Cabo Frio realiza palestra para comerciantes e beneficiários da nova expansão da Moeda Itajuru na segunda (19)

Atividade acontece no Centro Educacional Municipal Professora Marli Capp, a partir das 9h

A Prefeitura de Cabo Frio promove, na segunda-feira (19), uma palestra para comerciantes e beneficiários do Programa Moeda Social Itajuru da ampliação para Sinagoga, em Tamoios. A atividade acontece no Centro Educacional Municipal Professora Marli Capp, localizada na Rua E, Quadra 15, 20 Unamar, e será dividida em quatro grupos de horários para atender à demanda. Esta é a quarta expansão do programa.

A primeira palestra acontece às 9h para comerciantes, que conta com 77 estabelecimentos pré-cadastrados e 56 já aptos a receber a Moeda.

O grupo dos beneficiários foi dividido em três horários, sendo o primeiro às 10h30; o segundo às 11h30; e o terceiro às 13h. De acordo com a equipe do programa, cada grupo de horário deverá chegar 10 minutos antes da hora marcada para a palestra, a fim de evitar atrasos no cronograma.

A palestra abordará informações sobre o que é a Moeda Social, onde o cartão pode ser utilizado, como funciona o aplicativo, os resgates, o pagamento e todo o passo a passo de funcionamento da ferramenta. Ainda de acordo com a equipe do programa, os comerciantes já saem da palestra com a documentação em dia e com o aplicativo instalado e funcionando.

A seleção dos beneficiários ocorre conforme os requisitos estabelecidos pelo Governo Federal e pela Lei Municipal 3.286/2021. A lei prevê ainda que o valor do benefício deve ser usado para compra de alimentos, medicamentos e outros artigos de primeira necessidade.

Além de atender pessoas em situação de vulnerabilidade social, inscritas no Cadastro Único do Governo Federal e que residam há, pelo menos, dois anos em Cabo Frio, a lei estabelece prioridade para mulheres chefes de família; famílias numerosas; pessoas com deficiência; com renda per capita de até um salário mínimo; e idosos com gasto excessivo comprovado em remédios.

Valor da Moeda Itajuru recebe aumento

No final de novembro, o Governo Municipal reajustou o valor do repasse da Moeda, que passou de R$ 200 para R$ 220. O reajuste foi efetivado com a publicação da Lei Municipal nº 3.633, na edição 576 do Diário Oficial do Município. Desta forma, os beneficiários do programa social receberão o novo valor já na recarga de dezembro do cartão de compras.

Em pouco mais de um ano de criação, o programa de transferência municipal já movimentou mais de R$ 2,6 milhões nos bairros em que foi implantado. Até o momento, a Moeda Social beneficia duas mil famílias e tem 153 estabelecimentos comerciais participantes.

O programa foi implantado inicialmente no Manoel Corrêa, em outubro de 2021, e desde então já movimentou R$ 1,3 milhão no bairro.

A moeda também está implantada na área que abrange os bairros Boca do Mato, Monte Alegre, Porto do Carro e parte da Vila do Ar, onde já foram investidos R$ 800 mil de março a outubro de 2022.

Em Maria Joaquina, no distrito de Tamoios, já foram transferidos R$ 400 mil de julho a outubro deste ano.

No fim de outubro, o programa chegou aos bairros Tangará, Emaús e Parque Eldorado III, movimentando mais R$ 100 mil até o momento. Em cada uma das etapas de implantação, 500 famílias foram contempladas.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005