Categorias
100 dias de Governo Cultura Destaque

Pagamento da Lei Aldir Blanc marca início da nova gestão cultural de Cabo Frio

Secretaria de Cultura completou 100 dias de governo com pagamento de auxílio emergencial, programação on-line, e visitação aos equipamentos culturais

Os primeiros 100 dias do atual governo municipal de Cabo Frio foram marcados pelo pagamento de todos os processos da Lei Aldir Blanc, visitas e reestruturação dos espaços culturais, e pela programação tradicional do calendário cultural de Cabo Frio, que devido ao momento atual vivido por conta da pandemia, foi realizada de forma on-line e transmitida pelas redes sociais oficiais da Prefeitura.

Uma das primeiras prioridades da Secretaria Municipal de Cultura foi a conclusão do pagamento da Lei Cultural Aldir Blanc, em fevereiro, beneficiando trabalhadores da cultura impedidos de trabalhar por conta da pandemia.

O andamento dos projetos estava parado desde a gestão passada por falta de assinaturas, erros materiais e ausência de documentos. Também foram elaborados manuais para orientação na prestação de contas e aplicação de marcas.

HOMENAGENS VIRTUAIS

Habitualmente, os primeiros dias de gestão da Secretaria de Cultura são marcados por homenagens, graças à festa da Folia de Reis que é um importante marco cultural realizado todos os anos no dia 6 de janeiro. Este ano, no entanto, devido à pandemia, a celebração aconteceu de forma virtual: um vídeo especial foi preparado com a participação dos grupos tradicionais “Folia de São Cristóvão” e “Folia Estrela Dalva”.

Em parceria com o Ilê Parque São Jorge, também foi gravado o “Presente das Águas”, tradicional homenagem ao Dia de Iemanjá, realizado no dia 2 de fevereiro, que contou com registros emocionantes de manifestação da fé e tolerância religiosa. As duas realizações virtuais contaram com parceria da Secretaria-Adjunta de Comunicação e estão disponíveis na página da Prefeitura de Cabo Frio no Facebook.

VISITA TÉCNICA AO TEATRO MUNICIPAL

Buscando reestruturar os espaços culturais da cidade, a Secretaria de Cultura mapeou os diversos locais que administra, dentre eles o Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb, que está com suas atividades culturais paralisadas há mais de quatro anos.

Em fevereiro o prefeito José Bonifácio e o secretário de Cultura, Clarêncio Rodrigues, receberam o arquiteto Marcos Flaksman, autor do projeto original do Teatro Municipal. Na visita, eles vistoriaram o espaço para verificar as revitalizações necessárias para a retomada do funcionamento do espaço.

“Já começamos a providenciar as medidas necessárias para religação da luz, que é algo necessário, e acredito que em pouco tempo teremos mais alguns detalhes do que precisará ser feito nesse teatro para que possamos reabri-lo”, comentou Clarêncio.

Também nos primeiros três meses de governo foi realizado um estudo técnico que desencadeou no projeto de restauração da Fonte de Itajuru, que deverá ser executado ainda este ano.

AÇÕES EM TAMOIOS

Em Tamoios, a Secretaria de Cultura realizou a primeira edição do “Circulê”, que é uma proposta de descentralização da Biblioteca Municipal Professor Walter Nogueira. A ideia é promover uma biblioteca circulante, levando o acervo de literatura infanto-juvenil para o Parque de Exposições da Fazenda Campos Novos.

Além dos livros, teve também contação de histórias, atividades lúdicas com música e poesia, e incentivo à participação das comunidades quilombolas. Os quilombos Maria Romana, Preto Forro e Espírito Santo fazem parte da programação com venda de artesanatos, culinária tradicional e atividades culturais.

Ainda em Tamoios, foi realizada na Feira Cultural do Pontal Santo Antônio, uma oficina de trança, nagô, laços e crochê, além de apresentação cultural de capoeira, tudo em comemoração ao mês da mulher.

Foram iniciados, também, os preparativos para revitalização e reabertura da Sala Chico Tabibuia. Antes do fechamento forçado por causa da pandemia, o espaço promovia exposições de artistas locais, shows de música e dança, além de sessões de cinema e contos.

RESGATE DO CONSELHO DE CULTURA

Outra ação importante é a retomada do diálogo com os segmentos culturais, e das atividades do Conselho Municipal de Cultura e Conselho Municipal de Patrimônio Cultural. A Secretaria de Cultura vem realizando um trabalho de orientação e apoio técnico e operacional às câmaras setoriais da sociedade civil, que pela primeira vez estão protagonizando a organização das Reuniões Públicas de Eleição das vagas em aberto do Conselho de Cultura (seis eleições ao todo).

30ª SEMANA TEIXEIRA E SOUSA

Fechando os primeiros três meses de realizações culturais, outra grande ação da Secretaria de Cultura foi a 30ª Semana Teixeira e Sousa. Criada por meio da Lei Municipal nº 1106/1991, a atividade homenageia o escritor cabo-friense Antônio Gonçalves Teixeira e Sousa, considerado o primeiro romancista brasileiro.

O planejamento da Semana foi feito de forma participativa, em grupo de trabalho que contou com representantes da sociedade civil e da gestão municipal. Ao longo da programação aconteceram, de forma virtual, oficinas gratuitas, mesas redondas, debates, exposição fotográfica, sarau literário, Fórum de Combate à Intolerância Religiosa e uma cerimônia com entrega da Comenda Teixeira e Sousa, que homenageou membros da sociedade civil por ações de incentivo à cultura do município.

Categorias
Cultura Notícias

Prefeito José Bonifácio participa de entrega da Comenda Teixeira e Sousa em Cabo Frio

Sexto dia do evento cultural homenageou membros da sociedade civil

O prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, participou na tarde desta sexta-feira (26) da cerimônia de entrega da Comenda Teixeira e Sousa. A solenidade fez parte da 30ª edição da Semana Teixeira e Sousa, evento cultural que homenageia o escritor cabo-friense Antônio Gonçalves Teixeira e Sousa, primeiro romancista brasileiro.

A solenidade aconteceu na Casa de Cultura José de Dome (Charitas), com restrições devido ao momento da pandemia e transmissão ao vivo pela rede social da Prefeitura de Cabo Frio.

Contemplados pela contribuição em ações de incentivo e apoio à cultura do município, os agraciados na cerimônia foram o sambista Milton Carlos Teixeira Martins, indicado pela Câmara Municipal, e a professora e escritora Rosana Andreia da Silva Soares, homenageada pela Secretaria Municipal de Cultura.

No discurso, o prefeito José Bonifácio citou o romancista cabo-friense e parabenizou os dois agraciados do dia.

“Quero aqui ressaltar a importância da realização deste evento para a cultura do município. É muito importante também, que os homenageados de hoje recebam essa Comenda com o olhar do nosso escritor, que dá nome ao evento, e que passou por cima da discriminação racial da época para preceder Machado de Assis. Parabéns aos homenageados e que venham mais Teixeiras e Sousas nascidos e criados na nossa cidade”, enfatizou o prefeito.

O vereador Davi Souza, líder do governo na Câmara Municipal, ressaltou a importância da realização do evento cultural.

“Hoje Cabo Frio dá mais um sinal de resistência. Mesmo com a pandemia e essa crise econômica, só o fato de refletir Teixeira e Sousa já mostra que a gente resiste, que podemos mostrar que temos cultura, gente honesta e trabalhadora. Estou muito feliz de representar a Câmara de Cabo Frio e vou torcer para que passe logo essa pandemia e que tenhamos outros eventos culturais como este na cidade”, afirmou o edil.

A 30ª Semana Teixeira e Sousa continua neste sábado (27): às 10h teve início o Fórum de Combate à Intolerância Religiosa. A partir das 15h a Secretaria de Educação marca presença num momento literário com participação musical de Jorge Villas. Às 18h tem a mesa redonda virtual “A cultura em Tempos de Pandemia”, realizada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, com Yke Leon, Vitor Correa, Pedro Henrique Lopes e Jaqueline Brum.

No último dia (28), às 14h, tem o lançamento on-line do livro infantil “Aventuras na Laguna”, de Jaqueline Brum, mais contação de histórias, além da apresentação musical da banda Tensores. Às 17h a Academia Cabo-friense de Letras faz a “Homenagem ao Primeiro Romancista Brasileiro” e logo em seguida acontece a cerimônia de encerramento.

Categorias
Cultura Destaque Notícias

Cabo Frio define programação da 30ª Semana Teixeira e Sousa

Evento será on-line com diversas atrações culturais transmitidas pela página oficial da Prefeitura no Facebook

Já está definida a programação da 30ª Semana Teixeira e Sousa, que será realizada entre os dias 21 a 28 de março, em Cabo Frio. Devido à pandemia do Covid-19 toda programação será on-line e transmitida ao vivo pelo Facebook da Prefeitura Municipal.

O evento tem início no próximo dia 21, a partir das 15h, com uma cerimônia de abertura e participação do prefeito José Bonifácio, da vice-prefeita Magdala Furtado, e do secretário de Cultura, Clarêncio Rodrigues. Durante toda semana acontecerão apresentações literárias, teatrais e musicais.

Também haverá mesa redonda com representantes dos movimentos negro e quilombola, e ainda a presença do Cônsul Honorário do Cabo-Verde, Pedro Antônio dos Santos, do Cônsul Geral de Angola, Mateus de Sá Miranda Neto, além de oficinas, exposições virtuais e contação de histórias.

Criada por meio da Lei Municipal nº 1106/1991, a Semana Teixeira e Sousa faz parte do calendário oficial do município desde 2012 e passou a constar também no calendário oficial de eventos do Estado do Rio de Janeiro pela Lei Estadual nº 6290/2012.

Antônio Gonçalves Teixeira e Sousa foi um escritor, poeta e dramaturgo cabo-friense, pioneiro do romance brasileiro. Filho do comerciante português Antônio Gonçalves, e da negra Ana Teixeira de Sousa, faleceu aos 49 anos. Autor da obra “O Filho do Pescador”, inspirou o jovem Machado de Assis, que escreveu um longo poema dedicado ao escritor cabo-friense, chamando-o inclusive de Gênio Americano.

O secretário de Cultura, Clarêncio Rodrigues, ressaltou a importância do escritor e exaltou a realização da trigésima edição do evento.

“A comunidade cabo-friense se orgulha de ter entre seus filhos o primeiro escritor negro e membro da Academia Brasileira de Letras. A Semana Teixeira e Sousa, com projeção nos mais diferentes meios, como acontece há 30 anos, passou a ser um fator agregador de valores literários e artísticos oriundos de diferentes partes do Brasil e do mundo”, concluiu

Confira a programação completa:

21/03 – DOMINGO
15h – Abertura com fala do prefeito José Bonifácio, da vice-prefeita Magdala Furtado e do secretário de Cultura, Clarêncio Rodrigues
Ato comemorativo do dia internacional pela eliminação da discriminação racial
Vídeo teatral “Teixeira e Sousa”
Vídeo poema “Filho Reconhecido”
Apresentação musical com a banda Tensores
18h – Mesa redonda “Narrativas Literárias e as Novas Tecnologias”, com Audino Vilão, Isabelle Reis, professor Moisés e Vanessa Vieira

22/03 – SEGUNDA-FEIRA
15h – Oficina gratuita “Identidade Feminina na Escrita”, com Andrea Rezende
18h – Mesa redonda “Quando o Livro é Proibido”, com Rafael Alvarenga, Jiddu Saldanha, Clara Savelli, Fábio Lanati e Milner Fernandes.

23/03 – TERÇA-FEIRA
15h – Oficina gratuita “Fonte de Inspiração – A Construção da Poesia”, com Maurício Cardozo
18h – Mesa redonda “Carolina de Jesus e as Mulheres Negras na Literatura”, com Rosana Silva, Ana Carolina Moreira, Elaine Lopes, Lia Vieira e Elisa Lucinda

24/03 – QUARTA-FEIRA
10h – Exposição virtual “ALACAF Celebra Cabo Frio”
15h – Oficina gratuita “A Poesia Corta o Fogo – Exercícios de Escrita Poética”, com Aline Moschen
18h – Mesa redonda “Contextualização da Africanidade e as Comunidades Quilombolas”, com Pedro Antônio dos Santos (Cônsul Honorário do Cabo-Verde), Mateus de Sá Miranda Neto (Cônsul geral de Angola), representantes do Movimento Negro e Quilombolas

25/03 – QUINTA-FEIRA
15h – “Sobre a escrita de contos rápidos e curtos” com Rosana Andreia
18h – Sarau Flores Literárias

26/03 – SEXTA-FEIRA
15h – Entrega de Comenda – solenidade ao vivo na Câmara Municipal com entrega de medalhas aos homenageados
18h – Mesa redonda “Teixeira e Sousa – Um cabo-friense na Corte Imperial”, com Rose Fernandes, Jaqueline Brum, Rosana Andreia e Paulo Cotias

27/03 – SÁBADO
10h – Fórum de Combate à Intolerância Religiosa
15h – Momento Literário da Secretaria de Educação com apresentação musical de Jorge Villas
18h – Mesa Redonda “A cultura em Tempos de Pandemia” (Secretaria de Cultura e Economia Criativa RJ)
Com Yke Leon (Superintendente de Leitura e Conhecimento), Vitor Correa (Subsecretário de Planejamento e Gestão), Pedro Henrique Lopes (Ator, produtor e roteirista) e Jaqueline Brum (Escritora e contadora de histórias)

28/03 – DOMINGO
14h – Lançamento do Livro Infantil “Aventuras na Laguna”, de Jaqueline Brum, mais contação de histórias
Apresentação musical da Banda Tensores
17h – Homenagem ao Primeiro Romancista Brasileiro / Academia Cabo-friense de Letras
18h – Fala do prefeito, vice-prefeita e secretário de Cultura