Categorias
Notícias Saúde Vigilância em Saúde Ambiental

Programa de Castração Municipal de Cabo Frio chega ao bairro Manoel Corrêa

Ação para cães e gatos machos acontece nesta terça-feira (11), às 9h30

O Programa de Castração Municipal de cães e gatos (somente machos) de Cabo Frio chega ao bairro Manoel Corrêa nesta terça-feira (11). Realizada pela Prefeitura, a ação acontece a partir das 9h30. Os agentes de controle de zoonoses farão visitas domiciliares para cadastramento, avaliação e agendamento da castração, que é gratuita.

Oficialmente lançado em março, o programa já visitou cerca de 150 residências em Unamar e outras 100 no Canto do Forte, no local conhecido como Lido. Depois do Manoel Corrêa, o programa será levado ao Jacaré, no primeiro distrito, e Santo Antônio, em Tamoios.

Para ter acesso ao serviço é necessário que o tutor do animal apresente documentos como identidade, comprovante de residência com endereço de Cabo Frio, e Cartão Nacional SUS. Esses dados serão utilizados para preencher uma ficha com a identificação do animal e a raça.

As informações serão encaminhadas para a Coordenadoria de Vigilância em Saúde Ambiental, que avaliará e marcará uma data para a castração do pet. Mas, para isso, é preciso que o animal esteja em condições físicas saudáveis, que o permita ser inserido no Programa de Castração Municipal.

Categorias
Destaque Notícias

Vigilância em Saúde Ambiental elabora planejamento para o Castramóvel

Equipamento será utilizado na prevenção às zoonoses em humanos

A Vigilância em Saúde Ambiental, órgão da Secretaria de Saúde, está elaborando o planejamento para a utilização do Castramóvel. A coordenação atua na montagem das equipes e na aquisição de parte dos insumos necessários. A estimativa é de que o equipamento comece a funcionar em fevereiro. O objetivo é prevenir as zoonoses em humanos, além de realizar o controle dos animais de rua ou que são abandonados.

Atualmente, Cabo Frio possui cerca de 25 mil animais, entre cães e gatos, que estão vacinados e a utilização do Castramóvel seguirá as diretrizes do Programa de Castração Animal elaborado pelo Ministério da Saúde. A iniciativa federal prevê o combate da disseminação de zoonoses como esporotricose, sarna, leishmaniose, que são doenças infecciosas naturalmente transmitidas entre animais e seres humanos.

“O castramóvel é uma aquisição importante para o programa municipal e será mais uma ferramenta para o êxito do cumprimento das diretrizes do programa. O planejamento é para que em breve ele inicie a operação, inclusive no segundo distrito e, para isso, estamos trabalhando na montagem de um cronograma que atenda a cidade como um todo”, explicou a coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental, Andreia Nogueira.

Conforme a legislação em vigor, o equipamento é de uso exclusivo da Secretaria de Saúde, que recebeu o veículo legalmente apenas em dezembro. A unidade tem 8,5 metros de comprimento, 2,5 metros de largura e 2,80 metros de altura. De acordo com Andreia Nogueira, inicialmente o castramóvel vai atuar nas áreas com maior incidência das doenças citadas.

office 2013 kaufen