Categorias
Destaque Notícias Proteção Animal

Mais de 500 animais são vacinados contra raiva em Tamoios neste sábado (14)

Sábado (14) foi dia de vacinação contra a raiva em Tamoios. Ao todo, mais de 500 animais foram vacinados. Este foi o segundo dia seguido de vacinação no distrito. A ação já havia vacinado mais de 2 mil animais na sexta (13), em ação realizada no Shopping UnaPark. Neste sábado, a vacinação ocorreu na Avenida Independência, entre as ruas da Raposa e Macaé, e imunizou 560 animais, entre cães e gatos.

A vacinação contra a raiva é importante para prevenir a infestação da doença. A raiva é uma doença altamente transmissível pelos animais ao homem por meio de saliva contaminada (mordida, por exemplo). Nos cachorros e nos homens o vírus da doença pode permanecer incubado por até dois meses antes que seus sintomas comecem a aparecer.

Os sintomas são muito parecidos tanto no homem como em seu melhor amigo: agitação, agressividade, dificuldade de engolir, problemas motores, medo e até depressão, além da popular baba esbranquiçada, presente em praticamente todos os casos. Já nos gatos a doença apresenta sinais diferenciados, mas nem por isso são menos agressivos. A raiva pode matar. Por isso, não deixe de vacinar seu animal de estimação.

A coordenadora de Vigilância em Saúde Ambiental de Cabo Frio, Andreia Nogueira, ressaltou a importância da vacinação no distrito. “Realizamos dois dias de campanha em Tamoios, e a participação da comunidade foi muito positiva. Conseguimos imunizar mais de 2.600 animais, o que é muito bom para manter toda a sociedade saudável”.

Categorias
Destaque Saúde

Campanha de vacinação contra o vírus Influenza é prorrogada até 15 de junho

A campanha de vacinação contra o vírus Influenza, que terminaria nesta sexta-feira (31), foi prorrogada pela Secretaria Estadual de Saúde, e permanecerá ativa até o dia 15 de junho. O motivo é a baixa procura da população. Em Cabo Frio, apenas 45% do público-alvo foi imunizado, segundo a Superintendência de Vigilância em Saúde.

O percentual estipulado pela Secretaria Municipal de Saúde no começo da campanha foi de 90%. Desde o último dia 10 de abril, 215 profissionais estão mobilizados em 23 postos para atender a população.

Devem ser vacinados idosos, crianças, entre seis meses e menores de seis anos, gestantes, pessoas com comorbidades (duas ou mais doenças ao mesmo tempo)/ puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo), trabalhadores da área de saúde e professores. A vacina também está disponível para jovens de 12 a 21 anos de idade sob medida socioeducativa e população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, independentemente da idade, policiais civis e militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas.

De acordo com a Superintendência de Vigilância em Saúde, a vacina utilizada é segura, feita com vírus mortos, o que evita o contágio por gripe, diferente de como é erroneamente falado. Para os pais, a orientação é que as crianças que tomarem a vacina pela primeira vez precisam de duas doses para ficar imunes à doença. Além disso, é preciso seguir a orientação anotada no Cartão de Vacinação ou Caderneta da Criança, documentos que precisam ser levados à Unidade no dia da vacinação.

Confira os locais onde as doses estão disponíveis:

– ESF São Jacinto

– ESF Maria Joaquina

– ESF Florestinha

– P.S. de Unamar

– PAM de Santo Antônio

– ESF Nova Califórnia

– ESF Angelim

– ESF Parque Burle

– UBS Praia do Siqueira

– ESF Praia do Siqueira

– ESF Guarani

– ESF Jardim Caiçara

– P.S. Itajuru

– ESF Gamboa

– ESF Jacaré

– ESF Monte Alegre

– ESF Boca do Mato

– ESF Tangará

– Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (Jardim Esperança)

– ESF Cajueiro

– ESF Jardim Nautilus;

– Centro de Saúde Oswaldo Cruz (Braga)

– ESF Vila Nova

 

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Secretaria de Saúde convoca para reta final de vacinação contra a Influenza

A dez dias do fim da campanha de vacinação contra o vírus Influenza, que termina no dia 31, muita gente ainda precisa ir aos postos da rede municipal para se imunizar. De acordo com a Secretaria de Saúde, até o momento, das 55.952 pessoas que estão dentro do público-alvo em Cabo Frio  apenas 22.862 foram vacinadas, o que representa um percentual de 40,86% , muito longe da meta estipulada, que é de 90%.

Uma das maiores preocupações, segundo a coordenadora da Vigilância em Saúde, Lucy Pires, é o fato de que o inverno se aproxima e traz com ele o aumento na incidência de doenças respiratórias.

A menor cobertura, até agora, é na faixa das crianças entre seis meses a menores de seis anos, com 28,4%. Nos demais segmentos, foram imunizados 35,4% dos professores; 35,71% das gestantes; 36,9% das pessoas com comorbidades (duas ou mais doenças ao mesmo tempo); 39,41% dos trabalhadores da área da Saúde; 52,73% dos idosos e 56,36% das puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo).

No caso das crianças que vão tomar a vacina pela primeira vez, será necessária uma segunda dose para imunização completa. É necessário seguir a orientação anotada no Cartão de Vacinação ou Caderneta da Criança.

A campanha começou no dia 10 de abril e teve o mutirão de vacinação, chamado Dia D, realizado no último dia 4. Estão mobilizados 215 profissionais de saúde do município em 23 postos de vacinação.

Confira os locais onde as doses estão disponíveis:

– ESF São Jacinto

– ESF Maria Joaquina

– ESF Florestinha

– P.S. de Unamar

– PAM de Santo Antonio

– ESF Nova Califórnia

– ESF Angelim

– ESF Parque Burle

– UBS Praia do Siqueira

– ESF Praia do Siqueira

– ESF Guarani

– ESF Jardim Caiçara

– P.S. Itajuru

– ESF Gamboa

– ESF Jacaré

– ESF Monte Alegre

-ESF Boca do Mato

-ESF Tangará

– Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (Jardim Esperança)

– ESF Cajueiro

– ESF Jardim Nautilus;

– Centro de Saúde Oswaldo Cruz (Braga)

– ESF Vila Nova

Categorias
Destaque Saúde

Cabo Frio participa do Dia D de vacinação contra a Influenza neste sábado (4)

A rede municipal de Saúde de Cabo Frio participa do Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que acontece neste sábado (4) em todo o país. O atendimento será feito nos 23 postos de vacinação, no primeiro e segundo distritos, que fazem parte da campanha, das 9h às 17h. A campanha começou no dia 10 de abril e se estenderá até 31 de maio.

A primeira semana da campanha foi dedicada especificamente às gestantes e às crianças (de seis meses e menores de seis anos), mas a superintendente da Vigilância em Saúde, Lucy Pires, observa que a procura para imunizar esse segmento foi muito baixa. A médica frisa a necessidade de que todos que façam parte do público-alvo se imunizem o quanto antes.

“O vírus está por aí circulando e é nesses grupos que ocorrem os quadros mais graves, como insuficiência respiratória e até mesmo a morte. Por isso, a grande importância do Dia D de vacinação é ofertar um horário estendido de atendimento nas unidades, facilitando para as pessoas que trabalham ou têm outras atividades durante a semana”, comentou a superintendente.

Além das gestantes e crianças, a campanha visa a imunizar trabalhadores de saúde; puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo); idosos; pessoas com comorbidades; professores e indivíduos privados de liberdade sob medida socioeducativa. A meta da Superintendência de Saúde Coletiva da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos prioritários. No município, 215 profissionais de saúde estão envolvidos.

No caso das crianças que tomarem a vacina pela primeira vez, será necessária uma segunda dose para imunização completa. É necessário seguir a orientação anotada no Cartão de Vacinação ou Caderneta da Criança.

Confira a seguir os locais em que serão aplicadas as vacinas:

– ESF São Jacinto

– ESF Maria Joaquina

– ESF Florestinha

– P.S. de Unamar

– PAM de Santo Antonio

– ESF Nova Califórnia

– ESF Angelim

– ESF Parque Burle

– UBS Praia do Siqueira

– ESF Praia do Siqueira

– ESF Guarani

– ESF Jardim Caiçara

– P.S. Itajuru

– ESF Gamboa

– ESF Jacaré

– ESF Monte Alegre

-ESF Boca do Mato

-ESF Tangará

– Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (Jardim Esperança)

– ESF Cajueiro

– ESF Jardim Nautilus;

– Centro de Saúde Oswaldo Cruz (Braga)

– ESF Vila Nova

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Campanha de Vacinação contra Influenza começa nesta quarta-feira (10)

Começa nesta quarta-feira (10), a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza que se estenderá até 31 de maio. O Dia D de mobilização em todo o país está marcado para 4 de maio. Em Cabo Frio, o público-alvo a ser vacinado é de 56.828 pessoas, entre crianças de seis meses e menores de seis anos (14.796); trabalhadores de saúde (4.534); gestantes (2.008); puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo) (330), idosos (21.080); pessoas com comorbidades (10.650); professores (3.416) e indivíduos privados de liberdade sob medida socioeducativa (14).

A meta da Superintendência de Saúde Coletiva da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos prioritários. No município, 215 profissionais de saúde serão mobilizados para a campanha em 23 postos de vacinação, no primeiro e no segundo distritos.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar a complicações graves e à morte, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção. Sendo assim, a vacinação contra influenza mostra-se como uma das medidas mais efetivas para a prevenção da influenza grave e de suas complicações.

A superintendente de Saúde Coletiva da Secretaria de Saúde, Lucy Pires, informa que vacina utilizada é segura, feita com vírus mortos o que impede que ela provoque casos de gripe, como erroneamente é falado. Para os pais, a orientação é que as crianças que tomarem a vacina pela primeira vez  precisam de duas doses para ficarem imunes à doença. Além disso, é preciso seguir a orientação anotada no Cartão de Vacinação ou Caderneta da Criança, documentos que precisam ser levados à Unidade no dia da vacinação.

“A importância da vacinação reside no fato de que a infecção humana pelos vírus Influenza evoluem com frequentes casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave que, não raro, evoluem para óbito. Neste ano, o Ministério da Saúde começará a Campanha priorizando as Crianças (de seis meses a abaixo de seis anos), gestantes e puérperas, grupos que apresentaram as mais baixas coberturas vacinais nos anos anteriores”, explica Lucy Pires.

No intuito de traçar estratégias para garantir o alcance da meta nos grupos prioritários, a Secretaria de Saúde busca desenvolver um trabalho conjunto entre o Programa de Imunização, Atenção Básica, Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Criança e Adolescente, Saúde do Idoso, Saúde do Trabalhador, Privados de Liberdade e Programa de Doenças Crônicas Não Transmissíveis.
Confira a seguir os locais em que serão aplicadas as vacinas:
– ESF São Jacinto
– ESF Maria Joaquina
– ESF Florestinha
– P.S. de Unamar
– PAM de Santo Antonio
– ESF Nova Califórnia
– ESF Angelim
– ESF Parque Burle
– UBS Praia do Siqueira
– ESF Praia do Siqueira
– ESF Guarani
– ESF Jardim Caiçara
-P.S. Itajurú
– ESF Gamboa
– ESF Jacaré
– ESF Monte Alegre
-ESF Boca do Mato
-ESF Tangará
– Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos (Jardim Esperança)
– ESF Cajueiro
– ESF Jardim Nautilus;
– Centro de Saúde Oswaldo Cruz (Braga)
– ESF Vila Nova

Categorias
Destaque Saúde

Índice de vacinação contra pólio e sarampo em Cabo Frio chega a 82%

Cabo Frio ainda não conseguiu alcançar a meta de imunizar 95% das crianças de 1 ano a menores de 5 anos contra a poliomielite e o sarampo, que no município representa 10.662 crianças. Mesmo depois de três prorrogações da Campanha Nacional de Vacinação realizada pelo Ministério da Saúde e de diversas unidades municipais estarem à disposição dos pais, a procura foi muito abaixo da média e o índice atual da cidade é de 82%.

Devido à resistência de pais e responsáveis, a Coordenação de Imunização realiza busca ativa nas creches para alcançar a taxa obrigatória do Ministério da Saúde. A medida foi adotada devido à importância de se manter a cobertura vacinal nos níveis necessários tanto para proteção do público-alvo quanto da população em geral, uma vez que o sarampo é doença infectocontagiosa. De acordo com especialistas, ambas são doenças graves e que podem matar.

Até 31 de agosto, 55,72% das crianças foram vacinadas em Cabo Frio contra a pólio e 56,62% contra o sarampo. Nesta fase, com um mês de ação, esse foi um dos índices mais baixos da cidade em campanhas nacionais de imunização. Com a segunda prorrogação e o Dia D em 15 de setembro, o índice chegou a 78% e 80% contra a poliomielite e sarampo, respectivamente.

A vacina contra pólio é recomendada com três doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP) até 1 ano de idade. Crianças a partir de 1 ano, até menores de cinco, que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a gotinha.

Poliomielite

Segundo especialistas, a vacina contra a poliomielite é segura e protege contra os dois sorotipos do poliovírus 1 e 3. Crianças com comprometimento imunológico devem ser avaliadas antes de tomar a vacina. De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil está livre da poliomielite desde 1990, portanto é fundamental que a população procure a vacina.

Sarampo

Este ano, 18 casos de sarampo foram confirmados no estado do Rio de Janeiro, sendo 15 na cidade do Rio, dois em Duque de Caxias e um em Niterói. Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde, a pasta está trabalhando em parceria com os municípios, inclusive realizando vacinação de bloqueio.

 

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Cabo Frio tem apenas 50% de adesão à Campanha Nacional contra pólio e sarampo

A quatro dias de terminar a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo, os índices de Cabo Frio não são nada animadores e o número de crianças na faixa etária de 1 a 4 anos que foram imunizadas até o momento está apenas na metade da meta, que é de 95%. Do dia 6 de agosto até agora foram aplicadas 5.125 doses contra a pólio, que representa 48,07% do público-alvo, e 5.183 contra o sarampo, que significa 48,61%. O total de menores a ser alcançado pelo município é de 10.662 crianças.

“É preocupante a baixa adesão à campanha, já que estas são doenças graves e o sarampo pode até matar. O cumprimento do dever de pais e responsáveis em levar os filhos para tomar vacina é fundamental para evitar doenças que estavam erradicadas, evitar a contaminação de outras pessoas e até mesmo a morte”, afirmou o médico Beto Nogueira, superintendente de Saúde Coletiva de Cabo Frio.  

A campanha segue até a próxima sexta-feira, dia 31, nos 17 polos, que funcionarão das 8h às 17h: Centro de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC); os Esf’s Manoel Corrêa, Jardim Caiçara, Itajuru, Jacaré, Tangará, Boca do Mato, Maria Joaquina, Samburá, Monte Alegre e Peró; UBS da Praia do Siqueira; Hospital do Jardim; PS de Unamar; PAM de Santo Antônio, Esf Florestinha e Angelim.

Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida receberão a VIP. Os menores de 5 anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina receberão a VOP, a gotinha. Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina tríplice viral, independentemente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Categorias
Destaque Notícias Saúde

Dia D de vacinação antirrábica imuniza quase dois mil animais em Tamoios

A Superintendência de Vigilância em Saúde imunizou 1.640 animais entre cães e gatos no Dia D de Vacinação Antirrábica, que aconteceu neste fim de semana em Tamoios. A iniciativa, que será realizada em outras datas e tem como tema “Se liga, bicho. Raiva é caso sério”, contou com três polos de atendimento no distrito: Parque Veneza, na localidade conhecida como Chavão; Nova Califórnia e no Ginásio Poliesportivo João Augusto Teixeira Silva, em Santo Antônio.

“O primeiro dia foi um sucesso e ficamos muito satisfeitos com os moradores por terem comparecido e levado os animais. Uma grande conscientização da importância de proteger os bichinhos. Para se ter uma ideia, a população não nos deixava ir embora. Formou-se uma fila no carro da vacinação volante, foi difícil sair do local”, contou a coordenadora de Vigilância Ambiental em Saúde, Andreia Nogueira.

Segundo ela, a campanha está sendo realizada de acordo com o cronograma divulgado pela Vigilância em Saúde Ambiental de Cabo Frio, conforme as diretrizes do Ministério da Saúde e da Vigilância em Saúde Ambiental do Estado. A próxima ação em Tamoios acontece no sábado, dia 25, nos bairros Florestinha, Campos Novos e Botafogo.

No dia 01 de setembro, a campanha começa pelo Gargoá e pelo Samburá. Os bairros do Angelim, Pacheco, Araçá e Agrisa recebem a equipe de imunização no dia 15. São Jacinto e Maria Joaquina encerram a ação no dia 22. Em todos os locais a vacinação será realizada das 9h às 14h.