Defesa Civil interdita de forma preventiva o Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto devido ao mau tempo

Fortes ventos da manhã desta quarta-feira provocaram o desprendimento de uma telha da edificação do ginásio

A Superintendência de Defesa Civil de Cabo Frio interditou o Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto, localizado no bairro Portinho, nesta quarta-feira (14). A medida é uma ação preventiva para evitar acidentes e danos devido à previsão de fortes ventos no município.

As rajadas de vento de 38 quilômetros por hora provocaram o desprendimento de uma telha da edificação do ginásio. De acordo com a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer, as atividades no local estão suspensas temporariamente. A equipe de engenheiros já está realizando os serviços necessários para restruturação da infraestrutura.

A ventania também provocou destelhamento na Escola Municipal Claudia Muzzio, no bairro Jardim Esperança, mas sem causar alterações na rotina da unidade escolar.

O plano de contingência emergencial da Defesa Civil foi acionado e o município está em estado de observação, em monitoramento constante da frente fria junto aos órgãos estaduais e federais.

A unidade da Defesa Civil funciona para atendimento presencial de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Avenida Hilton Massa, na Passagem, ao lado da Escola Municipal Antônio da Cunha.

Os agentes municipais atuam em sistema de plantão 24 horas para casos emergência. O cidadão pode entrar em contato pelos números de telefone: 2647-0199 ou 199.

Últimas Notícias

NOTA EXPLICATIVA: Nesta página estão detalhados os lançamentos feitos em nome de ANDRE LUIZ NASCIMENTO VIEIRA E OUTROS, no Exercício de 2021 e MARLLON GOMES DA SILVA TEIXEIRA E OUTROS no Exercício de 2022, feitos de modo sumarizado.

Para consulta dos demais pagamentos de diárias clique aqui. Após informar o ano desejado selecione a opção DESPESAS > DIÁRIAS.

Observação: nos períodos anteriores à 2021 os pagamentos desta espécie eram realizados por meio de Processo Administrativo de adiantamento e prestação de contas por força do Decreto 3.297/2005