Monumentos Históricos

Monumentos Históricos

As Praias

Anjo Caído

Anjo Caído

Situado nas águas do Canal do Itajurú, a estátua do Anjo Caído foi erguida em 1907 para assinalar a abertura do canal artificial de Leger Palmer, que veio facilitar o escoamento da produção de sal da Laguna de Araruama realizada na época através das barcaças à vela.

Monumento de inspiração clássica, representa a Deusa da Vitória alada, erguida sobre uma coluna cilíndrica com nove metros de altura e capitel em estilo coríntio. Com o passar do tempo, a força das correntezas das águas inclinou a coluna de modo acentuado, motivando o nome popular de 'Anjo Caído'.

Casa Scliar

Casa Scliar

Fundada em 2001 após o falecimento do artista. Desde então, a Casa promove as artes na Região dos Lagos como queria seu mentor e inspirador. Sua casa-ateliê foi transformada em museu e possui um acervo com obras de artistas renomados como Cildo Meireles, Pancetti, Di Calvacante, Aldo Bonadei, Glauco Rodrigues, entre outros. É aberto à visitação pública.

No quintal da casa funciona também a Oficina-Escola Carlos Scliar, que oferece cursos de desenho, pintura, gravura e cerâmica. Ao lado da casa-ateliê foi aberto recentemente um café onde são comercializados produtos da oficina, assim como gravuras, livros e catálogos de artes, camisetas, cadernos e lápis com temática inspirada na obra de Carlos Scliar, além de muitos outros produtos.

Funcionamento: de quarta a sexta, das 15h às 19h; sábado das 15h às 18h

Charitas

Charitas

Edificação construída no século XVIII com o objetivo de ser Casa de Caridade, a qual acolheria crianças abandonadas. Por razão de epidemias no período posterior a sua construção, passou a funcionar como hospital. Na 2ª Guerra Mundial foi abrigo do 1º Grupo de Artilharia de Dorso. Atrativo turístico localizado no coração da cidade.

Hoje, a Casa de Cultura José de Dome - Charitas abriga a exposição do artista plástico que dá nome ao espaço e que viveu muitos anos em Cabo Frio. Atualmente, promove constantemente seminários, oficinas, palestras, apresentação de música, dança e teatro, além de oferecer cursos de piano, inglês, desenho, pintura entre outras a preços populares.

Funcionamento: diariamente, das 8h às 20h.

Espaço Cultural Expo Lendas do Surf (Museu do Surf)

Centro de Artes Visuais

O Museu do Surf fica localizado em frente ao Teatro Municipal, na Praia do Forte. No espaço é possível encontrar peças raras que contam a história do esporte no Brasil e no mundo. O acervo possui cerca de 823 pranchas de surf, body board, long board, além filmes, documentos, miniaturas, revistas, quadros e troféus. Recentemente passou a abrigar também a história do windsurfe e conta com 30 pranchas na sua coleção.

Funcionamento: de terça a domingo, das 17h às 22h.

Convento N.Sª dos Anjos

Convento N.Sª dos Anjos

O Convento Nossa Senhora dos Anjos é um dos mais expressivos exemplares da arquitetura colonial no Brasil. Os destaques ficam por conta das pinturas no teto da capela-mor, dos painéis dos altares laterais e do piso de lajotas de barro.

O Convento abriga ainda uma capela e cemitério da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência/São Francisco das Chagas. O convento levou dez anos para ser concluído, sendo inaugurado em 1686. Mais tarde, sugiram o cemitério, as celas, a igreja, a sacristia, o claustro e os pátios internos. Edificação típica do século XVII, em formato quadrangular, com pequeno claustro. Destaca-se o Cruzeiro de Santo Antônio, em frente ao convento, provavelmente construído na mesma época da igreja.

Funcionamento: de terça a sexta, das 10h às 17h; sábado das 14h às 18h

Fazenda Campos Novos

Fazenda Campos Novos

Implantado numa pequena colina circundada por um amplo descampado, o sítio histórico é remanescente da antiga fazenda de propriedade da Companhia de Jesus. O conjunto arquitetônico do final do século XVII, composto por casa-grande, igreja de Santo Inácio e cemitério, forma uma quadra com claustro interno nos moldes da arquitetura jesuíta dos primeiros séculos da colonização.

Em 1982, durante a presidência do General Figueiredo, as terras da Fazenda Campos Novos foram desapropriadas para reforma agrária. A Prefeitura de Cabo Frio instalou a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento no local e o salão principal da sede passou a abrigar a Biblioteca do Araçá, primeira coleção pública de livros no distrito rural de Cabo Frio.

Funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 17h

Fonte do Itajurú

Fonte do Itajurú

Em 1847 o Major Bellegard, por ordem de Dom Pedro II, em uma visita à cidade, põe em prática seu projeto de construção da proteção da Fonte do Itajurú, marcada com o brasão do Império. Mais tarde, em 1896, foi construída uma caixa d’água no Morro da Guia e uma casa de máquinas junto à Fonte, de onde a água era impulsionada até a caixa.

No mesmo ano, Adolfo Lindenberg propõe fazer obras de encanamento para o centro da cidade utilizando os recursos hídricos da fonte. As bicas são colocadas em quatro pontos: no Largo de Santo Antônio, na Travessa do Ribeiro, na atual Rua Érico Coelho e a última ao lado do Prédio Municipal. A obra de canalização foi inaugurada em 29 de agosto de 1897.

Funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 17h

Forte São Mateus

Forte São Mateus

Localizado na Praia do Forte, é uma das mais antigas obras da arquitetura colonial latino-americana tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1956, época em que passou por uma série de restaurações. A fortaleza foi construída no século XVII, entre 1616 e 1620, por portugueses e índios tamoios para defender a terra das invasões dos franceses, ingleses e holandeses.

Havia no litoral brasileiro mais de 130 “bocas de fogo” armadas para proteger a colônia portuguesa. O Forte São Mateus fazia parte dessa estratégia de defesa e foi construído depois do desmantelamento do antigo Forte de Santo Inácio do Cabo Frio, cuja localização e fortificação eram consideradas demasiadamente vulneráveis a ataques.

Funcionamento: diariamente, das 9h às 17h