Categorias
Destaque Notícias Saúde

Fim de semana tem novo mutirão de consultas oftalmológicas em Cabo Frio

Desta vez o atendimento será para pacientes de Tamoios que já foram agendados

Com o objetivo de reduzir a fila de espera de consultas para realização de exames oftalmológicos, a Prefeitura de Cabo Frio realizará neste sábado (25) e domingo (26) uma nova rodada da campanha de “De Olho nos Olhos”. Em formato de mutirão, desta vez serão atendidos moradores de Tamoios que estão na fila de espera desde 2019, e que foram previamente agendados. O atendimento será no Posto de Atendimento Médico (PAM), em São Cristóvão, às 8h.

Iniciada no dia 11 de setembro, este será o segundo fim de semana da campanha, que atende pacientes dos dois distritos de Cabo Frio. Segundo a Secretaria de Saúde, atualmente a fila de espera conta com 5.158 pessoas. Nesta primeira fase do mutirão estão sendo agendados 200 pacientes por fim de semana. Nos últimos dias 11 e 12 foram atendidas 165 pessoas. A expectativa é reduzir a fila de espera em 15%.

A estratégia do governo municipal para atender a demanda de pacientes que aguardam consulta médica desde de 2019 está acontecendo desde o início da gestão. Até o mês de agosto deste ano foram realizados dois mutirões de consulta para clínica médica em Tamoios, e um de atendimento de saúde nos quilombos Maria Romana e Espírito Santo, atendendo mais de 800 pacientes.

“Iniciamos o trabalho na Secretaria de Saúde com diversas questões para serem melhoradas. A fila de espera para consultas e exames é mais um serviço que precisava ser reestruturado. Fizemos o levantamento de toda demanda reprimida e expirada para marcação de consultas. Nossa meta é reduzir a fila de pessoas que estão aguardando há mais de 180 dias. A melhoria da saúde da cidade começa com um bom atendimento, de fácil acesso, na Atenção Básica. É o que buscamos para a população”, diz Felipe Fernandes, secretário de Saúde.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

PAM de Unamar vai orientar pacientes no Dia Nacional de Combate ao Fumo

O Posto de Saúde Dr. Paulo Silva, o PAM de Unamar, vai realizar nesta quarta-feira (29), uma ação de conscientização sobre o Dia Nacional de Combate ao Fumo. A iniciativa visa orientar e tirar dúvidas sobre o tema. Os pacientes que estiverem aguardando atendimento serão abordados pelos agentes de saúde. A ação será realizada na parte da tarde, das 14h às 17h.

Para participar basta comparecer ao local. Na atividade serão discutidas informações sobre a doença, causas, sintomas, tratamentos e os interessados poderão fazer perguntas sobre os riscos à saúde que o hábito de fumar pode acarretar.

O SUS oferece tratamento para tabagismo em mais de três mil municípios brasileiros, com profissionais de saúde capacitados, materiais de apoio e medicamentos gratuitos. Cabo Frio possui um programa voltado para o atendimento especializado às pessoas que desejam parar de fumar.

Quem quiser fazer parte do Programa Municipal de Controle do Tabagismo basta comparecer às segundas e terças na Sala 23 do PAM de São Cristóvão, das 14h às 17h para se inscrever apresentando carteira de identidade. Em geral, depois de inscritos, os interessados participam de quatro sessões em grupo, durante três meses de tratamento e, de acordo com cada caso, reposição de nicotina.

O objetivo do Programa Municipal, que segue diretrizes do Ministério da Saúde e da Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde (SES/RJ), é oferecer informações sobre os riscos de doenças provocadas pelo fumo, ativo ou passivo, e tratamento para quem deseja abandonar o hábito de fumar.

Criado em 1986, pela Lei Federal 7.488, o Dia Nacional de Combate ao Fumo determina o controle do tabagismo como problema de saúde coletiva.

O tabaco

O tabagismo é uma doença, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A entidade classifica o tabagismo como a dependência da droga nicotina, presente em qualquer derivado do tabaco, seja cigarro, cigarrilha, charuto, cachimbo, cigarro de palha, fumo de rolo ou narguilé.

Após ser absorvida, a nicotina atinge o cérebro entre 7 e 19 segundos, liberando substâncias químicas para a corrente sanguínea que levam a uma sensação de prazer e bem-estar. Essa sensação faz com que os fumantes usem o cigarro várias vezes ao dia. Por sentir prazer, o fumante busca o cigarro em situações de estresse, para “relaxar”.