Cabo Frio recebe comitiva de Iguaba Grande para visita técnica sobre a Moeda Social Itajuru

Município vai implantar a moeda “Caboclinho” e o encontro serviu para intercâmbio com a experiência cabo-friense

Mais uma vez, as ações públicas desenvolvidas pela Prefeitura de Cabo Frio atraem representantes de outras cidades e, na última quarta (27), uma comitiva de Iguaba Grande veio conhecer o funcionamento da Moeda Social Itajuru. O grupo foi recebido pela secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti, e por técnicos da pasta. O objetivo do encontro foi apresentar a experiência cabo-friense com o programa de transferência de renda. A expectativa de Iguaba é implantar a “Caboclinho” até setembro deste ano.

Participaram da visita técnica a diretora de Gestão dos Programas de Transferência de Renda, Laiane Lima; o coordenador do Programa Municipal de Transferência de Renda, Carlos Lohr; e os assistentes sociais Michele Magaldi e Vitor Ribeiro, que conheceram a equipe de Cabo Frio e também o funcionamento e as instalações do Programa Moeda Social Itajuru.

“Ficamos muito gratos pela recepção, pela troca de conhecimentos e com o momento de vivência. Foi de grande valia para que a equipe da Moeda Social Caboclinho, ainda em fase de implementação, pudesse vivenciar a rotina de trabalho de Cabo Frio. Apesar da elaboração do programa ter moldes diferentes, temos um único objetivo, a garantia de direitos e melhoria da qualidade de vida dos beneficiários atendidos pelo Suas. Estamos a disposição para recebê-los em nossa cidade para novas trocas”, contou a diretora Laiane Lima, acrescentando que inicialmente serão 2.717 famílias beneficiadas e que a cidade está em fase de licitação do banco.

“Para nós é muito gratificante colaborar para que outras cidades ampliem suas políticas públicas, especialmente aquelas que favorecem as pessoas em maior vulnerabilidade social. Estamos de portas abertas abertas e disponíveis para contribuir”, afirmou a secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti.

De outubro de 2021, quando foi lançado, até abril de 2022, o programa de transferência de renda de Cabo Frio atende a mil famílias, já movimentou R$ 766.334,90, e possui 78 estabelecimentos comerciais cadastrados. A maior parte da renda é usada para gêneros alimentícios (80%) e farmácia (8%).

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005