Categorias
Destaque Notícias Saúde

Cabo Frio capacita fisioterapeutas durante o mês de outubro

Objetivo é reforçar o atendimento para recuperação das sequelas por covid-19 e demais protocolos de reabilitação

A partir desta segunda-feira (18) a Prefeitura de Cabo Frio vai realizar ciclo de cursos de capacitação e atualização para os fisioterapeutas da rede municipal de saúde. Os temas abordados abrangem a reabilitação das sequelas causadas pela covid-19, além de protocolo de tratamento oncológico e em ortopedia. Ao todo, 75 profissionais participarão das ações, que acontecerão no Centro Municipal de Reabilitação, no bairro Novo Portinho.

A “Transmissão e Manifestação Clínica da Covid-19”, ministrada pela médica Priscila Siqueira, é o tema de abertura na segunda (18), às 9h. Em seguida, às 10h, a médica Tatiana Ribeiro abordará o tema “Projeto de Reabilitação Pós-Covid de Cabo Frio”.

No dia 21 de outubro, às 14h, o médico André Trindade apresentará o curso sobre “O uso da terapia manual no Protocolo de Tratamento Acelerado em Ortopedia”. Encerrando as ações, no dia 26 de outubro, às 9h, acontece a capacitação “Pré-habilitação, preparando o paciente a partir do diagnóstico para tratamento oncológico”, com a médica Anke Bergmann.

A abertura das capacitações e cursos para os profissionais aconteceu no dia em que é celebrado o Dia do Fisioterapeuta, 13 de outubro, com a palestra da médica Gabriela Avolio e curso do médico Rafael Barreto, com presença do prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio.

O superintendente de Reabilitação da Secretaria Municipal de Saúde, Jay Brasileiro, destaca sobre a importância da educação continuada.

“O governo municipal está investindo na formação dos profissionais com cursos específicos. A capacitação engloba conhecimentos científicos a respeito dos mecanismos de transmissão e infecção da covid-19, assim como as sequelas da infecção, estudo de protocolos para a síndrome pós-covid e desafios da reabilitação no contexto da rede do SUS. A maior celebração neste mês, que homenageia os profissionais de fisioterapia, é buscar cada vez mais o melhor atendimento para os pacientes”, diz Jay Brasileiro.

Atualmente Cabo Frio disponibiliza dois Centros Municipais de Reabilitação, localizados nos bairros Novo Portinho e Jardim Esperança. Nesses locais, por mês, são realizados cerca de 3.800 atendimentos. O Centro Municipal de Reabilitação do Novo Portinho conta ainda com o setor pós-covid19. Inaugurado em março deste ano, até o momento, já atendeu mais de 200 pacientes e realizou 744 atendimentos.

O setor tem como objetivo oferecer atendimentos fisioterápicos para moradores de Cabo Frio que apresentam sequelas após contágio do coronavírus como falta de ar, fadiga, tosse crônica, cansaço, perda de memória, disfunção cognitiva, dor no peito em aperto e baixa tolerância ao exercício.

Categorias
Criança e Adolescente Destaque Notícias

Prefeitura de Cabo Frio dá início à capacitação da Família Acolhedora

Atividade começou nesta segunda (5) e continua nesta quarta (7) nos Conselhos Tutelares e Abrigo Municipal

A Prefeitura de Cabo Frio deu início à primeira capacitação do serviço Família Acolhedora. A atividade começou nesta segunda-feira (5) e continua nesta quarta (7) na sede dos conselhos tutelares do primeiro e segundo distritos, e no Abrigo Municipal Casa da Criança.

A capacitação no primeiro distrito aconteceu logo na manhã desta segunda-feira, e foi realizada pela equipe do serviço Família Acolhedora através da assistente social, Bruna Cabral, e da psicóloga Esther Lima.

A próxima rodada da capacitação acontecerá nesta quarta-feira (07), às 9 horas, no Conselho Tutelar de Tamoios, e às 14h com os servidores do Abrigo Municipal Casa da Criança, no primeiro distrito.

Os conselhos tutelares do município são os responsáveis pelo encaminhamento dos jovens para o Abrigo Municipal e Família Acolhedora.

FAMÍLIA ACOLHEDORA

O serviço de acolhimento é coordenado pela Secretaria Municipal da Criança e do Adolescente. Ele é voltado para jovens com idade até 18 anos que foram afastados da sua família de origem por medidas de proteção.

Neste serviço, as crianças são recebidas por famílias previamente cadastradas e capacitadas, e passam a residir e participar do convívio familiar. Segundo Bruna Cabral, para fazer parte do serviço a pessoa interessada deve residir há pelo menos três anos no município e ter idade mínima de 21 anos.

Durante o encontro, a psicóloga Ester Lima ressaltou a importância da capacitação das famílias cadastradas.

“É importante lembrar que a família deverá ter consciência de que o acolhimento é temporário, e que ela não poderá se candidatar para adoção da criança acolhida. Caso ela venha a ter essa intenção, deverá se desligar do Serviço Família Acolhedora”, destacou Ester.

A família que deseja ser voluntária no serviço poderá acessar o formulário de inscrição através do link: Seja uma Família Acolhedora

Para demais informações e dúvidas, o endereço eletrônico de contato é
familiaacolhedora@cabofrio.rj.gov.br

A sede do serviço Família Acolhedora funciona na antiga sede da Prefeitura, na Rua Florisbela Rosa da Penha, 292, Braga, próximo ao Fórum.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Cabo Frio amplia acesso ao tratamento para sífilis

Médicos e enfermeiros foram capacitados nesta segunda (5), e atendimento já começa nesta terça (6) nas unidades de saúde

A partir desta terça-feira (6) as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégia Saúde da Família (ESF) de Cabo Frio passarão a oferecer tratamento e acompanhamento dos casos de sífilis. Para isso, enfermeiros e médicos da rede municipal de saúde da cidade, que atuam na Atenção Básica, receberam treinamento nesta segunda-feira (5). A capacitação aconteceu de forma on-line, e teve como objetivo descentralizar as ações de cuidado ampliando o acesso à população, e permitindo ainda o rastreamento da doença em gestantes durante o pré-natal.

“A descentralização irá contribuir para a adesão e continuidade do tratamento, principalmente, neste momento que as unidades de saúde passaram a realizar testes rápidos de diagnóstico da doença. Entendemos que o médico do bairro, que atende o paciente na Atenção Básica, pode oferecer o acompanhamento e acolhimento necessários. A melhoria na saúde começa no cuidado na atenção primária” explica o secretário de Saúde, Felipe Fernandes.

Atualmente, o tratamento e acompanhamento é realizado no Hospital Dia. Com a ampliação, a população passa a ter acesso também nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégia Saúde da Família (ESF). Após o diagnóstico, o paciente será acompanhado pelo médico da unidade de saúde e lá mesmo receberá toda a medicação.

Categorias
Destaque Educação Notícias

Jornada de Integração Cabo Frio – África tem semana de atividades com apresentações e palestras

Programação contou com atividades de cunho cultural e educacional

A palestra “Diálogo entre cultura popular e desenvolvimento local”, nesta quarta-feira (30), fez parte de mais uma semana de atividades da Jornada de Integração Cabo Frio – África. Oficialmente aberta no dia 24 de maio, a programação segue até o dia 17 de julho.

O objetivo é estabelecer políticas públicas municipais voltadas para a promoção da igualdade racial, através da troca de experiências entre o município e os países africanos de Angola e Cabo Verde.

Nesta semana as atividades culturais ocorreram de forma virtual, com transmissão nas redes sociais da Prefeitura de Cabo Frio. A programação teve início com uma apresentação do Coletivo Omo Odé, que atua na preservação das tradições do jongo, maculelê, samba de roda e coco de roda. Em pouco mais de 10 minutos de vídeo, a atividade apresentou a beleza dos trajes, das canções e de parte da cultura e religiosidade de matriz africana.

O público também pôde assistir às palestras “Encontro sobre teatro, literatura e cidadania: Contexto das comunidades dos países de Língua Portuguesa”; “Teixeira e Sousa – Um escritor cabo-friense com sentido ético de seu tempo” e “Diálogo entre cultura popular e desenvolvimento local”, que reuniram cerca de 800 participantes.

Uma parte significativa do público foi composta por servidores da rede municipal de Educação de Cabo Frio. Isso porque, além da importância do tema, aqueles que assistiram aos vídeos e assinaram presença, receberam certificação por meio da Coordenadoria de Formação Continuada da Secretaria Municipal de Educação.

A coordenadora de Formação Continuada, Débora Ribeiro, considera associar painéis e palestras da jornada às atividades da Formação Continuada um ganho pedagógico significativo para os professores da rede municipal de ensino.

“As apresentações têm sido de uma riqueza cultural ímpar e, certamente, ampliarão possibilidades de trabalho dos professores com seus alunos, não só em função de temas, mas por trazerem importantes reflexões sobre ações voltadas para a promoção da igualdade racial e diversidade cultural. Tenho observado uma boa adesão dos professores”, comentou.

Ela enfatiza, ainda, que não é necessário fazer inscrição, mas para que seja viabilizada a certificação para os profissionais que atuam na rede, eles precisam preencher o formulário de presença disponibilizado nos comentários durante cada live.

O material completo desta semana da Jornada está disponível para acesso no YouTube e na página oficial do Facebook da Prefeitura de Cabo Frio (https://www.facebook.com/PrefeituradeCaboFrio)

A próxima atividade da Jornada de Integração Cabo Frio – África vai acontecer nesta quinta-feira (1): uma audiência pública com a Comissão Permanente da Lei Federal Nº 10.639/03, que será transmitida também pelo Facebook da Prefeitura de Cabo Frio.

Categorias
Destaque Educação Notícias

Profissionais da Educação de Cabo Frio receberão nova formação para o uso da ferramenta Google Sala de Aula

Encontros virtuais acontecerão nos dias 1 e 2 de julho e são destinados aos professores regentes e equipes de assessoramento pedagógico da rede municipal

A Secretaria de Educação de Cabo Frio vai oferecer nova formação sobre a plataforma de ensino Google Sala de Aula. O treinamento vai acontecer nos dias 1 e 2 de julho, por meio de encontros virtuais às 10h ou 14h.

Os encontros virtuais estarão disponíveis para os professores regentes e as equipes de assessoramento pedagógico das unidades escolares que fizeram inscrição até o meio-dia desta quarta-feira (30). A carga horária será de duas horas e serão abertas 92 vagas por turma:

  • Dia 01/07 – Turma 1 – 10h ou 14h – 01/07 – Formação de Gestão em Google Sala de Aula (GSA) – Turma 1
  • Dia 02/07 – Turma 2 – 10h ou 14h – 02/07 – Formação de Gestão em Google Sala de Aula (GSA) – Turma 2

O curso tem como objetivo fornecer ferramentas aos professores recém contratados por meio do Processo Seletivo Emergencial, na utilização do aplicativo. As aulas serão práticas, portanto é recomendado que o participante inscrito utilize notebook e celular.

A ferramenta será utilizada como um dos recursos de continuidade do ensino remoto ou mesmo de implementação do ensino híbrido, assim que este seja possível. Os recursos do Google Sala de Aula são uma importante forma de comunicação com os alunos para apresentação de conteúdos, disponibilização de atividades, de vídeo-aulas e encaminhamento de dúvidas.

Os temas abordados serão como acessar o GSA; conhecer o layout do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA); criar, editar e configurar as turmas; arquivar e excluir turmas; como adicionar alunos e professores; criar tópicos; adicionar materiais; como criar uma atividade utilizando o Google Formulários e configurar a correção automática.

O Google Sala de Aula é um sistema de gerenciamento de conteúdo para escolas que procuram simplificar a criação, a distribuição e a avaliação de trabalhos. Ele já está ativo com a criação de mais de mil turmas, onde os estudantes, desde a educação infantil ao ensino médio, serão inseridos para acompanhamento das atividades.

Haverá certificação para os inscritos, e caso a procura seja maior que o número de vagas disponíveis, será utilizada como critério de escolha a ordem de inscrição.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Profissionais da Atenção Básica de Cabo Frio recebem capacitação para o “Programa Melhor em Casa”

Programa prevê a desospitalização precoce e segura de pacientes

Enfermeiros da Atenção Básica de Saúde do distrito de Tamoios, em Cabo Frio, participaram, nesta semana, da capacitação do setor de Atenção Domiciliar do Programa “Melhor em Casa”. O treinamento teve como objetivo capacitar os profissionais de saúde, com orientação teórica e prática sobre o perfil dos pacientes que possam integrar o programa, além de esclarecer as diretrizes do mesmo.

“Estamos trabalhando em toda a rede, hospitais, Unidades de Pronto Atendimento e Unidades de Saúde capacitando e instruindo cada profissional. A intenção é fazer com que todos conheçam o trabalho do ‘Melhor em Casa’, entendam o fluxo de atendimento objetivando uma ação mais rápida e precisa para esse benefício do usuário do SUS”, explica o coordenador técnico da Atenção Domiciliar, Júnior Curcino.

O “Melhor em Casa” foi implantado em Cabo Frio no fim do mês de abril. Iniciativa do Ministério da Saúde do Governo Federal, o programa prevê a desospitalização precoce e segura de pacientes para evitar risco de infecções ou outros agravamentos do ambiente hospitalar.

Atualmente o município conta com uma equipe de 23 multiprofissionais formada por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e fonoaudiólogos que atendem diariamente.

O programa reforça a diretriz do governo municipal em expandir a Atenção Básica e Domiciliar para os moradores de Cabo Frio, complementando as práticas já existentes, e não substituindo.

“Esses profissionais são responsáveis por visitar os pacientes em casa, fazendo todo o acompanhamento médico necessário, reintegrando os laços familiares e afetivos e proporcionando suporte de uma internação domiciliar. Em contrapartida, desafoga os leitos de urgência e emergência das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e hospitais da rede. O ‘Melhor em Casa’ é mais uma ação que agrega ao serviço de saúde municipal, expandindo o atendimento dos pacientes desospitalizados de forma precoce e segura ao domicílio”, conclui o coordenador Geral do Programa, Jay Brasileiro.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Coordenação de Enfermagem da Secretaria da Saúde promove ações de capacitação

A Coordenadoria de Enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde irá realizar duas ações de capacitação voltadas ao corpo de enfermeiros da rede municipal e aos alunos de cursos de enfermagem.

A primeira ação ocorre neste domingo, 18, na UPA do Parque Burle. Sob o comando dos  enfermeiros Francisco Diemes e Rafael Tuzzi será realizada uma capacitação sobre Resgate em Suporte Avançado de Vida, no pátio da unidade Parque Burle, com início às 9h.

Já na segunda-feira, 19, será a vez da palestra “Atualizações no Atendimento a Paradas Cardiorespiratórias”, ministrado pela enfermeira Lilian Behring, promovida pelo Capacita Mulher, uma iniciativa da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alerj, que já contribuiu na qualificação de mais de 3.000 profissionais e estudantes da área de saúde do Estado do Rio de Janeiro.

A palestra acontece no auditório da Universidade Veiga de Almeida, a partir das 13h, se estendendo até as 17h.

A enfermeira Lilian Behring é coordenadora Nacional do programa da Rede Universitária de Telemedicina RUTE/SIG Enfermagem Intensivista e de Alta Complexidade, colaboradora do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro, coordenadora do projeto Capacita Coren-RJ, coordenadora de cursos de Urgência e Emergência do Programa Telessaúde Brasil – núcleo Rio de Janeiro.

Os cursos do Capacita são gratuitos e com emissão de certificado. A coordenação solicita, porém, a quem puder colaborar, que leve um pacote de fralda infantil ou leite em pó, que serão distribuídos às instituições filantrópicas.

Categorias
Desenvolvimento da Cidade Destaque Meio Ambiente Notícias

Cabo Frio vai receber equipamentos e capacitação contra vazamentos de óleo

A cidade de Cabo Frio vai receber todos os equipamentos necessários para a contenção de vazamentos de óleo, além de capacitação para agentes efetivos da Guarda Marítima e Ambiental para pronta resposta em casos como o acontecido no fim da semana passada, em que pelotas de óleo vieram parar nas areias das praias da cidade após vazamento de petróleo no campo de Marlim Leste, na Bacia de Campos.

A decisão foi tomada após reunião, na tarde desta sexta-feira (12) com os procuradores da república Leandro Mitidieri e Leandro Botelho, na sede do Ministério Público Federal, em São Pedro da Aldeia.  A reunião contou com a participação do coordenador de Meio Ambiente de Cabo Frio, Mario Flavio Moreira, dos secretários de Meio Ambiente de Arraial do Cabo, Arildo Mendes, e de Armação dos Búzios, Hamber Carvalho, e de representantes da área jurídica e de operações da Petrobras. Arraial do Cabo e Búzios também receberão equipamentos e capacitação.

A doação dos equipamentos e a realização da capacitação foram sugeridas pelos secretários e referendada pelos procuradores e é referente ao recente vazamento de petróleo que atingiu praias dos três municípios.

“A Petrobras apresentou relatórios de todas as medidas tomadas em relação ao vazamento em cada praia de cada município atingido, mas o Ministério Público achou por bem que a própria empresa se antecipe às possíveis ações penais por conta dos danos causados ao meio ambiente e indenize as cidades atingidas. Como já havíamos decidido em reunião anterior, apresentamos a proposta dos equipamentos e da capacitação, que foi aceita pela empresa e determinado pelo Ministério Público Federal que seja feita de maneira imediata”, explicou Mario Flavio.

Agora, os três municípios vão conversar entre si, a partir da próxima segunda-feira (15) para determinar a melhor data para as capacitações e informar à Petrobras, para que a decisão seja assinada e chancelada junto ao Ministério Público Federal.

Categorias
Destaque Notícias Turismo

Capacitação e divulgação do destino viram foco do novo governo na área do turismo

Existe uma máxima que diz que “velhas ações não geram novos resultados”. Por isso, há cerca de 30 dias o novo governo municipal de Cabo Frio adotou um novo olhar, com novas ações, para diversos setores da cidade. Um deles foi o de Turismo, que desde o último dia 18 de julho está sob gestão do empresário do setor de hotelaria, Radamés Muniz.

A mudança no olhar para a área de Turismo aconteceu logo nos primeiros dias do novo governo, com o estreitamento da relação entre os diversos setores ligados ao trade, e o estabelecimento de ações através de parcerias. “Quando me fez o convite para assumir a pasta, o prefeito só me fez uma exigência: cortar gastos. Além de termos uma Secretaria mais enxuta, adotamos uma visão que eu já tinha do setor privado, de trabalhar as ações através de parcerias, colocando um fim nessa história de que a Prefeitura tem que ser patrocinadora oficial de tudo: foi graças a essa visão equivocada que vivemos hoje uma situação financeira complicada. Hoje nossa visão é de parceria”, explicou o secretário.

Com o objetivo de fortalecer o turismo histórico na cidade, uma das primeiras ações do novo governo foi o apoio ao Festival Sabores de Cabo Frio, que este ano chega à quarta edição, e também ao projeto de Natal que já começa a ser desenvolvido pela entidade. No primeiro evento a Superintendência de Turismo Histórico e Social vai participar contando a história dos temperos utilizados em cada prato, enriquecendo ainda mais nosso turismo gastronômico. No segundo, o apoio será na criação de um mapa com roteiro histórico de Cabo Frio.

Outra mudança importante que vem sendo implantada pelo atual governo municipal na área do Turismo diz respeito à organização de serviços diretamente ligados ao setor como a criação de uma lei para regulamentação dos polos gastronômicos de Cabo Frio. Os trabalhos já começaram, e ganharam importante apoio do Ministério Público. Diversas reuniões já estão sendo realizadas com os empresários do polo da Passagem, que servirá de base para regulamentação de outros espaços em locais como Tamoios, Peró, Praia do Forte, Boulevard Canal e Rua Porto Alegre entre outros. Também já estão realizadas ações de ordenamento dos serviços de táxi marítimo.