Categorias
Cultura Destaque Governo Igualdade Racial Notícias

Cerimônia solene marca a abertura da Jornada de Integração Cabo Frio – África

Programação reúne cultura, história e promoção da igualdade racial

Foi oficialmente aberta, nesta segunda-feira (24), a Jornada de Integração Cabo Frio – África. Realizada pela Prefeitura, a programação contou com a presença do prefeito José Bonifácio, do cônsul de Angola, Mateus de Sá Miranda, e do cônsul-geral honorário de Cabo Verde, Pedro Antônio dos Santos. O evento acontece até o dia 17 de julho com atividades voltadas para a cultura, história e promoção da igualdade racial, em homenagem aos dois países africanos.

Abrindo a programação, o prefeito José Bonifácio e os cônsules de Angola e de Cabo Verde hastearam as bandeiras do Brasil e dos dois países africanos na Praça Tiradentes, em frente à sede do Poder Executivo cabo-friense.

Anfitrião do evento, o prefeito de Cabo Frio destacou a importância histórica do continente africano e relembrou o início das tratativas para estreitar os laços junto aos países irmãos.

“É com orgulho e muita emoção que abro a Jornada de Integração Cabo Frio – África. Nossa cidade se sente orgulhosa em realizar um encontro de aproximação entre os países de Angola e Cabo Verde. Estamos iniciando nossos trabalhos destacando a importância de conhecermos e divulgarmos a história. A dívida do nosso país com a população negra, que foi retirada do seu território, é imensa. Com este evento, estamos iniciando a construção do resgate cultural, educacional e histórico em Cabo Frio. Temos um governo que conta com quase 40% de negros no primeiro escalão, mas a responsabilidade de mudar o cenário de oportunidades é de cada um de nós. Essa é uma luta para recolocar na história aqueles que realmente construíram esse país”, disse o prefeito.

O cônsul angolano agradeceu as palavras, e lembrou que, quando recebeu a delegação do prefeito José Bonifácio, em janeiro deste ano, ficou registrado o início de uma relação e uma cooperação que vai, efetivamente, fortalecer não apenas a relação que já existe entre Brasil e Angola, mas sobretudo no campo cultural e educacional.

“É na cultura que a gente se reconhece. E os afrodescendentes têm dificuldade de encontrar suas raízes. São raros os exemplos daqueles que se preocupam com esse resgate. Estamos aqui e abraçamos essa jornada. Agora vamos partir juntos nessa busca histórica, entre Cabo Frio, Angola e Cabo Verde”, disse o cônsul angolano, Mateus Sá Miranda.

Reforçando a receptividade cabo-friense, o cônsul cabo-verdiano, Pedro Antônio Santos, celebrou o momento.

“Agradeço ao prefeito José Bonifácio pela preocupação e dedicação com nossa africanidade. Essa é uma das experiências mais lindas que já vivi aqui no Brasil, com autoridades que se interessam pela África de maneira geral. Como cabo-verdiano, isso é muito especial. Antigamente, quando encontrávamos pessoas de outros países, elas não sabiam onde era Cabo Verde, ou identificavam como sendo parte de Angola. Hoje existe esse reconhecimento. Fico muito grato de estar participando desse momento histórico”, finalizou Pedro Antônio.

A jornada continua nesta terça-feira (25) com a mesa de trabalho “Africanidades”, às 14h30, com transmissão ao vivo na página da Prefeitura de Cabo Frio no Facebook (https://www.facebook.com/PrefeituradeCaboFrio).

Categorias
Governo Igualdade Racial Notícias Superintendência de Juventude Superintendência LGBTQ+

Cabo Frio intensifica trabalho para se tornar uma cidade representativa

Ações de combate à intolerância religiosa, homofobia e fortalecimento dos jovens foram reforçadas

Com uma gestão comprometida em transformar Cabo Frio numa cidade melhor para toda a população, a Prefeitura vem trabalhando ativamente para ser cada vez mais representativa. As ações visam fortalecer o diálogo com os mais diversos segmentos, tanto governamentais quanto não governamentais, e ainda buscar formas de gerar mais emprego e renda para a população.

“Cabo Frio apresenta muitos desafios enquanto gestão. Basear esse trabalho em diálogo faz com que possamos abrir canais para conduzir uma gestão participativa. O ponto mais desafiador da Prefeitura é tirar a cidade da crise, elevando Cabo Frio novamente ao status de capital da Região dos Lagos, atraindo empresas, voltando a ter credibilidade, atraindo empregos e dignidade para o povo”, ressalta o secretário de Governo, Aquiles Barreto.

Em busca de uma cidade representativa, o governo municipal vem atuando ainda por meio das superintendências, entre elas as que compõem a estrutura da Secretaria de Governo: Superintendência de Políticas LGBTQ+, Superintendência da Juventude e Superintendência de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

“A atuação desses setores reforça os ideais do governo do prefeito José Bonifácio, com uma equipe de gestão em busca de uma cidade representativa, que combata a violência, os preconceitos, intolerâncias e qualquer manifestação preconceituosa ou discriminatória. Nosso papel vai muito além da articulação política governamental e administrativa: ele entra na função de sinalizar quais ações podem ser feitas para influenciar a população de forma positiva”, reforçou.

SUPERINTENDÊNCIA LGBTQ+
Atuando desde o início de janeiro, a Superintendência de Políticas LGBTQ+ fez uma parceria com a Secretaria de Saúde para emitir o Cartão Nacional de Saúde. O serviço é totalmente gratuito e disponível para toda a população, principalmente a comunidade transexual que possui nome social diferente da certidão de nascimento. O atendimento é virtual e pode ser feito pelo WhatsApp (22) 99720-2782.

Somente no primeiro mês de 2021, mais de 180 cartões foram feitos. Representando a Prefeitura de Cabo Frio, a Superintendência participou ainda do 1º Encontro Temático realizado pela Aliança Nacional LGBTI+. O evento contou com mais de 100 lideranças para discutir políticas públicas de saúde e cidadania. Traçando parcerias na esfera estadual, representantes da Superintendência estiveram na sede do Rio Sem Homofobia alinhando parcerias em prol dos direitos humanos da sociedade LGBTQ+ do município, entre outras ações.

COMBATE À INTOLERÂNCIA RELIGIOSA
Pela primeira vez Cabo Frio terá um Conselho Municipal de Combate à Intolerância Religiosa. A medida inédita aconteceu após o governo municipal abrir as portas para ouvir os representantes de religiões de matriz africana. Presente na estrutura da Secretaria de Governo, a reunião foi organizada pela Coordenadoria Geral de Igualdade Racial e comandada pelo prefeito José Bonifácio.

SUPERINTENDÊNCIA DA JUVENTUDE
Com objetivo de incluir a população jovem, a Prefeitura vem trabalhando em atividades de interação com esse público. Desde o início da gestão, a Superintendência da Juventude, que faz parte da Secretaria de Governo, propôs alteração da Lei do Programa Jovem de Futuro com objetivo de aumentar o valor da bolsa e adequar o programa a nova estrutura administrativa.

Buscando experiências positivas em outras cidades, os representantes abriram um canal de diálogo com a Coordenadoria da Juventude de Niterói. Foram discutidas ações que podem ser implementadas em busca de mais oportunidades e mais qualidade de vida para a juventude cabo-friense.

Também foram realizadas ações em parceria com a Secretaria de Assistência Social em busca de novas políticas públicas. A ideia é utilizar o Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas) para gerar mais oportunidade para a juventude no município. Nesse período foi feito ainda o levantamento dos conselheiros que compõem o Conselho Municipal de Juventude, além da elaboração de um plano de inserção nos bairros, para ouvir a população e seus anseios.