Categorias
Boletim COVID-19 Destaque Notícias Saúde

Pessoas de 46 a 51 anos com comorbidades serão vacinadas em Cabo Frio

Envio de vacinas pelo Estado permanece de forma gradativa, não abrangendo todas as idades deste novo público-alvo

Na próxima semana a Prefeitura de Cabo Frio vai dar continuidade à campanha de vacinação contra a Covid-19. Seguindo com a fase 1 do grupo definido pelo Ministério da Saúde, desta vez serão imunizadas com a primeira dose da vacina pessoas de 46 a 51 anos com comorbidades.

Como acontece com os demais grupos, a ampliação da vacinação será de forma escalonada devido ao envio de vacinas pelo Estado, que permanece de forma gradativa, não abrangendo todas as idades deste público-alvo.

Pessoas de 51 anos com comorbidades serão vacinadas com a primeira dose na terça-feira (25), e de 50 anos com comorbidades na quarta-feira (26). Já na quinta-feira (27) é a vez de pessoas com comorbidades que tenham 49 e 48 anos. Na sexta-feira (28) são as pessoas com comorbidades de 47 e 46 anos.

De terça (25) a quinta-feira (27) a imunização acontece das 9h às 16h, e na sexta-feira (28) das 9h às 12h, nas unidades de saúde específicas para Covid-19. No drive-thru será de terça (25) a sexta-feira (28), das 9h às 12h.

O horário de sexta-feira e do drive-thru foram alterados com objetivo de evitar perdas da vacina por conta da forma de armazenamento e do período que o insumo precisa ser utilizado após a abertura do frasco, já que a demanda está descentralizada.

COMORBIDADES DEFINIDAS PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE

As comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde para prioridade na vacinação são doenças cardiovasculares (incluindo insuficiência cardíaca), hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndrome coronariana, valvopatia, miocardiopatia e pericardiopatia, doença da aorta, doença dos grandes vasos e fístulas asteriovenosas, arritmia cardíaca, cardiopatias congênitas, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; diabetes, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial resistente, hipertensão arterial estágio 3, hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos, anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática e HIV.

Na fase 1 estão incluídas, também, pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) independente da idade (18 a 59 anos) para aplicação da primeira dose da vacina. Esta fase contempla, ainda, os deficientes permanentes cadastrados no BPC com idade entre 18 e 59 anos. A imunização desses grupos acontece de terça (25) a quinta-feira (27), das 9h às 16, e na sexta-feira (28) das 9h às 12h, nas unidades de saúde específicas para Covid-19. No drive-thru será das 9h às 12h.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

Para tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19, pessoas inseridas no grupo de comorbidades devem comprovar a condição de saúde por meio de documentação. No ato da vacinação, devem apresentar cópia de atestados, laudos, prescrições, relatórios médicos e/ou exames complementares. Os deficientes permanentes devem levar o laudo com o Cadastro Internacional da Doença (CID). Também é preciso levar documento oficial com foto, CPF ou Cartão Nacional do SUS e comprovante de residência com endereço de Cabo Frio.

VACINAÇÃO DE PROSSIONAIS DE SAÚDE CONTINUA NA TERÇA (25) E QUINTA (27)

Os profissionais de saúde, previamente agendados, receberão a primeira dose da vacina no PAM de São Cristóvão e no PAM de Santo Antônio, na terça (25) e quinta (27), das 9h às 15h. Quem estava agendado para datas anteriores mas perdeu o prazo, também deve comparecer para se vacinar. É obrigatório apresentar o comprovante de vínculo profissional ativo.

Quem já enviou e-mail para vacinacao@cabofrio.rj.gov.br deve aguardar o contato da Secretaria de Saúde por telefone ou via endereço eletrônico. Quem ainda não se cadastrou, deve enviar nome completo, declaração que comprove vínculo empregatício ativo, data de nascimento, telefones de contato, CPF, local de trabalho, profissão e cargo.

A segunda dose não precisa de agendamento, basta ir nas terças ou quintas para receber o imunizante. Caso a data marcada no cartão de vacinação seja em um fim de semana ou feriado, o profissional de saúde deve comparece no PAM na semana seguinte à data agendada.

ONDE SE VACINAR:

Drive-thru (apenas primeira dose)
Drive-thru – Centro Municipal de Reabilitação – Avenida Henrique Terra, 706, esquina com a Av. Quatro Estações – Novo Portinho
Drive thru – PAM de Santo Antônio – Avenida Beira Mar, s/n

1º Distrito (primeira e segunda doses)
ESF Jardim Náutilus – Rua: Guiana s/n
ESF Guarani – Rua Duarte da Costa, nº 37
ESF Jardim Caiçara – Rua Inglaterra nº 478
ESF Praia do Siqueira/Palmeiras – Travessa Amapá s/nº
ESF Vila Nova – Rua José Paes de Abreu n° 510
ESF Jacaré – Rua Samuel Bessa s/nº
ESF Peró – Rua Olivia Lopes s/nº
ESF Monte Alegre – Rua Drº Cardoso da Fonseca s/nº
ESF Vila do Ar – Rua Ernesto de Melo n°1393
ESF Jardim Peró – Rua Paraná n° 51
ESF Tangará – Rua Castro Alves s/nº

2º Distrito (primeira e segunda doses)
PAM de Santo Antônio – Avenida Beira Mar, s/n
ESF Maria Joaquina – Rua da Harmonia s/nº
ESF São Jacinto – Estrada de São Jacinto s/n°
ESF Nova Califórnia – Rua das Pacas Qd B Lt38
ESF Botafogo- estrada de Botafogo S/N
ESF Angelim – vacinação em domicílio
ESF Araçá – vacinação em domicílio

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Cabo Frio dá início à capacitação dos agentes comunitários de saúde

Objetivo é aproveitar a atuação desses profissionais para aprimorar as políticas públicas de saúde

Agentes Comunitários de Saúde de Cabo Frio começaram a receber capacitação nesta segunda-feira (25). O objetivo é preparar as equipes para que sejam olhos e ouvidos da Secretaria da Saúde, captando informações necessárias de forma a ajudar na construção de políticas públicas de saúde cada vez melhores para a população cabo-friense.

Coordenada pela Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, a capacitação é voltada para os 61 novos agentes, que serão divididos em quatro turmas. Para os profissionais do primeiro distrito o curso acontece na Universidade Veiga de Almeida (UVA), no bairro Perynas. Já os agentes de Tamoios serão capacitados na Escola Terra dos Papagaios, em Unamar. O treinamento tem carga horária de 40 horas, duração de três semanas com encerramento no dia 11 de fevereiro, e direito à certificado após prova de avaliação.

No treinamento, estão sendo abordados diversos assuntos como preenchimento de cadastros domiciliares, individuais e territoriais; educação em saúde; Atenção Básica em Saúde; diretrizes de saúde pública brasileira; Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) e suas estruturas, responsabilidades, atuações e demais assuntos pertinentes à área.

Também serão apresentados aos agentes temas como cobertura de exame citopatológico; cobertura vacinal de poliomielite inativada e de pentavalente; percentual de pessoas hipertensas com pressão arterial aferida em cada semestre; percentual de diabéticos com solicitação de hemoglobina glicada, e discutidas informações sobre pré-natal, Programa Bolsa Família (PBF), teste do pezinho, atendimentos de hiperdia, atendimento de odontologia etc.

O Curso Introdutório é organizado pelo psicólogo Sady Marchesin e pela enfermeira Leila Tomazinho, que participaram de solenidade de abertura junto com a também enfermeira Veleida Imbiriba (Apoiadora Facilitadora da Estratégia de Saúde da Família |ESF), a sanitarista Érika Borges (subsecretária de Atenção Básica de Cabo Frio), e também com o secretário de Saúde, Felipe Fernandes, que destacou a importância desta capacitação para melhorar e ampliar as políticas públicas de saúde em Cabo Frio.

“Quando se fala em saúde, normalmente as pessoas pensam em um médico, mas está muito além disso. Os agentes de saúde estão diretamente ligados à qualidade de vida do paciente. Eu gosto muito de uma frase que diz que ‘a cabeça pensa onde o pé pisa’, e os agentes de saúde vão estar pisando nas casas das pessoas, nas comunidades, sendo nossos olhos para nos ajudar a conduzir e a pensar as políticas públicas para a população”, afirmou o secretário.

Além desta capacitação, todos os 61 agentes comunitários de saúde também receberam treinamento, na última semana, no sistema de lançamento de dados da Secretaria de Saúde. A ferramenta abriga as informações coletadas das famílias referente à área de atuação de cada agente. A consolidação e análise de dados é uma das estratégias que ajuda a nortear as ações da Atenção Básica em Cabo Frio.

A subsecretária de Atenção Básica de Cabo Frio, Érika Borges, pontuou que o todas as etapas do treinamento são obrigatórias porque qualificarão os profissionais para o exercício de suas funções. Ela revelou, também, que atualmente Cabo Frio possui 222 agentes comunitários de saúde que atuam em 36 equipes de Estratégia em Saúde da Família (ESF) em 27 unidades físicas.

Categorias
Gabinete de Soluções Contra o Covid Saúde Sem classificação

Saúde de Cabo Frio elabora Planejamento de Contingência para Vacinação contra a Covid-19

Equipes definem estratégias para atendimento à população

Equipes de diversos setores da Secretaria de Saúde de Cabo Frio estão trabalhando na elaboração do Planejamento de Contingência para Vacinação contra a Covid-19. Desde a última semana, visitas estão sendo feitas a espaços no município para avaliar quais podem servir como polos de imunização e quais adequações serão necessárias para a campanha.

Os locais já visitados foram a Escola Municipal Professor Edilson Duarte, no Jardim Caiçara e o Ciep Hermes Barcelos, no Jardim Esperança; o Centro Educacional Municipal Professora Marli Capp, em Unamar, e o Ginásio Poliesportivo Municipal João Augusto Teixeira, em Santo Antônio, ambos em Tamoios. O resultado sobre os espaços que abrigarão a campanha serão informados posteriormente.

“A prioridade do governo é conter a disseminação da Covid-19 no município. Para isso, todas as equipes da Saúde necessárias ao planejamento e à execução das medidas trabalham no levantamento das ações para implantação do Planejamento de Contingência”, afirmou o secretário de Saúde, Felipe Fernandes.

Além de verificar possíveis locais de vacinação e para insumos, as equipes também elaboram as estratégias que vão nortear a campanha, como formação das equipes, definição das fases e de grupos prioritários, entre outras medidas, além da estrutura e da segurança. As ações municipais seguirão o calendário e as diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Saúde e pelo Governo do Estado.

Vacinas e demais insumos

A Secretaria de Saúde vai seguir as determinações tanto do Ministério da Saúde no que se refere às vacinas quanto do Estado no que se refere às seringas e agulhas. Desta forma, o governo vai utilizar as remessas que serão enviadas pelas esferas federal e estadual, respectivamente. Até o momento, não há estimativa das doses que serão recebidas.

Em relação a data para início da vacinação, a Coordenação de Imunização afirmou que o calendário municipal seguirá o cronograma do governo federal, que prevê começar a campanha entre o dia 20 de janeiro e a segunda quinzena de fevereiro. Na primeira fase a estimativa do município é imunizar 7.161 pessoas, sendo 4.534 profissionais de saúde e 2.627 idosos a partir de 75 anos.

Em conjunto com os órgãos municipais competentes, e sob as orientações dos governos estadual e federal, a Secretaria de Saúde de Cabo Frio está elaborando os parâmetros das próximas fases.

office 365 kaufen