colocação dos equipamentos foi custeada por uma empresa de transporte, após a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Procon de Cabo Frio, para compensar irregularidades cometidas pela empresa na relação com os consumidores.

PRINCIPAIS RECLAMAÇÕES

Em um ano de serviços, o Procon prestou 4.320 atendimentos à população, presencialmente, por telefone e por e-mail. De acordo com o ranking de reclamações dos consumidores, 40% dos atendimentos foram sobre serviços essenciais, 20% sobre produtos, 19% assuntos financeiros, 15% serviços privados, 2% saúde, 0,7% alimentos e 0,6% habitação.

Categorias
1 ano de Governo Destaque Meio Ambiente Notícias

Fiscalização intensificada foi destaque do 1º ano de gestão na Secretaria de Meio Ambiente em Cabo Frio

Diversas outras ações e parcerias ambientais fazem parte da retrospectiva da pasta

O primeiro ano da atual gestão na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento, em Cabo Frio, foi de um intenso combate às ilegalidades ambientais em todo o município. Somente em 2021 foram emitidas 516 notificações ambientais, lavrados 142 autos de infração, além de serem atendidas 305 denúncias.

As ações realizadas vão desde fiscalizações focadas no desmatamento e ocupação irregular em áreas de proteção ambiental, combate à poluição sonora e o cumprimento às determinações dos decretos municipais.

Foram realizadas fiscalizações em atendimento às denúncias vindas da população, Ministério Público Estadual e Federal, INEA, ICMBio, Ouvidoria do Município, e-mails, Disque Denúncia, assim como foram realizadas rondas e vistorias em estabelecimentos comerciais referentes a procedimentos de Licenciamento Ambiental, entre outras ações.

Em Tamoios, por exemplo, ações de embargos, notificações, multas e operações conjuntas foram realizadas, além das rondas constantes nas Unidades de Conservação (UCs), como o Parque do Mico Leão Dourado, a Faixa Marginal de Proteção de Lagoas, e os rios São João, Gargoá e Una.

Foram realizados atendimentos às denúncias com ações de resgate e transporte de animais silvestres até clínicas especializadas, para os devidos cuidados ao animal resgatado em situação de sofrimento. Entre os animais resgatados em Tamoios, estão mico-leão-dourado, gavião, coruja, tamanduá, capivara, bicho-preguiça, tartaruga e gambá.

“Mesmo com muitas dificuldades, este ano foi de aprendizado e entendimento. Conseguimos, aos poucos, arrumar a casa e entender os processos, mesmo com um quantitativo de equipe muito aquém do tamanho que a gente gostaria. Mesmo assim trabalhamos muito, porque a Secretaria tem uma parte produtiva muito pesada. Ainda temos bastante coisa em andamento e esperamos que em 2022 possamos concretizar todas as nossas ideias”, afirma o secretário de Meio Ambiente e Saneamento, Juarez Lopes.

SANEAMENTO E PLANEJAMENTO

O corpo técnico de saneamento da Secretaria se reúne periodicamente para elaboração de estratégias de ação junto à concessionária Prolagos, realizando estudos, avaliações, revisões, proposições, pareceres, ofícios, fiscalizações e vistorias, com o objetivo de otimizar a prestação de serviço da concessionária.

A equipe de saneamento, no intuito de desenvolver um projeto de compostagem para desonerar a prefeitura na destinação de resíduos ao aterro sanitário, iniciou um projeto piloto com o diagnóstico das estruturas necessárias para o desenvolvimento do projeto.

Também foi elaborado o Plano de Resposta de Vazamento de Óleo de Cabo Frio. O plano tem como objetivo preservar o meio ambiente e a fauna marinha, e restabelecer a situação de normalidade no menor prazo possível, possibilitando ações rápidas, eficientes e ordenadas, a fim de facilitar as atividades de monitoramento, e otimizar as atividades de resposta no caso de aparecimento de óleo no mar ou nas praias do município.

ICMS ECOLÓGICO

A Secretaria compilou a documentação necessária para apresentação dos itens requeridos pelo ICMS Ecológico, que é um mecanismo tributário que possibilita aos municípios acesso a parcelas maiores que àquelas que já têm direito, dos recursos financeiros arrecadados pelos Estados através do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS, em razão do atendimento de determinados critérios ambientais estabelecidos em leis estaduais.

Não é um novo imposto, mas sim a introdução de novos critérios de redistribuição de recursos do ICMS, que reflete o nível da atividade econômica nos municípios em conjunto com a preservação do meio ambiente.

PLANTIO E DOAÇÕES DE MUDAS NATIVAS

Durante o ano de 2021 foram realizadas diversas ações de plantio de plantas nativas em vários bairros da cidade. No Dia Mundial do Meio Ambiente, por exemplo, foi realizado o plantio de 30 mudas nativas, além da doação de 50 espécies.

No total, 3.783 mudas foram recebidas pelo município. Deste número, 452 foram doadas para instituições e condomínios, além de 1.230 para a população em geral, com instruções para o plantio. Entre mudas ornamentais e comuns plantadas, o total somado é de 880. Há ainda 1.681 plantas nativas em estoque prontas para a distribuição no Horto Municipal Antônio Ângelo Trindade Marques, no bairro Portinho.

PARCERIA INÉDITA NA ÁREA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

No mês de maio, o prefeito José Bonifácio assinou uma carta de intenções para a futura instalação da sede do Projeto Geoparque Costões e Lagunas, dentro do Parque Ecológico Municipal do Dormitório das Garças. A assinatura foi uma das ações em comemoração ao Dia Internacional da Biodiversidade.

Cabo Frio pode ser o primeiro município do Estado a fechar este tipo de cooperação técnica, que une um trabalho de educação ambiental na área de geologia e auxílio na implementação de trilhas interpretativas com informação sobre geologia e geomorfologia. A parceria também visa a promoção de cursos para professores, guias e pessoas ligadas ao meio ambiente, juntando as informações geológicas com informações culturais.

PARQUE DO MICO-LEÃO-DOURADO

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a Prefeitura de Cabo Frio inaugurou a sede do Parque Natural Municipal do Mico-Leão-Dourado, em Tamoios. O Parque foi oficialmente criado pelo Decreto Municipal Nº 2.401, de 27 de março de 1997. Com fauna e flora significativas para o município, o objetivo do local é preservar e defender uma das últimas áreas com remanescentes florestais da Mata Atlântica.

Com cerca de 15mil², o local da nova sede foi desapropriado através do Decreto Municipal Nº 6.457/2021, que repassou à Prefeitura cabo-friense a responsabilidade pelo espaço, que antes sediava a Associação dos Funcionários do Banerj (Abanerj). O local agora abriga as sedes do poder público municipal com equipes de fiscalização ambiental, da Guarda Civil Municipal, da Unidade de Policiamento Ambiental (Upam), entre outras.

CENTRO DE VISITAÇÃO DO PROJETO ALBATROZ

Cabo Frio será sede para o primeiro Centro de Visitação e Educação Ambiental Marinha do Projeto Albatroz no Brasil, iniciativa patrocinada pela Petrobras. Presente em sete cidades do Brasil, o Projeto Albatroz desenvolve pesquisas para ações de Educação Ambiental junto aos pescadores, aos jovens e às escolas. A unidade de Cabo Frio será a primeira a ter o Centro de Visitação.

A previsão é de que a sede seja entregue até o final de 2022. Com área útil de mais de 18 mil m², ao lado do Parque Ecológico Municipal Dormitório das Garças e da Lagoa de Araruama. O Centro Albatroz terá áreas de recreação, pavilhões de exposições e atividades com o público, prédios com salas para aulas e oficinas com a comunidade, além de Centro Interpretativo com trilha autoguiada, em que os visitantes poderão conhecer mais a região da lagoa e reconhecer as principais espécies de aves que sobrevoam a região.

MUTIRÃO DE LIMPEZA DO CANAL ITAJURU

Cerca de 1,5 tonelada de lixo foi recolhida no mutirão de limpeza no Canal Itajuru. Esse foi o resultado da ação conjunta promovida pela Prefeitura, Sebrae, empresários e sociedade civil por meio do Projeto Lideração, que tem como objetivo construir um grupo mobilizado com uma agenda de respostas para superação de crises.

O mutirão contou ainda com apoio dos alunos da Universidade Veiga de Almeida e Instituto Escola Mar, que classificaram os materiais recolhidos. Todos foram enviados ao Programa de Combate ao Lixo no Mar, do Ministério do Meio Ambiente. Aqueles com possibilidade de reutilização foram destinados para projeto de reciclagem.

HASTEAMENTO DA BANDEIRA AZUL

A Bandeira Azul foi novamente erguida na Praia do Peró para a temporada 2021/2022. Pela quarta vez o selo de qualidade ambiental foi concedido à praia cabo-friense. Para ganhar o cobiçado certificado internacional, é preciso que as praias e marinas candidatas cumpram 34 critérios específicos de qualidade da água, segurança, gestão, educação ambiental e serviços de turismo sustentável. Todos precisam ser comprovados anualmente para que a bandeira permaneça hasteada.

Durante a cerimônia de hasteamento, o secretário Juarez Lopes recebeu das mãos de Leana Bernardes, coordenadora nacional da Bandeira Azul, o prêmio de Destaque Nacional em Educação Ambiental, que foi concedido pelo Júri Nacional ao secretário e aos gestores da praia, por conta das atividades realizadas pela equipe Bandeira Azul na Praia do Peró.

ENCONTRO DE OBSERVADORES DE AVES

Buscando estimular a prática do ecoturismo de observação e fotografia de aves residentes e migratórias, foi realizado em Cabo Frio o 1° Encontro de Observadores de Aves, que aconteceu no Parque Ecológico Municipal Dormitório das Garças. De acordo com o portal “wikiavesbrasil”, somente de Cabo Frio existem atualmente 5.423 fotos de aves, num total de 265 espécies registradas de 62 observadores de diversas localidades.

Categorias
1 ano de Governo Destaque Notícias

Governo José Bonifácio prioriza organização das contas no primeiro ano

Prefeitura renegociou dívidas sem comprometer o pagamento em dia dos salários e aumentou a arrecadação própria

Desde o início da atual gestão, o prefeito José Bonifácio deixou clara a prioridade de pagar em dia os servidores públicos, que conviveram com sucessivos atrasos salariais nos últimos anos. Para que isso acontecesse, foi necessário um profundo trabalho de organização das contas municipais, que incluiu o enxugamento da máquina pública, com redução das despesas, além de um intenso trabalho para o aumento da arrecadação própria.

Também foram realizados esforços para equacionar a dívida pública municipal, que atingiu a soma de R$ 777 milhões, contando apenas os débitos junto ao INSS e à Receita Federal; às concessionárias de serviço público Prolagos e Enel e de precatórios judiciais, que são dívidas do setor público reconhecidas pela Justiça. Logo em janeiro do ano passado, o município fez um acordo com o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) para suspender o bloqueio de R$ 16,1 milhões referentes a repasses de ICMS.

A medida representou um alívio para o governo municipal no começo da gestão, garantindo fôlego financeiro para os meses seguintes. Para isso, foi firmado um compromisso de pagamento de parcelas mensais referentes aos precatórios, o que, ao fim de 2021, representou um abatimento de R$ 80.940.107,12 da dívida total de R$ 109.803.865,43. Com isso, o risco de sofrer os arrestos judiciais que tanto atormentaram o município nos últimos anos, engessando o orçamento e o funcionamento da cidade, ficou no passado.

Da mesma forma, com transparência e responsabilidade, foi aberto diálogo com os demais credores para escalonar as dívidas, de acordo com a capacidade de receita do município, sem comprometer o funcionamento da máquina pública e a prestação de serviços à população. Em outubro, em mais um marco da política de liquidação dos passivos herdados das gestões anteriores, o prefeito José Bonifácio assinou o parcelamento de dívidas com a Enel e a Prolagos, no total de R$ 47.637.166,16.

Já ao INSS, foram pagos R$ 27.304.301,15 referentes a parcelamentos de débitos assumidos de governos passados, enquanto R$ 1.693.442,01 foram pagos ao Banco Santander, quantia relativa a empréstimos consignados, cujos valores foram descontados do servidor antes da atual gestão, mas não foram repassados para a instituição financeira, o que resultou em inadimplência dos funcionários municipais.

“É importante destacar que o planejamento feito por nossa equipe, em parceria com outras secretarias, como a de Administração, nos permitiu honrar uma grande parte desses compromissos que estavam em aberto, sem comprometer a saúde financeira de Cabo Frio, nem a pontualidade no pagamento ao servidor público, que é uma exigência do prefeito José Bonifácio desde o início desta gestão”, ressalta a secretária de Fazenda, Daniella Mendes.

Como consequência do trabalho de planejamento financeiro feito pela Prefeitura, todos os salários, inclusive o décimo terceiro, foram pagos de forma antecipada e com os devidos encargos trabalhistas. Além disso, foram quitados mais de R$ 30 milhões de dívidas salariais herdadas de governos anteriores, tanto de funcionários da ativa como de aposentados. A mais antiga delas era de 2016.

TRABALHO PARA AUMENTAR A RECEITA PRÓPRIA DÁ RESULTADOS

Como uma das premissas da gestão financeira do governo José Bonifácio, o aumento das receitas próprias também foi tratado como prioridade. O trabalho de fiscalização junto a empresas e contribuintes foi intensificado, assim como o de Geoprocessamento, na identificação de unidades de área construída, cujos proprietários pagavam IPTU referente a terrenos. Somente com essa atuação, a estimativa é que o município arrecade cerca de R$ 11 milhões.

No início do ano, a campanha de IPTU também foi feita de forma massiva, para estimular o cidadão a pagar o tributo. Para isso, a Secretaria de Fazenda montou tendas de atendimento no Centro, na Praça Porto Rocha, e em Tamoios. Para 2022, a facilidade para o contribuinte será ainda maior, com mais pontos para a retirada das guias de pagamento.

Além disso, com a redução da burocracia e a adoção de uma política de incentivos fiscais, Cabo Frio voltou a ser competitiva para a atração de empresas. No setor de varejo, foram inauguradas filiais do Magazine Luiza e das Lojas Pernambucanas. No setor de hotelaria, o Hotel Sesc abriu as portas onde funcionava o antigo Hotel Caribe. No geral, entre janeiro e dezembro de 2021, foram abertas 5.868 empresas na cidade, o que significa um aumento de 13,96% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os dados são do Mapa de Empresas do Ministério da Economia.

O cenário atual significa não apenas mais empregos para os cabo-frienses, mas também o aumento na arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS) para o município. Contando os demais tributos, o aumento na arrecadação própria municipal ficou na casa dos 20%.

“O trabalho para aumentar a arrecadação própria vem se mostrando essencial para cada vez diminuir mais a dependência de recursos externos, como os royalties do petróleo. Com muito trabalho e dedicação, chegamos ao fim desse primeiro ano com o sentimento de que conseguimos arrumar a casa, mas que ainda temos muito o que fazer para garantir a saúde financeira de Cabo Frio por longos anos. O trabalho de ajuste fiscal vai seguir, mas com perspectivas bem melhores para 2022”, afirma Daniella.