Coronavírus

CORONAVÍRUS

O QUE É?!

É uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O COVID-19 é o mais novo deles. E, por ter sido descoberto apenas no ano passado na China, não existe vacina e o nosso organismo ainda não tem imunidade para combatê-lo.

#INFORMAÇÃO

_

Como ocorre a contaminação?

Igual à gripe comum, pelo ar. Por meio do catarro e das gotículas de saliva que nós soltamos ao tossir, ao espirrar e até respirar. E o vírus é tão contagioso, que uma gotícula pode contaminar as mãos, as outras pessoas e até objetos, como celulares, maçanetas, mesas, teclados, etc. O período de incubação vai de 5 a 12 dias, mas a transmissão pode ocorrer mesmo antes do surgimento dos sintomas.

Quais são os sintomas do vírus?

É um vírus com os sintomas muito semelhantes com o da influenza, como febre, queda do estado geral, sintomas respiratórios. E, como todos os outros coronavírus, pode, em uma parcela dos casos, evoluir para quadros graves, principalmente para uma pneumonia, encefalites, e, menos comum, para as otites.

Como se proteger?

Principal recomendação é higienizar as mãos. São cuidados simples, mas importantes e que devem ser frequentes para prevenir doenças contagiosas.
Lave as mãos: Após tossir, depois de cuidar de pessoas, após ir ao banheiro, antes e depois de comer.
Ao espirrar e tossir: Cubra a boca e o nariz, usando os braços ou lenço descartável, evite usar as mãos e caso use, não esqueça de higienizá-las.
Atenção: Caso tenha chegado de viagem de países que possuem casos confirmados e esteja a apresentando sintomas suspeitos, você deverá: Evitar contato com outras pessoas, procurar um serviço médico, seguir as recomendações.
ÚLTIMAS
_

Notícias e Boletins

_
O que eu faço se eu sentir os sintomas

Fique dentro de casa e, de preferência, isolado dos familiares e amigos. E, se os sintomas se agravarem, procure seu médico ou o posto de saúde mais próximo.

O que é coronavírus?

É uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O COVID-19, é o mais novo deles. E, por ter sido descoberto apenas no ano passado na China, não existe vacina e o nosso organismo ainda não tem imunidade para combatê-lo.

Como o Coronavírus é transmitido?

Igual à gripe comum, pelo ar. Por meio do catarro e das gotículas de saliva que nós soltamos ao tossir, ao espirrar e até respirar. E o vírus é tão contagioso, que uma gotícula pode contaminar as mãos, as outras pessoas e até objetos, como celulares, maçanetas, mesas, teclados, etc. O período de incubação vai de 5 a 12 dias, mas a transmissão pode ocorrer mesmo antes do surgimento dos sintomas.

Quais são os sintomas?

É um vírus com os sintomas muito semelhantes com o da influenza, como febre, queda do estado geral, sintomas respiratórios. E, como todos os outros coronavírus, pode, em uma parcela dos casos, evoluir para quadros graves, principalmente para uma pneumonia, encefalites, e, menos comum, para as otites.

Como é o tratamento?

Não há remédios e vacinas específicas para o COVID-19. Por isso, os médicos tratam apenas os sintomas. São indicados repouso e consumo de bastante água. Além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas.No s casos mais graves, o tratamento é a internação.

Quando se deve procurar o serviço de saúde?

Se você tem sintomas de gripe ou resfriado, mas apresenta bom estado geral, fique em casa por 14 dias para evitar a contaminação de outras pessoas. Faça repouso e siga as medidas de higiene para reduzir o risco aos seus familiares.

Se você tem piora do estado geral, cansaço ou dificuldade para respirar, procure uma emergência. O médico decidirá se você necessita de internação ou exame para o coronavírus.

Bebês e crianças menores de seis anos, gestantes, puérperas, maiores de 60 anos, e pessoas com doenças preexistentes devem ser avaliadas por profissional de saúde caso apresentem febre e sintomas respiratórios.

Quando devo usar a máscara de proteção?

Se você apresentar os sintomas ou já estiver com a doença confirmada, deve usar a máscara para não contaminar outras pessoas. E, familiares e profissionais de saúde que tiverem contato com pessoas suspeitas de terem o COVID-19, também devem usar.

FECHAR ACESSIBIILIDADE