Categorias
Destaque Notícias Saúde

Prefeitura de Cabo Frio inaugura nova Unidade de Saúde no bairro Manoel Corrêa

Clínica da família do Manoel Corrêa e do Jardim Nautilus funcionará em um novo prédio, com mais infraestrutura para atender a população

O bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, conquistou um importante avanço para a saúde da população. Nesta quarta-feira (15) foi inaugurada a nova sede da Estratégia de Saúde da Família (ESF), em um espaço com mais estrutura para a população e gerando economia para os cofres públicos.

“Ao assumir a gestão no início do ano, identificamos, entre tantas situações, que o imóvel da unidade de saúde deste bairro era alugado e estava em péssimas condições. Qualidade na saúde pública é a junção de boa estrutura para pacientes e funcionários, com uma equipe multidisciplinar de atendimento. Atualmente, todas as equipes de saúde da família do município possuem médicos. Estamos ampliando o NASF, Núcleo Ampliado de Saúde da Família, com mais especialidades, também estamos implantando terapias complementares, pois saúde é sinônimo de qualidade de vida”, afirma o secretário de Saúde, Felipe Fernandes.

A unidade funcionava anteriormente em um imóvel alugado, e agora passará a ter um prédio próprio, representando uma economia de R$ 3 mil por mês, ou R$ 36 mil por ano. Para 2022, a capacidade de atendimento para saúde bucal será dobrada. Também haverá área para Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Pics), quadra para atividades físicas e horta comunitária.

A nova unidade de saúde está localizada na rua Guiana, S/N, e vai sediar, também, a Estratégia de Saúde da Família (ESF) do bairro Jardim Nautilus.
“Hoje entregamos à população dos bairros Manoel Corrêa, Jardim Nautilus e também adjacências como Célula Mater e Foguete, as novas instalações da Unidade de Saúde. A partir de agora haverá melhor atendimento, com foco em oferecer infraestrutura de uma clínica com serviços multidisciplinares, com todo tipo de especialidades que possam contribuir para qualidade de vida do paciente”, afirmou o prefeito José Bonifácio durante a inauguração.

Categorias
Assistência Social Destaque Governo Notícias

Moeda Social Itajuru impulsiona a economia no bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio

No primeiro mês, o programa já movimentou mais de R$ 140 mil

Desde que foi implantada no bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, há pouco mais de 40 dias, a Moeda Social Itajuru vem impulsionando a economia local e proporcionando mais dignidade para as 500 famílias beneficiárias. De 29 de outubro a 02 de dezembro, o consumo total de Itajurus no comércio local foi de R$ 140.845,58, gerando total de 3.107 operações.

Segundo o Instituto E-Dinheiro Brasil, entidade responsável pelas transações financeiras do Programa, de 1º a 30 de novembro foram movimentados em compras, no comércio do Manoel Corrêa, R$ 90.841,15, sendo 91,7% em gêneros alimentícios, 3,3% em farmácias, 1% em serviços e 4% em setores como comércio varejista, atacadista, vestuário e construção civil. Já os comerciantes movimentaram o valor de R$ 16.460,65 para pagamento de boletos de convênios, como água, luz e telefone.

O programa de transferência de renda beneficia 500 famílias em situação de vulnerabilidade social. Cada cartão é carregado, mensalmente, com 200 Itajurus, o que equivale a R$ 200. Desde o lançamento, a Prefeitura já realizou duas recargas nos cartões dos beneficiários.

A comerciante Gerlane Gomes, proprietária de um pequeno hortifruti cadastrado no programa, está comemorando o aumento nas vendas. Segundo ela, antes da Moeda Itajuru o faturamento da loja estava muito baixo, levando-a a pensar em fechar as portas.

“Até 29 de outubro as vendas estavam fracas. Eu cheguei a pensar em desistir. Depois do lançamento da moeda, meu faturamento triplicou e agora eu posso até pensar em contratar mais uma pessoa para me ajudar”, conta Gerlane Gomes.

De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Assistência Social, atualmente, 45 comércios estão aptos para receber a moeda no bairro Manoel Corrêa.

A secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti, afirma que com o sucesso do faturamento dos comerciantes, o número de empreendedores interessados em aderir ao programa vem crescendo gradativamente.

“Das 76 empresas que fizeram o pré-cadastro, 46 estão aptas para receber a Moeda Itajuru. A tendência é esse número aumentar, pois os comerciantes estão começando a entender, confiar e a aderir ao programa”, afirma a secretária.

MAIS DIGNIDADE

Para a dona de casa Ivone do Nascimento, beneficiária do programa, a Moeda Itajuru veio numa hora crucial para a família dela.

“Minha família estava se alimentando só com arroz e ovo. Agora, com os Itajurus, vou poder fazer uma boa compra e melhorar nossa alimentação”, afirma.

Vânia Martins da Silva retirou o cartão dela nesta semana, na Secretaria Municipal de Assistência Social. Emocionada, ela afirma que o benefício vai ajudar muito a família.

“As coisas estão muito difíceis hoje em dia. Eu estou muito agradecida a todos, porque com os Itajurus vou poder comprar comida para meus filhos”, afirma Vânia.

COMO FUNCIONA A MOEDA ITAJURU?

A Moeda Social Itajuru pode ser utilizada em mais de 46 comércios do bairro Manoel Corrêa. Para as compras, os beneficiários devem portar a senha individual (que é intransferível), o número de CPF cadastrado e o cartão. Os 200 Itajurus mensais podem ser usados para a compra de insumos relevantes, como diversos gêneros alimentícios, medicamentos, produtos de higiene e demais itens voltados ao suporte essencial no cotidiano. Como critério de seleção, as famílias beneficiárias do programa social oferecido pela Prefeitura de Cabo Frio possuem cadastro no CadÚnico do Governo Federal.

Categorias
Assistência Social Destaque Eventos Moeda Social Itajuru Notícias

Prefeitura de Cabo Frio lança Moeda Social Itajuru

Somente no primeiro dia, os comércios cadastrados no Manoel Corrêa movimentaram o valor equivalente a R$12 mil

A Prefeitura de Cabo Frio lançou oficialmente um novo programa de transferência de renda para a população, a Moeda Social Itajuru. A iniciativa beneficia 500 famílias em situação de vulnerabilidade social do Manoel Corrêa, bairro escolhido para dar início ao projeto cabo-friense. Cada cartão da Moeda Itajuru é carregado mensalmente com 200 Itajurus, o mesmo que R$ 200. A cerimônia de lançamento aconteceu nessa sexta-feira (29), no CIEP Professora Amélia Ferreira dos Santos Gabina. Somente no primeiro dia do programa, cerca de R$12 mil, provenientes da moeda social, circularam nos comércios cadastrados.

Sob os olhares atenciosos de moradores, comerciantes e beneficiários, a solenidade de lançamento da moeda foi prestigiada por inúmeras autoridades políticas, sendo recebidas pelo prefeito José Bonifácio, anfitrião do evento. Em uma atmosfera de esperança e alegria, o chefe do executivo cabo-friense celebrou o aporte de renda que vai impactar diretamente a vida dos cidadãos do Manoel Corrêa.

“Os pilares para reconstruir uma cidade são baseados no tripé, educação, saúde e renda. Agradeço a todas as secretarias envolvidas na implementação da Moeda Social, aos comerciantes que aceitaram esse projeto e aos moradores que acreditaram e serão beneficiados. Dos quinhentos cartões, 98% têm mulheres como beneficiárias titulares , é uma alegria ver os semblantes de realização, não tem preço. Cada beneficiário que está recebendo seu cartão não nos deve nada, é uma obrigação do governo e um direito de todos vocês. Vamos acompanhar o andamento da Moeda, o nosso desejo é que possamos ampliar para outros bairros”, disse o prefeito, que também acompanhou a realização das primeiras compras.

Espelhada em um caso de sucesso e de aquecimento da economia, a Moeda Itajuru foi inspirada na Mumbuca, moeda própria de alta e ampla circulação econômica em Maricá, município da região metropolitana do Estado do Rio de Janeiro. Entusiasta do projeto, o prefeito de Maricá, Fabiano Horta, relatou os avanços determinantes na cidade, assim como a evolução e perspectiva financeira dos moradores.

“Renda é um valor da dignidade humana, precisamos ter clareza de que é um valor que tem que ser garantido a todo cidadão e cidadã deste país, por isso a Mumbuca existe e a Itajuru existe. Assim como aqui em Cabo Frio, iniciamos o projeto em uma quadra de CIEP, com um quantitativo similar de beneficiários. Hoje a Mumbuca está em toda Maricá”, declarou Fabiano Horta.

Simbolizando os quinhentos beneficiários, três moradores receberam em mãos os cartões já com os créditos em Itajuru. Após a solenidade, todos os beneficiários puderam retirar seus cartões aptos ao uso e suas respectivas senhas.

Diretor financeiro da Alerj, Janio Mendes destacou o combate à fome e a recuperação da dignidade como frutos do programa de renda.

“Itajuru significa garganta de pedra, e quem sabe o que isso significa é quem passa fome e hoje, graças a esse Programa, ao nosso prefeito José Bonifácio e a todos os envolvidos, essa não será a realidade. Recebam com carinho este projeto, zelem por ele, para permitir que mais famílias sejam alcançadas”, falou Janio Mendes.

Assim como em Cabo Frio, programas de renda básica são utilizados em todo o mundo como ferramenta de redução da desigualdade social. Sob a ótica de pressão epidemiológica e declínio econômico, a pandemia da Covid-19 acentuou o cenário de diferenças. Com o avanço vacinal e a queda no número de perdas para o coronavírus, a Moeda Social Itajuru acena como uma bandeira não apenas econômica, mas de alento e sinal de dias melhores.

Além do secretariado municipal, a cerimônia também contou com a presença do vice-prefeito de Maricá, Diego Zeidan; do secretário de Comunicação do município metropolitano, Márcio Jardim, do vereador do Rio de Janeiro, Lindbergh Farias; do secretário de Integração Metropolitana do Rio de Janeiro, Aquiles Barreto; do secretário de Planejamento de Iguaba Grande, Eron Bezerra; os vereadores cabo-frienses, Thiago Vasconcellos, Rodolfo de Rui e Felipe Monteiro, além do violinista Fabrício Martins, responsável pela execução do hino nacional e do grupo Tambores Urbanos, fundado no bairro Manoel Corrêa.

Como funciona a Moeda Itajuru?

A Moeda Social Itajuru pode ser utilizada em mais de 75 comércios do bairro Manoel Corrêa. Para as compras, os beneficiários devem portar sua senha, que é intransferível, o número de CPF cadastrado e o cartão. Os 200 itajurus podem ser usados para a compra de insumos relevantes, como diversos gêneros alimentícios, medicamentos, produtos de higiene e demais itens voltados ao suporte essencial no cotidiano. Como critério de seleção, as famílias beneficiárias do programa social oferecido pela Prefeitura de Cabo Frio possuem cadastro no CadÚnico do Governo Federal.

Os contemplados com a Moeda Social Itajuru que não retiraram o cartão poderão comparecer na sede da Secretaria de Assistência Social, a partir da próxima quarta-feira (03), portando documento de identificação com foto. A Secretaria fica localizada na rua Florisbela Rosa da Penha, nº 292, Braga. Os atendimentos são iniciados às 8h.

Categorias
Assistência Social Destaque Moeda Social Itajuru Notícias

Prefeitura de Cabo Frio publica lista com primeiros beneficiados pela Moeda Social Itajuru

Relação conta com 500 famílias do bairro Manoel Corrêa e está disponível no Diário Oficial

A Prefeitura de Cabo Frio tornou pública a relação das 500 primeiras famílias que serão beneficiadas pela Moeda Social Itajuru. A lista foi publicada na edição de número 312 do Diário Oficial. O lançamento oficial do programa Moeda Social Itajuru acontecerá nesta sexta-feira (29), às 10h, no Ciep Professora Amélia Ferreira dos Santos Gabina, no Manoel Corrêa, bairro escolhido para dar início ao projeto piloto.

De acordo com a Secretaria de Assistência Social, responsável pela gestão e monitoramento do programa, a seleção foi realizada pela equipe de Supervisão do Cadastro Único e Programas Sociais, respeitando os critérios descritos na Lei 3.286 de 1º de julho de 2021, beneficiando prioritariamente as famílias em situação de extrema pobreza, pobreza e baixa renda, respectivamente.

No dia do lançamento, uma equipe vai realizar a entrega dos cartões em mesas dispostas em ordem alfabética. A distribuição começará por volta das 12h, logo após o encerramento da cerimônia. Para retirar o cartão, o beneficiário deverá levar um documento de identificação com foto e um comprovante de residência atualizado. Mulheres que são chefes de família terão prioridade na titularidade do benefício.

Nesta fase inicial, 500 famílias em situação de vulnerabilidade social serão beneficiadas com 200 itajurus mensais, o equivalente a R$ 200. A lista com os nomes dos beneficiários está disponível no Portal da Transparência através do endereço eletrônico http://rj.portaldatransparencia.com.br/prefeitura/cabofrio/iframe.cfm?pagina=abreDocumento&arquivo=3FEE075B804F

Categorias
Assistência Social Destaque Fazenda Moeda Social Itajuru Notícias

Prefeitura cadastra 86 comerciantes do Manoel Corrêa para recebimento da Moeda Social Itajuru, em Cabo Frio

Equipe ficou durante toda a semana no CIEP do bairro; novas inscrições podem ser feitas na Casa do Empreendedor

Oitenta e seis empreendedores do bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, já estão habilitados para receber a Moeda Social Itajuru. O cadastramento, que teve início na segunda-feira (23), terminou nesta quinta-feira (26) numa ação coordenada pela Secretaria de Assistência Social em parceria com a Secretaria de Fazenda através da Casa do Empreendedor. O programa está sendo implantado pela Prefeitura da cidade com o objetivo de promover a redução da desigualdade social.

Durante quatro dias os comerciantes do Manoel Corrêa puderam se cadastrar no CIEP Amélia Ferreira dos Santos Gabina. Entre os 86 inscritos estão lojas de material de construção, farmácias, manicures, vendedores autônomos, bazar de alimentos, entre outras atividades.

A secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti, destacou o sucesso da ação e os benefícios do programa para a população cabo-friense.

“O sucesso da adesão à Moeda Social representa a esperança de um novo tempo que se anuncia para a economia da cidade, que começará beneficiando diretamente os pequenos empresários e a população mais vulnerável do Manoel Corrêa”, avaliou Nilza.

A secretária informou que os inscritos no programa devem aguardar o contato da Secretaria. Já os comerciantes do bairro que ainda conseguiram se inscrever, podem se dirigir à Casa do Empreendedor (ao lado do prédio da Câmara de Vereadores, no Centro de Cabo Frio), de segunda a sexta, das 8 às 17h, até o dia 10 de setembro, portando os originais do RG, CPF, comprovante de residência, título de eleitor e CNPJ (se já for formalizado).

Categorias
Destaque Melhor Idade Melhor Idade Notícias

Prefeitura de Cabo Frio leva atendimento social aos idosos do Manoel Corrêa

Próxima ação será no dia 26 no bairro Centro Hípico, em Tamoios

Moradores do bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, receberam nesta sexta-feira (16) uma ação especial promovida por equipes da Prefeitura. Como foco nas pessoas idosas, a Secretaria da Melhor Idade montou uma tenda na Praça das Dunas, onde das 9h às 15h ofereceu, gratuitamente, diversos serviços como orientações jurídicas, cadastro de cartão de estacionamento, comitê de sub-registro com a emissão de segunda via de certidões de casamento, nascimento e certidão de óbito, além de demais orientações sociais.

Segundo a secretária da Melhor Idade, Delamar Sant’anna, o objetivo da ação é aproximar a Secretaria de toda a comunidade. Por isso, a próxima ação será realizada no dia 26 de julho, no bairro Centro Hípico, em Tamoios.

“Este é um governo de integração, aproximação e inclusão. Precisamos ir aonde a população mais vulnerável está. Por isso resolvemos realizar essa ação itinerante, onde levaremos uma vez ao mês os nossos serviços para os bairros da cidade”, explicou Delamar.

Para a ação, a secretária da Melhor Idade agradeceu o apoio de outros setores da Prefeitura, como a Secretaria da Saúde, que cedeu técnicos de enfermagem para aferição de pressão sanguínea e glicose dos idosos. Também houve apoio do Grupo de Apoio ao Idoso (GAI), instituição filantrópica que contribuiu com a doação de roupas e bazar de livros a preços populares, com exemplares a R$1.

“Sempre participamos dos eventos que somos convidados pela Prefeitura. Essa parceria é de extrema importância para sociedade cabo-friense. Precisamos nos unir em prol da pessoa idosa, principalmente neste período de pandemia e isolamento social”, comentou Maria da Conceição Balbi, presidente do GAI.

Categorias
COMSERCAF Destaque Notícias

Manoel Corrêa, em Cabo Frio, recebe mutirão de limpeza

Ação contou com diversas equipes de trabalho e mais de 25 equipamentos

O bairro Manoel Corrêa, em Cabo Frio, recebeu nesta terça-feira (20) um mutirão com os serviços de limpeza realizados pela Prefeitura. O local foi o primeiro a receber uma série de intervenções que também serão levadas para diversos pontos da cidade. Ao todo, mais de 25 equipamentos foram utilizados na ação.

Foram feitos serviços de limpeza de bueiros, capina, recolhimento de lixo domiciliar, retirada de entulho e material inservível, varrição, pode de árvores e recolhimento de galhos. Para o mutirão, a Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf) reuniu funcionários dos setores do Monte Alegre, Jardim Nautillus, Jardim Esperança, Peró e Manoel Corrêa.

O presidente da autarquia, Heitor Fonseca Júnior, destacou a importância de atender os bairros com o mutirão, levando todos os serviços de forma única.

“Estaremos realizando esses mutirões semanalmente. Esse, do Manoel Corrêa, foi realizado como um teste para avaliarmos como e onde podemos melhorar. Para a escolha dos locais, passei por diversas áreas e conversei com os administradores de bairro, assim vamos definindo a ordem de atendimento”, disse Heitor, que acompanhou os serviços de perto.

De acordo com o administrador do bairro Manoel Corrêa, Ting Bahia, a ação traz um impacto positivo para a comunidade.

“Olhando as demandas do Manoel Corrêa entendemos que seria importante trazer os serviços juntos, com o auxílio e participação de outros setores. Ver o mutirão chegando com força para atender o local é muito gratificante”, disse Ting.

Para um atendimento mais completo, a Comsercaf destinou cinco retroescavadeiras, 13 caminhões, três máquinas de vacol, uma prensa e cinco pick-ups de apoio.

Categorias
Destaque Obras

Secretaria de Obras realiza manilhamento em diversos pontos de Cabo Frio

Bairros também recebem operação tapa-buracos e recolocação de paralelos

A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria de Obras, realiza manilhamento em diversos locais no município. A ação, que acontece durante esta semana, prevê a troca de manilhas de 300mm por outras de 400mm tanto no primeiro quanto no segundo distrito.

As equipes atuam no bairro Praia do Siqueira, na Rua Irmã Josefina da Veiga, que no total vai receber cerca de 40 manilhas. Em Tamoios, no bairro Unamar, além da colocação das manilhas será realizado o calçamento em paralelos em toda a travessa.

Na Rua Maestro Clodomiro Guimarães, na Passagem, também será feita a troca de manilhas de 300mm pelas de 400mm. Na Avenida Wilson Mendes os agentes realizam a operação tapa-buraco, que também está sendo realizada no bairro Manoel Corrêa, na Rua das Dunas e na Rua 2.