Categorias
Destaque Notícias Turismo, Esporte e Lazer

Cabo Frio entra para o projeto “Brasil, essa é a nossa praia” do Ministério do Turismo

Município obteve a maior pontuação entre todos os que foram selecionados no país

Cabo Frio está entre os nove municípios selecionados para participar do projeto “Brasil, essa é a nossa praia!”, do Ministério do Turismo, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). As demais cidades selecionadas são: Barra do Garças (MT), Barreirinhas (MA), Salvador (BA), Natal (RN), Cruz (CE), Vila Velha (ES), Paraty (RJ) e Osório (RS). Todos serão beneficiados com ações para implementação do Projeto Orla, do Governo Federal.

O município cabo-friense, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer, inscreveu a Praia do Peró no edital do Ministério do Turismo e teve a maior pontuação dentre todas as cidades selecionadas no Brasil.

De acordo com a superintendente de Turismo, Luane Ferreira, o município passará por uma série de atividades até dezembro do ano que vem, que facilitarão a conquista do Projeto Orla e a elaboração do Plano de Gestão Integrada do Município, como a realização de oficinas de capacitação sobre a metodologia do Projeto Orla, a contratação de um facilitador para elaboração do Plano de Gestão Integrada e acompanhamento das oficinas, dentre outros benefícios.

“O Plano de Gestão Integrada agrega informações ambientais e patrimoniais sobre a localidade, e propõe um conjunto de ações que visam reduzir os danos ambientais e promover o desenvolvimento sustentável da região, contribuindo também para a melhoria dos serviços de infraestrutura, de educação ambiental, sinalização das praias, balneabilidade, fluxo turístico, dentre outros”, explica Luane.

Todas as atividades serão participativas, envolvendo poder público e a sociedade civil, através da criação de um Comitê Gestor da Orla no município.

“O uso das orlas para fins turísticos, a médio e longo prazos, depende da qualidade ambiental para que o turismo se desenvolva de forma responsável e contribua para melhorias sociais, econômicas e ecológicas na zona costeira. O Projeto Orla visa a capacitação dos gestores públicos, para a aplicação de diretrizes gerais de disciplinamento de uso e ocupação da costa”, finaliza Luane.

Categorias
Destaque Meio Ambiente Notícias Turismo, Esporte e Lazer

Júri Internacional aprova renovação do Programa Bandeira Azul, na Praia do Peró, em Cabo Frio

Selo que busca desafiar gestores a alcançarem altos padrões de qualidade em praias, marinas e embarcações é renovado pela quarta vez

Pelo quarto ano consecutivo, a Praia do Peró, em Cabo Frio, vai hastear a Bandeira Azul. O resultado da maior premiação global dedicada a gestão de praias, marinas e embarcações de turismo foi divulgado na última sexta-feira (1). O Júri Internacional, reunido na Dinamarca, aprovou a renovação do certificado de qualidade após avaliar as candidaturas de todos os países do hemisfério Sul para a temporada de 2021/2022.

O principal objetivo do Programa é conscientizar a sociedade como um todo quanto à necessidade de proteger ambientes marinhos e costeiros, incentivando a realização de ações com foco em qualidade e proteção ambiental. Para a qualificação ao prêmio, diversos critérios são necessários, como a qualidade da água, atividades de educação ambiental, além de segurança e serviços de turismo sustentável. Todos esses critérios precisam ser comprovados anualmente.

“Uma alegria imensa estarmos quatro anos seguidos com esse prêmio, com governos distintos e com muito trabalho pra manter todos os padrões. Estamos muito contentes e hoje já estamos trabalhando para seguirmos em busca da quinta premiação. Quero agradecer ao secretário de Meio Ambiente e Saneamento, Juarez Lopes, e ao adjunto de Gestão Ambiental, Diego Mureb, que foram muito importantes para essa conquista”, declarou a coordenadora da Bandeira Azul na Praia do Peró, Paloma Arias Ordiales.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Saneamento, Juarez Lopes, que pretende ampliar a candidatura para outros locais da cidade, a renovação da certificação é muito importante para Cabo Frio e um exemplo de continuidade, mesmo em um ano desafiador para que as praias cumprissem com todos os critérios estabelecidos pelo programa.

“A renovação é motivo de muita honra e também de muita preocupação, porque traz uma responsabilidade grande, pois é o modelo de gestão de ordenamento costeiro que queremos. Essa renovação é o compromisso do modelo de praia que pretendemos, multiplicando o conceito de Bandeira Azul para outros territórios. Em breve levaremos esse modelo para outros locais do município”, afirma Juarez.

A cerimônia de hasteamento será realizada entre novembro e dezembro, em data que ainda será divulgada. A bandeira ficará exposta na Praia do Peró até 1 de novembro de 2022.

Ao longo dos anos, o Bandeira Azul tornou-se um rótulo ecológico altamente respeitado e reconhecido, trabalhando para reunir os setores de turismo e meio ambiente de maneira local, regional e internacional. O certificado foi criado pela FEE – Foundation for Environmental Education, que é uma instituição internacional com diversos integrantes representando seus respectivos países. No Brasil, o Operador Nacional do programa é o IAR – Instituto Ambientes em Rede, localizado em Florianópolis – SC.

Categorias
Destaque Esportes Notícias Turismo, Esporte e Lazer

Praia do Peró, em Cabo Frio, vai receber o Circuito Rei e Rainha do Mar

Competições de natação, corrida e canoa havaiana vai acontecer nos dias 11 e 12 de setembro

A primeira etapa de 2021 do Circuito Rei e Rainha do Mar será em Cabo Frio. Nos dias 11 e 12 de setembro o evento acontecerá em um dos mais bonitos santuários naturais do litoral do estado do Rio, a Praia do Peró.

De águas cristalinas, a Praia do Peró conquistou, nos últimos dois anos, o selo internacional de qualidade “Bandeira Azul”. O certificado é emitido por um júri internacional em Copenhague, na Dinamarca, e leva em conta a adoção de medidas que garantam, sobretudo, a balneabilidade da água, sem qualquer resquício de poluição.

“Temos um santuário natural que conta com grande diversidade de espécies e vegetação. Nosso objetivo é preservar e divulgar a beleza natural do local. A Praia do Peró integra as áreas de preservação do Parque Estadual Costa do Sol e da APA Pau Brasil”, explica o biólogo Mário Flávio Moreira, que também é membro da organização Amigos do Peró, grupo de ambientalistas e admiradores da praia de Cabo Frio.

A competição é promovida pela Effect Sport, com patrocínio da Enel Distribuição Rio e da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro, via Lei de Incentivo do Estado, e conta com o apoio da Prefeitura de Cabo Frio.

Além das competições de natação no mar, corrida na areia e canoa, o Rei e Rainha do Mar mantém nessa edição a tradição de promover ações socioambientais. Em parceria com o projeto Mar sem Lixo o circuito irá disponibilizar, durante o evento, sacos de lixo de 200 litros a cada 30 metros da praia, e ainda sacolas biodegradáveis a frequentadores da orla para que o lixo gerado seja devidamente descartado e, na sequência, separado. Os materiais reutilizáveis serão encaminhados à reciclagem, e o que for lixo orgânico será destinado à compostagem.

“Chamar a atenção em relação à problemática do lixo nas praias é muito importante. Queremos melhorar a qualidade de vida nas áreas litorâneas”, afirma a vice-presidente da organização Mar Sem Lixo, Gisele Letieri.

O Circuito Rei e Rainha do Mar tem como uma de suas principais premissas gerar impacto na vida de cada atleta e do planeta. Para isso, vai muito além do esporte como plataforma de transformação. O evento promove a conscientização sobre o hábito de reduzir, reutilizar e reciclar em pequenas ações no dia a dia.

Dando o exemplo, o evento eliminou do kit atleta as embalagens plásticas individuais das camisas e toucas. Além disso, as lonas do evento são reutilizadas. Todo o valor gerado com doações de resíduos para reciclagem é revertido para projetos sociais sem fins lucrativos que atuam com esporte. Todos os compromissos com a sustentabilidade estão no site oficial do evento: www.reierainhadomar.com.br.

NOVIDADE DESSA ETAPA: CANOA HAVAIANA

Além das provas já conhecidas pelo público, os atletas poderão competir na modalidade canoa havaiana em percursos de 6 K ou 12 K. As provas de natação no mar são a Open (500 M), Sprint (1 K), Classic (2 k), Challenge (4 k) e Super Challenge (10K). As competições de corrida contam com Trail RUN (8 KM) e Beach RUN (2 KM e 5 KM). Esportistas, que amam nadar e correr em sequência, podem participar da modalidade Beach Biathlon (1 KM de natação e 2 KM de corrida na areia).

As inscrições para o circuito já estão abertas pelo site www.reierainhadomar.com e com vagas limitadas por conta dos novos protocolos para a realização dos eventos.

Categorias
Destaque Turismo

Cerimônia de Hasteamento da Bandeira Azul no Peró é cancelada

Evento, previsto para esta sexta-feira (11), foi desmarcado por conta da pandemia do COVID-19. Porém, a praia segue homologada

A Prefeitura de Cabo Frio e a organização responsável pelo Programa “Bandeira Azul” no Brasil informam que o tradicional hasteamento da bandeira, que estava marcado para esta sexta-feira (11), na Praia do Peró, foi cancelado.

O motivo do cancelamento alegado pela organização é que, por conta da pandemia do COVID-19, “o momento não permite uma festa como a ocasião merece”. Porém, não há alteração ou mudança na homologação da Praia do Peró para a temporada 2020/2021 dentro do programa.

A “Bandeira Azul” será entregue ao atual prefeito Dr. Adriano Moreno e ao prefeito eleito, José Bonifácio, em cerimônia restrita, com data e hora a serem definidas pela organização. O evento será documentado pela assessoria de imprensa do Programa “Bandeira Azul” e o material será colocado a disposição a todos os jornalistas interessados.

Categorias
Destaque Meio Ambiente

Comitê Gestor do Bandeira Azul define detalhes para cerimônia de hasteamento

O Comitê Gestor do Bandeira Azul Praia do Peró realizou, nesta quarta-feira (23), a reunião que definiu os últimos detalhes para a cerimônia de hasteamento, que ocorrerá no próximo dia 13 de novembro, data do aniversário de Cabo Frio.  O evento contará com a apresentação da Banda dos Fuzileiros Navais, da Marinha do Brasil.

A reunião aconteceu no Terminal de Transatlânticos e contou com a participação de representantes das Secretarias de Meio Ambiente, de Governo, do Turismo, de Obras, da Guarda Municipal, da Associação dos Quiosqueiros da Praia do Peró, da Associação dos Amigos do Peró e da Marinha.

A coordenadora do Programa Bandeira Azul, Paloma Arias, fez uma explanação sobre o que já foi feito e o que ainda resta organizar para a cerimônia. Lembrou ainda aos representantes que haverá uma vistoria, por parte do Comitê Nacional, dois ou três dias antes do hasteamento.

“Estamos com tudo praticamente pronto, faltando apenas detalhes para que atinjamos as metas estabelecidas para as adequações aos 34 critérios que regem o Programa Bandeira Azul. Até este fim de semana finalizaremos os canteiros e revitalizaremos as áreas de ipomeias, além de  instalação das lixeiras, e colocação de postes especiais e placas de orientação aos banhistas. Estaremos incrementando, com placas e orientações dos “Azuis” (agentes do Programa Bandeira Azul), para que a população esteja ciente da proibição de levar cães, gatos e outros animais à Praia do Peró durante toda a temporada de certificação.  Pedimos a todos os que irão comparecer à cerimônia que vistam camisas azuis”, afirmou Paloma Arias.

A grande novidade na programação, este ano, é a realização de uma edição do Pôr do Sol Histórico, no dia 12, véspera do hasteamento, com músicas populares e poesias.

No dia 13, a programação terá início às 8h, com a “corrida azul” e atividades esportivas na areia. No local estarão instaladas tendas de projetos ambientais. Em seguida, será a vez da Banda de Música da Marinha do Brasil, que abrirá a cerimônia oficial do hasteamento da bandeira. O encerramento será às 14h, com show do cantor Tom Zair.

Categorias
Destaque Fiscalização de Posturas Meio Ambiente Notícias

Crianças participam de plantio de ipomeias na Praia do Peró

Cerca de 30 crianças, entre 4 e 5 anos, participaram na manhã deste sábado (29) do replantio de ipomeias na parte certificada pelo Programa Bandeira Azul da Orla da Praia do Peró. A ação foi uma iniciativa da Guarda Marítima e Ambiental, que convidou  alunos e professores da Escola Municipal Etelvina Santana da Fonseca, que fica no bairro. O evento contou com a participação da Secretaria do Meio Ambiente e da Coordenadoria de Posturas da secretaria de Desenvolvimento.

O replantio foi realizado com mudas retiradas na própria Orla.  As crianças aprenderam desde a escolha das mudas até o plantio no lugar correto, para entender a importância das ipomeias para a praia e o meio ambiente em si.

A ipomeia é conhecida como “segura-duna” ou “segura-areia”, pois se espalha pelo terreno fixando-se com uma série de raízes com pequeno espaçamento, o que faz com que o solo, mesmo arenoso, como na praia, mantenha-se firme e coeso, mesmo sob a ação do vento constante.

Para o superintendente da Guarda Marítima e Ambiental, Paulo Fernando Dias, a ação foi além dos seus objetivos.

“O que vimos, hoje, foi a formação de uma turma de novos ambientalistas.  As crianças, justamente pela pouca idade, aprendem rápido, assimilando o porquê de estarem fazendo aquele tipo de ação.  Logo, serão jovens e adultos com a consciência ambiental aprimorada pelo que fizemos hoje.  Durante toda a programação, o interesse e a participação das crianças foram plenos, deixando a todos nós, orientadores, espantados com a rapidez com que aprenderam a identificar as mudas e selecionar os locais de replantio.  Estamos muito  satisfeitos com o resultado”, comemorou.

A Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio  agradeceu a participação dos agentes da Secretaria de Meio Ambiente e da coordenadoria de Posturas, que garantiram as partes de orientações ambientais e de segurança para as crianças.

Novas ações estão programadas para o distrito de Tamoios e para a Praia do Forte, ainda em datas a serem definidas.

Categorias
Desenvolvimento da Cidade Destaque Meio Ambiente Notícias

Prefeitura aciona equipes da Petrobras e do Inea após aparecimento de óleo na Praia do Peró

Equipes da Petrobras e do Inea que estão na região por conta do aparecimento de manchas de óleo no mar e nas areias das praias de Cabo Frio, Búzios e Arraial do Cabo, foram acionadas na manhã deste sábado (13) pela Coordenadoria de Meio Ambiente da secretaria de Desenvolvimento, após a constatação do aparecimento de “pelotas” na Praia do Peró, inclusive na parte certificada pelo Programa Bandeira Azul.

Como a quantidade de manchas na areia era significativa, a coordenação do Bandeira Azul Praia do Peró achou por bem arriar a bandeira, até que a situação se normalize.

Agentes da Comsercaf também entraram em ação, auxiliando na limpeza, uma vez que o óleo continuou chegando à areia, impulsionado pela maré.

O incidente não impediu que turistas e moradores frequentassem normalmente a praia e não teve reflexos para quiosqueiros ou ambulantes.

“É óbvio que ficamos tristes e apreensivos com o incidente, mas o aparecimento de mais manchas nas praias já era esperado, uma vez que a Petrobras ainda não havia anunciado a contenção total do vazamento. Por mais que o óleo, no estado físico em que se encontra, não cause nenhum dano imediato, população deve evitar o contato e, caso o piche grude na pele, ele sai facilmente com óleo vegetal. Quanto aos danos ambientais, já firmamos acordo com a Petrobras para capacitação dos nossos agentes e a doação de equipamentos para que possamos nos adiantar e iniciarmos uma ação imediata em caso de novas manchas. É uma pena que nossa praia certificada esteja enfrentando esse problema, mas é um incidente que não foi causado por nós e o que podemos fazer é agir com prontidão, como fizemos hoje, para evitar danos maiores”, afirmou Mario Flavio Moreira, coordenador de Meio Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento.

Categorias
Destaque Meio Ambiente Notícias

Projeto “Peró + Que Azul” encanta participantes e voluntários

O Programa Bandeira Azul Praia do Peró, realizou na manhã deste sábado (30), em conjunto com o Instituto SOMAR – Turismo de Acessibilidade e a Prefeitura de Cabo Frio, o Projeto Peró+Que Azul”. O evento ofereceu oficinas educativas à 30 crianças atendidas pelo Centro de Atenção ao Jovem Espaço Feliz – Cajef – e a 20 surfistas da Praia do Peró que se inscreveram para as atividades. A animação das crianças e participantes atraiu dezenas de voluntários, entre turistas e moradores do Peró, que não só ajudaram nas atividades como filmaram e parabenizaram os organizadores.

A programação teve início às 8h, em frente ao posto do Corpo de Bombeiros, com um curso de pilotagem de drones voltado às crianças do Cajef, oferecido pela empresa SpaceImagem, que criou o projeto Next Generation. O aluno Kleiton foi quem teve o melhor desempenho e, como premiação, ganhou um drone e vai trabalhar com a empresa.

O Instituto Escola do Mar realizou uma oficina de salvamento com pranchas, para os surfistas do Peró, também com a participação das crianças do Cajef, em conjunto com o Instituto SOMAR, que fez demonstrações para as crianças quanto ao uso da cadeira de rodas anfíbia, que permite a cadeirantes tomar banho de mar.

A empresa BW consultoria veterinária, em parceria com a iGUi Ecologia, ministrou oficina sobre o ambiente marinho com o objetivo de mostrar os impactos gerados através do descarte incorreto de resíduos sólidos e os principais danos causados no ambiente marinho. Os participantes e voluntários recolheram microlixo na Praia e até um “bitucômetro” foi montado, para quantificar a presença de “bitucas” de cigarro na areia.

“Está sendo um evento muito gratificante para nós, organizadores, vermos essas crianças, que têm muito potencial, receber noções ambientais e sociais, percebendo que fazem parte do dia a dia da comunidade como cidadãos comuns, sem distinção.  Certamente sairão daqui muitos multiplicadores dos conceitos aplicados em relação ao meio ambiente e ao convívio social”, afirmou Magno Maiques, coordenador do Programa Bandeira Azul Praia do Peró.

“A programação foi muito bem planejada. Primeiro os conceitos, as oficinas e as atividades lúdicas. Agora, partiremos para a Casa Di Gaya, pousada gentilmente cedida pelos proprietários, Marta e Machado, para a parte do acolhimento e da convivência, onde faremos um churrasco e um acampamento com as crianças, que só sairão daqui após o café da manhã, mostrando que elas são, sim, partes ativas na comunidade e que podem escolher o melhor caminho, saindo daqui pequenos cidadãos conscientes e envolvidos com o meio ambiente.  Gostaria de agradecer a todos os parceiros que contribuíram para que este projeto se realizasse”, disse Paloma Arias, coordenadora do Programa Bandeira Azul Praia do Peró.

O Cajef é uma ong que atende crianças e adolescente em risco social. Trabalhando a cidadania e resgate da autoestima e investindo em orientações socioculturais.

Categorias
Destaque Meio Ambiente Notícias

Prefeitura faz primeira inspeção para adequação da orla do Peró ao Bandeira Azul

A Praia do Peró, em Cabo Frio, acaba de passar pela primeira inspeção para adequação da orla aos critérios obrigatórios do programa Bandeira Azul. O trabalho foi realizado pelo coordenador do Bandeira Azul Praia do Peró, Magno Maiques, e pela arquiteta e urbanista Anne Kellen Apicelo, do setor de projetos da Prefeitura. A vistoria teve como objetivo levantar as necessidades ainda pendentes com relação às adequações físicas do espaço para que a bandeira seja hasteada ainda nesta temporada de verão, impulsionando a praia como destino turístico e ecológico internacional.

 

As principais preocupações são a mobilidade e o acesso à praia, uma vez que a rua da orla será interditada, transformada em calçadão, liberando o acesso apenas de pedestres. O trânsito nas vias de acesso à praia também deverão passar por alterações para gerar maior fluidez, evitando congestionamentos e prejuízo aos moradores do bairro.

 

“A primeira ação será criar a acessibilidade necessária. Nossa equipe vai, agora, se dedicar em iniciar essas adequações de mobilidade para, em seguida, passarmos à parte física. Temos o muro de contenção bastante danificado, e o quadro de energia dos quiosques que precisa de uma intervenção urgente, mas acredito, com toda a tranquilidade, que a Praia do Peró estará pronta para receber a Bandeira Azul em 1º de dezembro”, explicou Anne Kellen Apicelo.

 

Para o coordenador do programa Bandeira Azul Praia do Peró, os quiosques também merecem uma atenção especial. “Vamos olhar com bastante cuidado para a questão do esgotamento sanitário, que é critério eliminatório: já foi provado que a rede que atende à praia não está suportando o fluxo recebido. Os concessionários de quiosques também serão chamados para que haja uma padronização e se estabeleça um número limite de mesas e cadeiras na areia, além, é claro, da disponibilização de banheiros e chuveiros adaptados. É um grande trabalho, mas já avançamos muito e acredito que tudo vai ocorrer da melhor forma possível”, acrescentou Magno Maiques. A Praia do Peró já recebeu a autorização para ostentar a Bandeira Azul no verão 2018/2019, mas terá que realizar essas adequações para que a bandeira continue durante o ano inteiro e a certificação oficial se concretize.