Coordenadoria de Postura promove curso de atendimento em libras para servidores da pasta

A partir desta quarta-feira, 20, a Coordenadoria de Posturas, órgão ligado à Secretaria de Desenvolvimento da Cidade, vai ministrar curso de Capacitação em Abordagem e Atendimento em Libras voltado a todos os servidores da pasta. As aulas acontecem às 9h, na sede da Postura, sempre às quartas. O objetivo é facilitar o atendimento às pessoas com deficiência auditiva e, ao mesmo tempo, aplicar técnicas de abordagem e excelência no atendimento ao público em geral.


SAIBA MAIS

Prefeitura convoca beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida para assinatura de contrato

Equipes da Prefeitura de Cabo Frio fazem vistorias pela cidademesta segunda (18) por causa da chuva

Assistência Social convoca para assembleia ordinária do Comud-PCD


Ao todo serão quatro dias de curso com aulas ministradas pela professora de libras Luciana Huguenin Dias. Os participantes contarão com auxílio de material didático e audiovisual. A sede da Coordenadoria está localizada na Rua Gustavo Beranger, 267, Vila Nova. Para o coordenador de Posturas, Augusto Salvador, o curso marca o início da nova política de relacionamento da pasta com a população.

“Ao contrário do que se pensa esse curso não é voltado apenas para o atendimento ao nosso público. Há muitas pessoas com deficiência auditiva em Cabo Frio, assim como a cidade também recebe muitos turistas com estas necessidades no decorrer do ano.  Com nossos agentes preparados para esse tipo de abordagem e atendimento, essas pessoas se sentirão mais integradas e respeitadas em seus direitos”, explicou.


O secretário de Desenvolvimento Cláudio Bastos também enfatizou a mudança no relacionamento entre a Coordenadoria e a população.

“Nossos agentes não são agentes repressores. São pessoas que estão nas ruas para ordenar e dar vazão ao desenvolvimento da cidade no seu dia a dia.  Esse curso mostra que nos preocupamos com todos e que estamos nos capacitando para ter um atendimento de excelência. Libras é a segunda língua do Brasil e, se nos preocupamos em atender estrangeiros, capacitando servidores para falar inglês e espanhol, por que não nos capacitarmos na nossa segunda língua pátria? Nossa intenção é oferecer o curso também para servidores de outras secretarias que mostrarem interesse. Nossas portas estão abertas a todos”, afirmou.

Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi reconhecida como a segunda língua oficial do Brasil pela lei Nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que a reconhece como meio legal de comunicação e expressão bem como outros recursos de expressão a ela associados. É uma língua de natureza visual-motora, com estrutura gramatical própria que constitui um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil.

Destaque

Comentários estão desabilitados.

FECHAR ACESSIBIILIDADE
%d blogueiros gostam disto: