Categorias
Destaque Notícias Saúde vacinação Covid-19

Sábado (30) tem Dia D da Campanha de Multivacinação e imunização contra a covid-19 em Cabo Frio

Para evitar cruzamento das vacinas e aglomeração, as campanhas serão em unidades de saúde diferentes

Com objetivo de manter a imunização de crianças e adolescentes até 14 anos em dia, a Prefeitura de Cabo Frio realiza neste sábado (30) o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação. A ação acontecerá das 9h às 16h em 11 unidades de saúde da cidade.

No ato da imunização, os pais ou responsáveis devem apresentar a caderneta de vacinação para que um profissional avalie quais doses precisarão ser aplicadas, tanto para eventual situação de atraso, falta ou necessidade de reforço. Mesmo em situações de perda da caderneta, a orientação é para que pais ou responsáveis levem as crianças a um dos postos de saúde listados abaixo.

A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 95% das crianças nessa faixa etária. No total, serão oferecidos 18 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças, entre elas a poliomielite, meningite, hepatites, HPV, caxumba, rubéola e sarampo, entre outras.

SÁBADO (30) TAMBÉM TERÁ VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19

Além do Dia D de Multivacinação, neste sábado (30) a Prefeitura de Cabo Frio também estará realizando a vacinação contra a covid-19, mas em unidades de saúde diferentes. A medida, segundo a Secretaria de Saúde, visa evitar cruzamento dos imunizantes e aglomeração.

Neste dia estará sendo aplicada a dose de reforço para idosos acima de 60 anos que já tenham completado três meses de intervalo da segunda aplicação, e também para os profissionais de saúde que tenham tomado a segunda dose do imunizante há seis meses. Serão atendidas ainda as pessoas que estão no período para segunda dose do imunizante e repescagem da primeira dose.

Para receber a vacina contra a covid-19 é preciso apresentar documento de identidade oficial com foto, CPF ou cartão do SUS, e comprovante de residência com endereço de Cabo Frio. Os profissionais de saúde devem apresentar comprovante de vínculo ativo. Em caso de segunda dose, ou dose de reforço, é obrigatório apresentar, também, a carteira de vacinação comprovando que as doses anteriores foram recebidas em Cabo Frio.

Quem tem comorbidade ou alto grau de imunossupressão, deve apresentar, ainda, documentos que comprovem a condição, como cópia de atestados, laudos, prescrições, relatórios médicos e/ou exames complementares. A lista das doenças definidas pelo Ministério da Saúde está no site da Prefeitura (www.cabofrio.rj.gov.br).

Menores de 15 anos deverão estar acompanhados do responsável e apresentar o documento de autorização disponível no site da Prefeitura. No caso de impossibilidade da presença do responsável, o jovem deverá estar acompanhado de uma pessoa maior de idade munido da declaração de próprio punho do responsável. A Secretaria Municipal de Saúde recomenda o preenchimento da autorização antecipadamente para agilizar o tempo de atendimento nos postos de vacinação.

POSTOS PARA A CAMPANHA DE MULTIVACINAÇÃO:

1º DISTRITO
• Casa da Criança – ao lado do Hospital Otime Cardoso dos Santos, no bairro Jardim Esperança
• Centro de Saúde Oswaldo Cruz – Rua Florisbela Roza da Pena, s/nº – Braga
• ESF Vila do Sol – Rua 3, nº 246
• ESF Manoel Corrêa – Rua 7, s/nº
• ESF Parque Burle – Rua Budapeste nº 10
• ESF Cajueiro – Rua Machado de Assis nº 15
• ESF Boca do Mato – Rua Rosalina Cardoso da Fonseca nº 200
• ESF Caminho de Búzios – Rua das Hortências Qd. 7 Lt. 37
• ESF Gamboa – Rua Jorge Veiga S/nº
• ESF Vila do Ar – Rua Ernesto de Melo n°1393
• UBS Praia do Siqueira – Rua Olinda, 352, Palmeiras

2º DISTRITO
• UBS Unamar – Rodovia Amaral Peixoto s/nº
• PAM de Santo Antônio – Avenida Beira Mar, s/n

POSTOS PARA A CAMPANHA DA COVID-19:

1º DISTRITO
• UBS Itajuru – Rua José Gomes da Silva s/nº
• ESF Jardim Caiçara – Rua Inglaterra, nº 478
• ESF Guarani – Rua Duarte da Costa, nº 37
• ESF Jardim Peró – Rua Paraná, nº 51

2º DISTRITO
• ESF Florestinha – Rua Espera Feliz, s/nº
• ESF Samburá – Rodovia Amaral Peixoto Km 135

Categorias
Destaque Notícias Saúde Status da Vacinação

Dia D da Campanha de Multivacinação, em Cabo Frio, é transferido para o próximo dia 30

Meta é atualizar a caderneta de vacinação de 95% das crianças e adolescentes de até 14 anos

A Prefeitura de Cabo Frio transferiu para o dia 30 de outubro a realização do Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação. Inicialmente previsto para este fim de semana, o mutirão passou para a nova data devido à entrega dos insumos pelo Governo do Estado, programada para a próxima sexta-feira (22). De acordo com a Secretaria de Saúde, o município tem autonomia para definir a data do Dia D da campanha nacional.

Mesmo antes da realização do Dia D, 14 unidades de saúde de Cabo Frio estão atuando, de segunda a sexta (exceto feriados), das 9h às 16h, na Campanha Nacional de Multivacinação, desde 1º de outubro. O objetivo é manter em dia a imunização de crianças e adolescentes de até 14 anos.

No ato da imunização, pais ou responsáveis devem apresentar a caderneta de vacinação para que um profissional avalie quais doses precisarão ser aplicadas, tanto para eventual situação de atraso, falta ou necessidade de reforço. No entanto, mesmo em situações de perda do documento, a orientação da Secretaria Municipal de Saúde é para que as crianças sejam levadas a um dos postos disponibilizados para a campanha, seja durante a semana ou no Dia D de multivacinação.

A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar pelo menos 95% das crianças até 14 anos. No total, serão oferecidos 18 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças, entre elas a poliomielite, meningite, hepatites, HPV, caxumba, rubéola e sarampo, entre outras.

A Secretaria de Saúde esclarece que os postos de saúde que aplicam a vacina contra a covid-19 não são os mesmos que atuarão na Campanha Nacional de Multivacinação para evitar cruzamento dos imunizantes e aglomeração.

POSTOS PARA A CAMPANHA DE MULTIVACINAÇÃO:

1º DISTRITO

• Casa da Criança – ao lado do Hospital Otime Cardoso dos Santos, no bairro Jardim Esperança
• Centro de Saúde Oswaldo Cruz – Rua Florisbela Roza da Pena, s/nº – Braga
• ESF Vila do Sol – Rua 3, nº 246
• ESF Manoel Corrêa – Rua 7, s/nº
• ESF Parque Burle – Rua Budapeste nº 10
• ESF Cajueiro – Rua Machado de Assis nº 15
• ESF Boca do Mato – Rua Rosalina Cardoso da Fonseca nº 200
• ESF Caminho de Búzios – Rua das Hortências Qd. 7 Lt. 37
• ESF Gamboa – Rua Jorge Veiga S/nº
• ESF Vila do Ar – Rua Ernesto de Melo n°1393
• UBS Praia do Siqueira – Rua Olinda, 352, Palmeiras

2º DISTRITO
• UBS Unamar – Rodovia Amaral Peixoto s/nº
• ESF Maria Joaquina – Rua da Harmonia, s/nº
• PAM de Santo Antônio – Avenida Beira Mar, s/n

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Crianças podem ser vacinadas até 25 de outubro contra o sarampo

Os responsáveis pelas crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) têm até o dia 25 de outubro para vacinar os pequenos contra o sarampo. A iniciativa integra a campanha de intensificação da vacinação de rotina da tríplice viral (sarampo/rubéola/cachumba) contra a doença. No dia D, realizado no último sábado (19) Cabo Frio imunizou 346 meninas e meninos na faixa etária estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS).

De acordo com a Coordenação de Imunização, 1.395 crianças compareceram às unidades de saúde, mas a maioria estava com a caderneta de vacinação em dia. Até o dia 25, a vacinação de rotina deve ser feita de acordo com o horário de funcionamento de cada posto e conforme o agendamento, caso necessário, para evitar o desperdício de dose.

Segundo o Ministério da Saúde, as crianças são público prioritário devido à alta suscetibilidade dos menores ao sarampo, contudo, a circulação do vírus no país também atinge adultos jovens até 29 anos, que terão de 18 a 31 de novembro para se imunizarem contra a doença. As doses estarão disponíveis em 29 salas e o dia D será realizado em 30 de novembro com nove salas de atendimento.

As unidades do dia D são PS de Unamar, PAM de Santo Antônio, UBS Praia do Siqueira, os ESF’s do Jardim Caiçara, do Jacaré, da Boca do Mato e do Cajueiro; o Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (HMOCS) e o Centro de Saúde Oswaldo Cruz. Todas funcionarão das 9h às 17h.

Dados do MS indicam que em 2019 as crianças na faixa etária acima descrita tiveram elevada taxa de incidência dos surtos da doença. As complicações mais recorrentes derivadas do sarampo são cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonia. Se não tratada a tempo, a patologia pode levar o óbito.

Categorias
Destaque Saúde

Cabo Frio participa do Dia D de vacinação contra a Influenza neste sábado (4)

A rede municipal de Saúde de Cabo Frio participa do Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que acontece neste sábado (4) em todo o país. O atendimento será feito nos 23 postos de vacinação, no primeiro e segundo distritos, que fazem parte da campanha, das 9h às 17h. A campanha começou no dia 10 de abril e se estenderá até 31 de maio.

A primeira semana da campanha foi dedicada especificamente às gestantes e às crianças (de seis meses e menores de seis anos), mas a superintendente da Vigilância em Saúde, Lucy Pires, observa que a procura para imunizar esse segmento foi muito baixa. A médica frisa a necessidade de que todos que façam parte do público-alvo se imunizem o quanto antes.

“O vírus está por aí circulando e é nesses grupos que ocorrem os quadros mais graves, como insuficiência respiratória e até mesmo a morte. Por isso, a grande importância do Dia D de vacinação é ofertar um horário estendido de atendimento nas unidades, facilitando para as pessoas que trabalham ou têm outras atividades durante a semana”, comentou a superintendente.

Além das gestantes e crianças, a campanha visa a imunizar trabalhadores de saúde; puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo); idosos; pessoas com comorbidades; professores e indivíduos privados de liberdade sob medida socioeducativa. A meta da Superintendência de Saúde Coletiva da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos prioritários. No município, 215 profissionais de saúde estão envolvidos.

No caso das crianças que tomarem a vacina pela primeira vez, será necessária uma segunda dose para imunização completa. É necessário seguir a orientação anotada no Cartão de Vacinação ou Caderneta da Criança.

Confira a seguir os locais em que serão aplicadas as vacinas:

– ESF São Jacinto

– ESF Maria Joaquina

– ESF Florestinha

– P.S. de Unamar

– PAM de Santo Antonio

– ESF Nova Califórnia

– ESF Angelim

– ESF Parque Burle

– UBS Praia do Siqueira

– ESF Praia do Siqueira

– ESF Guarani

– ESF Jardim Caiçara

– P.S. Itajuru

– ESF Gamboa

– ESF Jacaré

– ESF Monte Alegre

-ESF Boca do Mato

-ESF Tangará

– Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (Jardim Esperança)

– ESF Cajueiro

– ESF Jardim Nautilus;

– Centro de Saúde Oswaldo Cruz (Braga)

– ESF Vila Nova

Categorias
Destaque Saúde

PAM de São Cristóvão realiza Dia D do Outubro Rosa

O PAM de São Cristóvão realiza nesta quinta-feira (18) o Dia D do Outubro Rosa, a partir das 14h. O objetivo do evento é esclarecer a população sobre o câncer de mama e conscientizá-la sobre a necessidade do diagnóstico precoce da doença. Entre as atividades serão realizados exames e palestras gratuitas à população.

A iniciativa é uma parceria com o Laboratório Municipal de Análises Clínicas, o Serviço Municipal de Imagem, o Hospital-Dia e a Central de Marcação de Consultas. Na programação, haverá aconselhamento nutricional com Renata Garcia, Raquel Rossi, Bruna Calabria, Carolina Almenara e Amanda Rocha; realização de testes rápidos de HIV e sífilis com a equipe de enfermagem do Hospital-Dia, além de medição de glicose e aferição de pressão arterial com os profissionais de enfermagem do PAM.

O tema abordado pelo médico José Roberto M. da Rocha será “A importância da prevenção do câncer de mama” e os aspectos do trabalho desenvolvido junto aos pacientes e acompanhantes será alvo da palestra ministrada pela assistente social Lucinéa Câmara, da ONG Amigas da Mama.

“A cada ano aumentam os casos de câncer entre as mulheres, por isso a importância de promovermos eventos de conscientização, de trazermos à tona o debate em torno desse assunto. A prevenção é o que aumenta, e muito, as chances de cura, que podem chegar a 95% dos casos, se a mulher se cuidar regularmente”, explicou Milceli Galvão, administradora do PAM.

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação anormal de células da mama, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários, e que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama e alguns têm desenvolvimento mais rápido, enquanto outros são mais lentos.

Esse é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo. São 1,38 milhão de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Para o Brasil, estimam-se 59.700 casos novos de câncer de mama para cada ano do biênio 2018-2019, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade. Existe tratamento para câncer de mama, e o Ministério da Saúde oferece atendimento por meio do Sistema Único de Saúde, o SUS.

 

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Baixa adesão à vacinação contra pólio e sarampo prorroga Campanha Nacional até o próximo sábado (22)

O segundo Dia D da Campanha Nacional contra Pólio e Sarampo, no sábado, 15, mais uma vez ficou abaixo das expectativas, tanto em Cabo Frio quanto em boa parte do país. No município, apesar de a ação contar com 18 unidades à disposição dos pais, somente 483 crianças de 1 ano a menores de 5 anos foram imunizadas. Por conta disso, a campanha foi prorrogada até o próximo sábado, dia 22, quando acontece mais um Dia D. Esta é a terceira vez que a ação é prolongada.

A meta do Ministério da Saúde é proteger 95% do público-alvo, que em Cabo Frio representa 10.662 crianças, mas até o momento apenas 8.253 doses foram aplicadas contra a pólio, o que significam 77,41%. Contra o sarampo foram 8.425 doses, que representam 79,02%. As unidades que vão vacinar durante a semana são o Centro de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC); os Esf’s Manoel Corrêa, Jardim Caiçara, Itajuru, Jacaré, Tangará, Boca do Mato, Maria Joaquina, Samburá, UBS da Praia do Siqueira; Hospital do Jardim; PS de Unamar; PAM de Santo Antônio e Esf Florestinha. Os pólos para o Dia D ainda estão sendo definidos.

“Desde o início da campanha, no começo de agosto, a gente reforça a obrigação dos pais e o papel fundamental deles na proteção aos seus filhos. Vacinar é lei no Brasil. É incompreensível que os responsáveis não atentem para o perigo de não imunizarem suas crianças, ainda mais com doenças de alta letalidade e contágio como o sarampo e a pólio. As Secretarias municipal e estadual, bem como o Ministério estão fazendo a sua parte. Cabem aos pais fazerem a deles”, apelou o médico Beto Nogueira, superintendente de Saúde Coletiva de Cabo Frio.

Poliomielite

Segundo especialistas, a vacina contra a poliomielite é segura e protege contra os dois sorotipos do poliovírus 1 e 3. Crianças com comprometimento imunológico devem ser avaliadas antes de tomar a vacina. De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil está livre da poliomielite desde 1990, portanto é fundamental que a população procure a vacina.

Sarampo

Este ano, 18 casos de sarampo foram confirmados no estado do Rio de Janeiro, sendo 15 na cidade do Rio, dois em Duque de Caxias e um em Niterói. Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, a pasta está trabalhando em parceria com os municípios, inclusive realizando vacinação de bloqueio.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Dia D contra pólio e sarampo aplica pouco mais de 3 mil vacinas em Cabo Frio

O Dia D da Campanha Nacional contra a Poliomielite e o Sarampo, realizado neste sábado (18), em Cabo Frio, aplicou pouco mais de 3 mil vacinas em crianças com idade entre 1 e 4 anos. O saldo é parcial, e refere-se a 16 dos 17 postos que participaram da campanha na cidade. Desde total, 1.591 doses foram contra a pólio e 1.586 contra o sarampo. A meta do Ministério da Saúde para o município é imunizar 10.662 meninas e meninos até o final da campanha, no dia 31 deste mês. No entanto, do início da ação até o momento, o total geral é de 7.608 doses aplicadas em ambas patologias, sendo 3.778 contra a pólio (35,43%) e 3.830 contra o sarampo (35,92%).

“Faltando apenas os números de um posto, ficou claro que a adesão dos responsáveis à Campanha foi bem aquém da meta apontada como ideal pela Secretaria de Estado e pelo Ministério da Saúde, assim como em todos os municípios do Estado”, afirmou a médica Lucy Pires, da Vigilância Epidemiológica.

A Coordenação Nacional alerta para que pais e responsáveis não deixem de vacinar as crianças, já que a única forma de proteção é a vacina: a poliomielite deixa sequelas que podem impactar para sempre na vida das crianças, e o sarampo pode matar. Vale destacar que Cabo Frio não apresenta nenhum caso de ambas as doenças há 20 anos, e que os que surgiram no país, que também não registrava ocorrências desde 1990 e 2016, respectivamente, se devem à baixa cobertura vacinal. “Vacinar as crianças é obrigação de pais e responsáveis”, alerta a médica.

Nesta segunda-feira (20) a Campanha continua normalmente nos 17 polos, que funcionarão das 8h às 17h: Centro de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC); os Esf’s Manoel Corrêa, Jardim Caiçara, Itajuru, Jacaré, Tangará, Boca do Mato, Maria Joaquina, Samburá, Monte Alegre e Peró; UBS da Praia do Siqueira; Hospital do Jardim; PS de Unamar; PAM de Santo Antônio, Esf Florestinha e Angelim.