Categorias
Notícias Saúde Vigilância em Saúde Ambiental

Programa de Castração Municipal de Cabo Frio chega ao bairro Manoel Corrêa

Ação para cães e gatos machos acontece nesta terça-feira (11), às 9h30

O Programa de Castração Municipal de cães e gatos (somente machos) de Cabo Frio chega ao bairro Manoel Corrêa nesta terça-feira (11). Realizada pela Prefeitura, a ação acontece a partir das 9h30. Os agentes de controle de zoonoses farão visitas domiciliares para cadastramento, avaliação e agendamento da castração, que é gratuita.

Oficialmente lançado em março, o programa já visitou cerca de 150 residências em Unamar e outras 100 no Canto do Forte, no local conhecido como Lido. Depois do Manoel Corrêa, o programa será levado ao Jacaré, no primeiro distrito, e Santo Antônio, em Tamoios.

Para ter acesso ao serviço é necessário que o tutor do animal apresente documentos como identidade, comprovante de residência com endereço de Cabo Frio, e Cartão Nacional SUS. Esses dados serão utilizados para preencher uma ficha com a identificação do animal e a raça.

As informações serão encaminhadas para a Coordenadoria de Vigilância em Saúde Ambiental, que avaliará e marcará uma data para a castração do pet. Mas, para isso, é preciso que o animal esteja em condições físicas saudáveis, que o permita ser inserido no Programa de Castração Municipal.

Categorias
Destaque Notícias Saúde vacinação Covid-19

Começa a vacinação de pessoas com comorbidades abaixo de 60 anos em Cabo Frio

Grupo inclui pessoas com deficiências permanentes graves, pacientes renais crônicos e com síndrome de down, grávidas e puérperas

A Prefeitura de Cabo Frio começa nesta quarta-feira (05) a vacinação contra o coronavírus de moradores portadores de comorbidades com menos de 60 anos que podem agravar a Covid-19. O grupo inclui pessoas com deficiências permanentes graves, pacientes renais crônicos e com síndrome de down, além de mulheres grávidas e puérperas.

A vacinação deste grupo será dividida por dia, para evitar aglomerações e oferecer mais conforto durante o atendimento nas unidades de saúde específicas para Covid-19. Para ser vacinado, o cidadão deve levar o atestado, prescrições ou relatórios médicos, além do documento com foto. 

Na quarta-feira (05), das 13h às 16h, será a vez das gestantes e puérperas de qualquer idade. No mesmo dia, pacientes com síndrome de down, também de qualquer idade, estarão sendo vacinados na APAE do primeiro e do segundo distritos, das 9h às 16h.

Na sexta-feira (07), serão vacinadas mulheres de 59 anos com as comorbidades listadas (deficientes permanentes graves, paciente renal crônico ou com síndrome de down).

ONDE E COMO SE VACINAR
Para tomar a vacina é necessário portar documento oficial com foto, CPF ou Cartão Nacional do SUS e comprovante de residência, além do atestado, prescrições ou relatórios médicos. O drive-thru não atenderá esse grupo.

1º DISTRITO
ESF Jardim Náutilus – Rua: Guiana s/n
ESF Guarani – Rua Duarte da Costa, nº 37
ESF Jardim Caiçara – Rua Inglaterra nº 478
ESF Praia do Siqueira/Palmeiras – Travessa Amapá s/nº
ESF Vila Nova – Rua José Paes de Abreu n° 510
ESF Jacaré – Rua Samuel Bessa s/nº
ESF Peró – Rua Olivia Lopes s/nº
ESF Monte Alegre –Rua Drº Cardoso da Fonseca s/nº
ESF Vila do Ar – Rua Ernesto de Melo n°1393
ESF Jardim Peró – Rua Paraná n° 51
ESF Tangará – Rua Castro Alves s/nº

2º DISTRITO

PAM de Santo Antônio – Avenida Beira Mar, s/n
ESF Maria Joaquina – Rua da Harmonia s/nº
ESF São Jacinto – Estrada de São Jacinto s/n°
ESF Nova Califórnia – Rua das Pacas Qd B Lt38
ESF Botafogo- estrada de Botafogo S/N
ESF Angelim – vacinação em domicílio
ESF Araçá – vacinação em domicílio

Categorias
Destaque Notícias Saúde Vacinação Influenza

Campanha contra o vírus da gripe tem novos locais para vacinação em Cabo Frio

Imunização será em postos saúde exclusivos para evitar cruzamento de público-alvo da vacina contra a Covid-19

Com o início da campanha contra a gripe, a Secretaria de Saúde de Cabo Frio está trabalhando duas vacinas simultaneamente: Influenza e Covid-19. Para evitar aglomerações nos postos de saúde e cruzamento entre os públicos-alvo, a partir desta segunda-feira (26) as doses são aplicadas em locais diferentes: a imunização contra a influenza acontecerá em 10 unidades de saúde, de segunda a sexta, das 9h às 17h.

Os novos locais são: Centro de Saúde Oswaldo Cruz, Casa da Criança no Jardim Esperança; ESF Vila do Sol, Manoel Corrêa, Parque Burle, Cajueiro, Boca do Mato, Caminho de Búzios, Samburá, Angelim e Araça e UBS Unamar.

CAMPANHA É DÍVIDA EM TRÊS FASES

A primeira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza atende crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, profissionais de saúde e povos indígenas e segue até o dia 10 de maio.

Na segunda fase, que começa dia 11 de maio e segue até o dia 8 de junho, será a vez dos idosos com 60 anos ou mais e professores da rede pública ou privada.

A terceira fase acontece entre os dias 9 de junho e 9 de julho, e atenderá pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, caminhoneiros, privadas de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas, além de trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, portuários, forças armadas e de segurança e salvamento.

A meta do município é imunizar 90% do público-alvo, formado por 83 mil pessoas.

IDOSOS COM MAIS DE 60 ANOS NÃO FAZEM PARTE DO PRIMEIRO GRUPO PRIORITÁRIO

Por causa da vacinação contra a Covid-19, excepcionalmente este ano o Ministério da Saúde definiu que pessoas com mais de 60 anos não farão parte do primeiro grupo a ser imunizado contra a gripe. Além de evitar conflito com o calendário de vacinação contra o coronavírus, que está acontecendo paralelamente, a medida se deve ao fato de não haver, ainda, estudos sobre prováveis efeitos da atuação dos dois imunizantes juntos.

Por conta disso, um Informe Técnico do Ministério da Saúde orienta que, no caso dos profissionais de saúde, que fazem parte do grupo prioritário das duas vacinas, a preferência seja para administração do imunizante contra a Covid-19, e só depois seja feito o agendamento contra a gripe, respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas.

“A campanha de imunização contra a gripe é muito importante. Por isso pedimos que o público-alvo respeite o intervalo entre as vacinas contra a Covid-19 e a Influenza, e que compareça para receber a vacina, principalmente porque no ano passado a procura para a Influenza foi baixa. Precisamos nos proteger”, convocou o secretário de Saúde, Felipe Fernandes.

COMO E ONDE SE VACINAR

Para se vacinar contra a gripe, em Cabo Frio, o grupo prioritário dessa primeira fase deve apresentar a caderneta de vacinação (mãe e criança), comprovante de residência, documento de identificação com foto ou cartão do SUS. Já os profissionais de saúde também devem estar munidos da documentação que comprove o local de trabalho.

Confira a relação dos postos de vacinação contra a Influenza em Cabo Frio:

Casa da Criança – ao lado do Hospital Otime Cardoso dos Santos, no bairro Jardim Esperança
Centro de Saúde Oswaldo Cruz – R. Florisbela Roza da Pena, s/nº – Braga
ESF Vila do Sol – Rua 3 nº 246
ESF Manoel Corrêa – Rua 7 s/nº
ESF Parque Burle – Rua Budapeste nº 10
ESF Cajueiro – Rua Machado de Assis nº 15
ESF Boca do Mato – Rua Rosalina Cardoso da Fonseca nº 200
ESF Caminho de Búzios – Rua das Hortencias Qd. 7 Lt. 37
UBS Unamar – Rodovia Amaral Peixoto s/nº
ESF Samburá – Rodovia Amaral Peixoto Km 135
ESF Angelim – Estrada do Angelim s/nº
ESF Araçá – Estrada da Agrisa s/nº – Pacheco

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Setor de pós Covid-19, em Cabo Frio, atende mais de 100 pessoas em um mês de funcionamento

Inaugurado há um mês, o setor possui 21 pacientes ativos e 18 avaliações agendadas para o mês de maio

Nesta quinta-feira (22) o setor de pós Covid-19 do Centro Municipal de Reabilitação de Cabo Frio, no bairro Novo Portinho, completa um mês de funcionamento. Neste período, já foram realizados 113 atendimentos. Deste total 21 pacientes permanecem em tratamento. O espaço tem, ainda, 18 avaliações agendadas para o mês de maio.

O Centro Municipal de Reabilitação é uma unidade de saúde que oferece atendimentos fisioterápicos para moradores de Cabo Frio que apresentam sequelas após contágio do coronavírus como dispneia, fadiga, tosse crônica, cansaço, falta de ar, perda de memória, disfunção cognitiva, dor no peito em aperto e baixa tolerância ao exercício.

Os agendamentos de horário são feitos presencialmente de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Para fazer avaliação é necessário apresentar cópia do cartão do SUS, RG, CPF e comprovante de residência com endereço de Cabo Frio. Também é preciso comprovar que teve a doença. Para isso basta levar o resultado de exames complementares como PCR-RT, tomografía de tórax, sorologia imunológica. Já as atividades de fisioterapia acontecem às terças e quintas.

“Quando o paciente começa o atendimento buscamos realizar exercícios para fortalecimento muscular e respiratórios, além do treino aeróbico, protocolo que abrange as principais sequelas de quem já teve a Covid-19. A avaliação funcional acontece do início ao final do tratamento que dura entre 12 e 24 sessões”, explica a coordenadora de reabilitação do Centro de Reabilitação, a fisioterapeuta Mariana Chapeta.

A iniciativa é voltada para moradores de Cabo Frio e tem como objetivo a melhora geral do quadro do paciente. O serviço é desenvolvido por equipe multidisciplinar que realiza a avaliação individual e estabelece qual o programa de atendimento específico à necessidade de cada paciente, conforme as sequelas de pós Covid-19 apresentadas.

Categorias
Destaque Notícias Saúde vacinação Covid-19

Covid-19: Cabo Frio vacina idosos de 61 a 63 anos na próxima semana

Além da divisão por idade, o calendário para aplicação da primeira dose da vacina também será dividido entre homens e mulheres

O calendário de vacinação contra a Covid-19 em Cabo Frio irá atender na próxima semana idosos de 61 a 63 anos com a primeira dose do imunizante. A imunização ocorre das 9h às 17h, nos 16 postos de saúde específicos para esta campanha. Além da divisão por idade, a aplicação da primeira dose da vacina também será dividida entre homens e mulheres para evitar aglomerações já que existe um aumento no público-alvo dessas faixas etárias.

Na terça-feira (27), homens de 63 anos serão imunizados com a primeira dose da vacina. Na quarta-feira (28), é a vez das mulheres de 62 anos. Os homens de 62 anos serão vacinados na quinta-feira (29). Fechando a semana, na sexta-feira (30), é o dia das mulheres de 61 anos.

Para tomar a primeira dose da vacina é necessário portar documento oficial com foto, CPF ou Cartão Nacional do SUS e comprovante de residência.

Quem estiver no período para aplicação da segunda dose, moradores de Cabo Frio que tenham 70 anos ou mais, poderão se imunizar também nos postos de referência para vacinação contra a Covid-19.

Para segunda dose é necessário apresentar o cartão de vacina constando a primeira aplicação, documento oficial com foto, CPF e comprovante de residência.

Já o mutirão para vacinação de acamados contra a Covid-19 segue acontecendo nas áreas de cobertura de ESF, sendo vacinados pelas equipes nos domicílios das pessoas previamente agendadas. Nesta segunda-feira (26), ocorrerá a aplicação da segunda dose de acamados com 60 anos ou mais. Quem ainda não se cadastrou para vacinação da primeira dose é necessário enviar e-mail para acamadoscovid@cabofrio.rj.gov.br e informar nome completo, sexo, data de nascimento, CPF, endereço completo e telefone de contato.

CRONOGRAMA VACINAÇÃO PARA PRIMEIRA DOSE
Terça-feira (27/04): homens de 63 anos
Quarta-feira (28/04): mulheres de 62 anos
Quinta-feira (29/04): homens de 62 anos
Sexta-feira (30/04): mulheres de 61 anos

CRONOGRAMA VACINAÇÃO PARA SEGUNDA DOSE
Terça (27) a sexta-feira (30): idosos com 70 anos ou mais

ONDE E COMO SE VACINAR
Para tomar a vacina é necessário portar documento oficial com foto, CPF ou Cartão Nacional do SUS e comprovante de residência. Já para segunda dose também é necessário apresentar o cartão de vacina constando a primeira aplicação, além do documento oficial com foto, CPF e comprovante de residência com endereço de Cabo Frio.

1º DISTRITO

ESF Jardim Náutilus – Rua: Guiana s/n
ESF Guarani – Rua Duarte da Costa, nº 37
ESF Jardim Caiçara – Rua Inglaterra nº 478
ESF Praia do Siqueira – Travessa Amapá s/nº
ESF Vila Nova – Rua José Paes de Abreu n° 510
ESF Jacaré – Rua Samuel Bessa s/nº
ESF Peró – Rua Olivia Lopes s/nº
ESF Monte Alegre –Rua Harmonia s/n°
ESF Vila do Ar – Rua Ernesto de Melo n°1393
ESF Jardim Peró – Rua Paraná n° 51
ESF Tangará – Rua Castro Alves s/nº

2º DISTRITO
PAM de Santo Antônio – Avenida Beira Mar, s/nº
ESF Maria Joaquina – Rua da Harmonia s/nº
ESF São Jacinto – Estrada de São Jacinto s/nº
ESF Nova Califórnia – Rua das Pacas Qd B Lt 381
ESF Angelim – Estrada do Angelim s/nº
ESF Araça – Estrada da Agrisa s/nº – Pacheco

Categorias
100 dias de Governo Destaque Notícias Saúde

Investimentos históricos na saúde de Cabo Frio marcam os primeiros 100 dias de governo

Mais médicos, novos serviços e transparência nas informações se tornaram as marcas da gestão municipal

Os primeiros 100 dias do governo municipal em Cabo Frio foram marcados por importantes avanços na saúde. Uma das principais melhorias, logo no primeiro dia útil de 2021, foi nos postos de saúde. Das 20 novas equipes de Saúde da Família prometidas pelo prefeito José Bonifácio na campanha eleitoral, 23 foram implantadas de forma imediata. Todas elas são compostas por médico, enfermeiro, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde.

“Levamos muito a sério nosso trabalho e o compromisso com a população, tanto que superamos nosso próprio planejamento. Para se ter ideia, algumas unidades estavam sem médicos há pelo menos cinco meses”, destaca o prefeito José Bonifácio.

O período também foi marcado pela ampliação dos serviços de saúde prestados para a população, além do reforço das equipes médicas e de infraestrutura das unidades hospitalares. As gestantes de alto risco, por exemplo, passaram a ter atendimento ambulatorial no Hospital do Jardim Esperança e também em Tamoios, além do Centro de Saúde Oswaldo Cruz, no Braga, que já acontecia. Para reforçar o atendimento, um novo aparelho de ultrassom foi instalado na unidade hospitalar, permitindo a realização de exames necessários para o acompanhamento das gestações.

Outra novidade foi a implantação do telefone 192 para a população solicitar resgate de emergência domiciliar. No governo anterior a central funcionava apenas com um número de telefone fixo tradicional, e o contato era feito pelo Corpo de Bombeiros. Além disso, a Prefeitura também aumentou em 50% o corpo técnico de Enfermagem, e em 25% o número de enfermeiros: agora são 108 profissionais, sendo 34 socorristas, duas ambulâncias para resgate, outras três UTI e mais 17 básicas para apoio.

MAIS ESTRUTURA PARA O HOSPITAL DA MULHER

As novidades também chegaram no Hospital da Mulher, que, mesmo tendo sido inaugurado em 2002, somente este ano ganhou certificado de regularidade do Conselho Regional de Medicina (Cremerj). E para garantir melhor atendimento às pacientes, recebeu ainda 98 equipamentos adquiridos por meio de emenda parlamentar.

MAIS ECONOMIA NA SAÚDE

A economicidade também foi uma marca importante na área da Saúde: a licitação de uma nova tenda para triagem da Covid-19 na UPA do bairro Parque Burle gerou uma economia de R$ 40 mil por mês aos cofres públicos, já que o custo caiu de R$ 55 mil mensais no governo anterior para atuais R$ 15 mil mensais. A nova estrutura conta com ampliação dos consultórios médicos, e favorece a dinâmica do atendimento e objetivo do formato de tenda, que é garantir a circulação de ar no local de triagem dos pacientes com suspeita da doença.

“Desde que assumimos, estamos trabalhando duro para melhorar o atendimento à população. Gerar economia aos cofres públicos sem comprometer a qualidade dos serviços prestados é uma das nossas metas. A redução do valor com locação da tenda demonstra o avanço que estamos conquistando em apenas três meses de governo”, conta Felipe Fernandes, secretário de Saúde.

INVESTIMENTOS HISTÓRICOS NA SAÚDE DE TAMOIOS

Pela primeira vez, Tamoios passa a contar com veículos para o transporte de pacientes pelo serviço de Tratamento Fora do Domicílio (TFD), com saída direto do distrito. A frota é composta por um ônibus da categoria confortline, uma van e um Fiat Doblô.

Outra novidade é que as pessoas atendidas pelo TFD contam, agora, com cinco locais fixos para embarque e desembarque com segurança: Escola Agrícola Municipal Nilo Batista, Condomínio Florestinha, Shopping UnaPark, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Ginásio Poliesportivo João Augusto Teixeira. Antes, uma van da Prefeitura levava os pacientes de Tamoios até o trevo de São Pedro da Aldeia, onde pegavam ônibus da Secretaria de Saúde de Cabo Frio. No governo passado o serviço da van foi suspenso.

Ainda no segundo distrito de Cabo Frio, a Prefeitura contratou mais médicos nas especialidades de grande necessidade para a população de Tamoios como pediatria, ginecologia e obstetrícia, gastroenterologia, dermatologia, fonoaudiologia e endocrinologia, e implantou outros dois serviços: odontologia, principalmente para atendimentos urgentes, e o programa de obesidade com acompanhamento multidisciplinar.

Também melhorou o atendimento no PAM de Santo Antônio e no Posto de Saúde de Unamar. As duas unidades são referência em Tamoios, e receberam pintura e reparação de equipamentos, além da implantação do sistema de informatização para atendimento médico e organização do fluxo de atendimentos.

Com menos de 100 dias de governo o distrito ganhou dois importantes polos de saúde. O de Infectologia, no PAM de Santo Antônio, que oferta, por livre demanda, testagem de HIV, sífilis e hepatite B/C, e oferece assistência e acompanhamento aos pacientes e pessoas que tiveram contato com tuberculose, além do retorno do Polo de Vacinação da BCG, localizado na Estratégia em Saúde da Família (ESF) de Samburá. A vacina é indicada para prevenir as formas graves de tuberculose e deve ser ministrada no recém-nascido, preferencialmente, nas primeiras 12 horas depois do parto e até 15 dias após o nascimento.

TRANSPARÊNCIA E ATENDIMENTO À POPULAÇÃO

A ampliação dos canais de atendimento é mais uma das diretrizes que foram executadas com o objetivo de tornar mais transparente as ações do governo na área de saúde e combater as fake news. Em fevereiro, por exemplo, foi lançado o Zap da Saúde, que em apenas um mês superou a marca de 1300 contatos. O número (22) 99782-0945 funciona somente por mensagem de texto, traz diversas informações sobre a vacinação contra o coronavírus em Cabo Frio, além de outras ações e notícias do governo municipal.

A Prefeitura implantou ainda o 0800 022 1160 para esclarecimentos sobre a vacinação, combate ao coronavírus e demais esclarecimentos. O serviço funciona de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h. Além desses canais, o governo cabo-friense disponibiliza informações ao através do site da Prefeitura de Cabo Frio (www.cabofrio.rj.gov.br) e da Secretaria de Saúde (saúde.cabofrio.rj.gov.br).

Categorias
Notícias Saúde Tamoios

Tamoios passa a oferecer serviço de pré-natal de alto risco

Atendimento é realizado no PAM de Santo Antônio e no Posto de Saúde de Unamar

Pela primeira vez as gestantes de Tamoios, no segundo distrito de Cabo Frio, passam a contar com o serviço de pré-natal de alto risco. O atendimento ambulatorial será oferecido no PAM de Santo Antônio e no Posto de Saúde de Unamar. Ao todo serão 40 agendamentos quinzenais intercalados entre as duas unidades básicas, e os encaminhamentos são feitos pelas Estratégia em Saúde da Família (ESF) de Tamoios.

“A implantação do atendimento de alto risco em Tamoios reflete o compromisso do prefeito José Bonifácio e da Secretaria de Saúde em levar infraestrutura para o distrito. É uma conquista muito importante. As equipes continuam trabalhando para levar mais serviços para a população”, afirmou o secretário de Saúde, Felipe Fernandes.

Atualmente, o distrito possui cerca de 400 gestantes que poderão se beneficiar do serviço, que oferece também ultrassom. Para o exame, são 25 vagas semanais tanto para o atendimento de pré-natal de alto risco quanto habitual. Com a implantação do serviço, as grávidas serão acompanhadas tanto pela unidade ESF de origem quanto pela unidade de referência de alto risco.

“Pela primeira vez as gestantes não precisam mais sair de Tamoios. Antes elas eram atendidas no Centro de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC), no Braga. Estamos muito felizes porque é uma solução que vem sendo buscada há muito tempo para a população”, afirmou Luciana Magalhães, secretária-adjunta de Saúde em Tamoios.

Além do atendimento de alto risco, as ESF’s, o PAM de Santo Antônio e o Posto de Saúde de Unamar oferecem teste rápido para identificar sífilis, hepatite B e C, bem como HIV, tanto para gestantes quanto para seus parceiros, desde o começo do atendimento do pré-natal.

Em relação às gestantes, o PAM de Santo Antônio é polo de referência em infectologia de Tamoios para tratamento de infecções sexualmente transmissíveis, além de oferecer triagem neonatal.

GRANDE JARDIM TAMBÉM FOI BENEFICIADO

Em fevereiro desde ano a Prefeitura de Cabo Frio também implantou, de forma inédita, o serviço de pré-natal de alto risco no Hospital Otime Cardoso dos Santos, beneficiando cerca de 314 gestantes do Jardim Esperança e bairros vizinhos que, antes, também precisavam se deslocar até o Centro de Saúde Oswaldo Cruz, no Braga. Com o novo serviço, a cada semana 50 agendamentos são realizados através dos encaminhamentos das Estratégias de Saúde da Família (ESF), da rede de Atenção Básica.

O acompanhamento das gestantes é realizado pela Unidade Básica de Saúde e pelas ESFs do Porto do Carro, Tangará, Caminho de Búzios, Boca do Mato, Vila do Ar e Peró. Além dessa assistência, o serviço oferece acompanhamento conjunto com obstetra, apoio de exames laboratoriais e de imagem, todos realizados no Hospital do Jardim.

Categorias
Boletim COVID-19 Notícias Saúde

BOLETIM CORONAVÍRUS (27/03/2021)

A Prefeitura de Cabo Frio divulga, neste sábado (27), os dados da Covid-19 no município, que está na Zona Laranja de contaminação. Até o momento são:

  • Confirmados: 8290
  • Descartados: 7699
  • Recuperados: 6557
  • Óbitos: 390
  • Óbitos em investigação: 09
  • Ocupação de leitos para Covid para o Município:

Público + Privado
UPG+UTI: 47/49 = 96%
Enfermarias: 26/36 = 72%

Público
UPG: 19/21 = 90%
Enfermaria: 12/19 = 63%

Privado
UTI: 28/28 = 100%
Enfermaria: 14/17 = 82%

O governo municipal informa que os dados epidemiológicos estão sujeitos à revisão, e disponibiliza seção exclusiva com o conteúdo oficial referente a boletins, notícias, comunicados, notas e informativos sobre a situação do coronavírus no município por meio do link www.saude.cabofrio.rj.gov.br.

A Superintendência de Vigilância em Saúde de Cabo Frio esclarece que os dados informados são brutos e que abrangem semanas e até meses anteriores à data da divulgação do Boletim. Isto ocorre em todo o Estado do Rio, já que somente o Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacen/RJ) atende a maioria dos municípios fluminenses para a confirmação dos dados.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Estabelecimentos de Cabo Frio devem fornecer máscara de proteção aos funcionários

Medida está determinada em Lei Municipal que acaba de ser sancionada

Já está valendo, em Cabo Frio, a Lei Municipal Nº 3.249, sancionada pelo prefeito José Bonifácio na última sexta-feira (12). De autoria da Câmara Municipal de Vereadores, ela obriga os estabelecimentos comerciais, cujas atividades não estejam suspensas, a proteger os funcionários com o fornecimento gratuito de máscaras, além de disponibilizar locais para higienização das mãos em água corrente e sabonete líquido, ou disponibilizar pontos com álcool gel a 70, como medidas de prevenção ao coronavírus.

A Lei determina, também, que os estabelecimentos terão que realizar limpeza diária de todos os equipamentos, componentes, peças e utensílios em geral, além de garantir a distância mínima de dois metros entre funcionários e, ainda, proibir a entrada de clientes sem máscaras.

O texto da Lei já está disponível no Diário Oficial, publicado no site da Prefeitura no último dia 12, e deverá estar afixado em todos os estabelecimentos comerciais da cidade, em local visível e de fácil acesso ao público. O não cumprimento das determinações implicará ao infrator pena de interdição.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Cabo Frio dá início à capacitação dos agentes comunitários de saúde

Objetivo é aproveitar a atuação desses profissionais para aprimorar as políticas públicas de saúde

Agentes Comunitários de Saúde de Cabo Frio começaram a receber capacitação nesta segunda-feira (25). O objetivo é preparar as equipes para que sejam olhos e ouvidos da Secretaria da Saúde, captando informações necessárias de forma a ajudar na construção de políticas públicas de saúde cada vez melhores para a população cabo-friense.

Coordenada pela Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde, a capacitação é voltada para os 61 novos agentes, que serão divididos em quatro turmas. Para os profissionais do primeiro distrito o curso acontece na Universidade Veiga de Almeida (UVA), no bairro Perynas. Já os agentes de Tamoios serão capacitados na Escola Terra dos Papagaios, em Unamar. O treinamento tem carga horária de 40 horas, duração de três semanas com encerramento no dia 11 de fevereiro, e direito à certificado após prova de avaliação.

No treinamento, estão sendo abordados diversos assuntos como preenchimento de cadastros domiciliares, individuais e territoriais; educação em saúde; Atenção Básica em Saúde; diretrizes de saúde pública brasileira; Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) e suas estruturas, responsabilidades, atuações e demais assuntos pertinentes à área.

Também serão apresentados aos agentes temas como cobertura de exame citopatológico; cobertura vacinal de poliomielite inativada e de pentavalente; percentual de pessoas hipertensas com pressão arterial aferida em cada semestre; percentual de diabéticos com solicitação de hemoglobina glicada, e discutidas informações sobre pré-natal, Programa Bolsa Família (PBF), teste do pezinho, atendimentos de hiperdia, atendimento de odontologia etc.

O Curso Introdutório é organizado pelo psicólogo Sady Marchesin e pela enfermeira Leila Tomazinho, que participaram de solenidade de abertura junto com a também enfermeira Veleida Imbiriba (Apoiadora Facilitadora da Estratégia de Saúde da Família |ESF), a sanitarista Érika Borges (subsecretária de Atenção Básica de Cabo Frio), e também com o secretário de Saúde, Felipe Fernandes, que destacou a importância desta capacitação para melhorar e ampliar as políticas públicas de saúde em Cabo Frio.

“Quando se fala em saúde, normalmente as pessoas pensam em um médico, mas está muito além disso. Os agentes de saúde estão diretamente ligados à qualidade de vida do paciente. Eu gosto muito de uma frase que diz que ‘a cabeça pensa onde o pé pisa’, e os agentes de saúde vão estar pisando nas casas das pessoas, nas comunidades, sendo nossos olhos para nos ajudar a conduzir e a pensar as políticas públicas para a população”, afirmou o secretário.

Além desta capacitação, todos os 61 agentes comunitários de saúde também receberam treinamento, na última semana, no sistema de lançamento de dados da Secretaria de Saúde. A ferramenta abriga as informações coletadas das famílias referente à área de atuação de cada agente. A consolidação e análise de dados é uma das estratégias que ajuda a nortear as ações da Atenção Básica em Cabo Frio.

A subsecretária de Atenção Básica de Cabo Frio, Érika Borges, pontuou que o todas as etapas do treinamento são obrigatórias porque qualificarão os profissionais para o exercício de suas funções. Ela revelou, também, que atualmente Cabo Frio possui 222 agentes comunitários de saúde que atuam em 36 equipes de Estratégia em Saúde da Família (ESF) em 27 unidades físicas.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Atendimento para Covid-19 na área central de Cabo Frio ocorre na UPA do Parque Burle

Unidade do Parque Burle concentra o serviço enquanto Prefeitura busca médicos para a tenda de triagem

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle, em Cabo Frio, está concentrando os atendimentos relacionados à Covid-19, na região central da cidade, enquanto a Prefeitura busca pela contratação de médicos para o retorno do serviço na tenda de triagem, que fica em frente à mesma unidade de saúde. A tenda deixou de funcionar desde a quinta-feira (7), por falta de médicos.

Além da UPA do Parque Burle, também realizam a triagem dos casos suspeitos de Covid-19 o Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança, e a tenda de triagem em frente à UPA de Tamoios.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a falta de médicos na tenda de triagem do Parque Burle ocorre porque parte dos profissionais que atuam no local paralisou o trabalho, em virtude da falta de pagamento de salários pela gestão anterior da Prefeitura.

O novo governo busca regularizar os pagamentos atrasados, e também está à procura de médicos para contratação na rede municipal de saúde. Profissionais que tiverem interesse devem encaminhar currículo para gabinete@saude.cabofrio.rj.gov.br.

A equipe da Saúde avalia oferecer plantão extra na tenda da Covid-19 nos dias de folga aos médicos que atuam nos postos de Estratégia em Saúde da Família (ESF). A Secretaria de Saúde ainda planeja descentralizar os pontos de atendimentos referentes ao novo coronavírus, com a proposta de que os ESF’s e as Unidades Básicas de Saúde (UBS) passem a realizar esta função, em vez dos atuais três polos de triagem que atendem toda a cidade.

“Estamos buscando a melhor solução para esta situação da tenda de triagem, mas, enquanto isso, a população não está desamparada, uma vez que o atendimento está sendo realizado pela UPA. A Secretaria de Saúde e as demais equipes da Prefeitura estão se empenhando para resolver a situação o quanto antes”, afirma o secretário de Saúde, Felipe Fernandes.

coreldraw kaufen
Categorias
Destaque Notícias Saúde

Crianças podem ser vacinadas até 25 de outubro contra o sarampo

Os responsáveis pelas crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) têm até o dia 25 de outubro para vacinar os pequenos contra o sarampo. A iniciativa integra a campanha de intensificação da vacinação de rotina da tríplice viral (sarampo/rubéola/cachumba) contra a doença. No dia D, realizado no último sábado (19) Cabo Frio imunizou 346 meninas e meninos na faixa etária estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS).

De acordo com a Coordenação de Imunização, 1.395 crianças compareceram às unidades de saúde, mas a maioria estava com a caderneta de vacinação em dia. Até o dia 25, a vacinação de rotina deve ser feita de acordo com o horário de funcionamento de cada posto e conforme o agendamento, caso necessário, para evitar o desperdício de dose.

Segundo o Ministério da Saúde, as crianças são público prioritário devido à alta suscetibilidade dos menores ao sarampo, contudo, a circulação do vírus no país também atinge adultos jovens até 29 anos, que terão de 18 a 31 de novembro para se imunizarem contra a doença. As doses estarão disponíveis em 29 salas e o dia D será realizado em 30 de novembro com nove salas de atendimento.

As unidades do dia D são PS de Unamar, PAM de Santo Antônio, UBS Praia do Siqueira, os ESF’s do Jardim Caiçara, do Jacaré, da Boca do Mato e do Cajueiro; o Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (HMOCS) e o Centro de Saúde Oswaldo Cruz. Todas funcionarão das 9h às 17h.

Dados do MS indicam que em 2019 as crianças na faixa etária acima descrita tiveram elevada taxa de incidência dos surtos da doença. As complicações mais recorrentes derivadas do sarampo são cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonia. Se não tratada a tempo, a patologia pode levar o óbito.

Categorias
Destaque

Animadores voluntários visitam hospital em Cabo Frio

Pacientes do Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (HMOCS), no bairro Jardim Esperança, recebem todos os domingos a visita de animadores voluntários”. A iniciativa tem como objetivo humanizar o atendimento, levando diversão e esperança, por meio de música, contação de histórias e teatro. O grupo ‘Atos de Amor’ da Igreja de Cristo, no Jardim Esperança, foi responsável pela visita no último fim de semana.

Segundo o administrador da unidade, Fabiano Ramiro, receber os voluntários é de grande importância para a recuperação dos pacientes. “O ambiente hospitalar remete à tristeza, por isso a importância da humanização e do acolhimento ao paciente internado”, enfatizou.

Os animadores voluntários têm o propósito de intervir na sociedade propondo a arte como mínimo social para crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social, privilegiando hospitais públicos e ambientes adversos, tendo a linguagem do palhaço como referência.
A partir desta intervenção, o grupo consegue ampliar canais de diálogos reflexivos com a sociedade, compartilhando o conhecimento produzido por meio da formação, pesquisa, publicações e manifestações artísticas.